Por Gabriela Cirqueira

Jornalista e Redatora da Comunidade Rock Content

Publicado em 15/12/2017. | Atualizado em 18/01/2018


Não é sempre que estamos inspirados para criar, certo? Por isso, selecionamos 8 filmes para designers que são fontes incríveis de inspiração. Descubra aqui quais são!

Buscar inspiração é fundamental para qualquer profissional que quer se manter criativo. E para quem trabalha na área de design, além dos livros e da internet, não há fonte de pesquisa melhor do que o cinema e, especialmente, filmes para designers.

Já indicamos aqui no blog os melhores filmes para quem quer aprender mais sobre a Língua Portuguesa e para quem sonha em trabalhar como freelancer. No post de hoje, reunimos 8 filmes para designers criarem cada vez  melhor! Veja só:

1. A Invenção de Hugo Cabret

A direção de arte é responsável por traduzir um roteiro e a visão do diretor em elementos visuais que contam a história de um filme. Por trás desse departamento, existe um time criativo formado por diretores de arte, designers, pintores, decoradores, artesãos e tantos outros profissionais. Quem se interessa pelo tema não pode deixar de assistir ao filme “A Invenção de Hugo Cabret”, do diretor Martin Scorsese, conhecido pelo perfeccionismo nos detalhes.

O filme segue a vida de um órfão que vive e trabalha em uma estação de trem parisiense. Mas o enredo vai além disso e faz uma ode ao cinema explorando a história da sua criação.

O principal homenageado é o diretor Georges Méliès e seu pioneirismo no uso de efeitos fotográficos, especialmente, em uma de seus filmes mais conhecidos: Viagem à Lua (1902). Outra obra da “sétima arte” que vale a pena conferir!

2. Walt Antes do Mickey

Mesmo recebendo um briefing pronto e na maior parte das vezes tendo a função de seguir o que o cliente quer, todo designer precisa explorar e desenvolver diariamente o seu potencial criativo. Afinal, sem ele, pode ser fácil perder o amor pela profissão.

No livro “Roube como um Artista: 10 dicas sobre Criatividade”, o autor (e web designer!) Austin Kleon, classifica como um dos principais segredos para desenvolver esse potencial usar os seus ídolos como referência: explorando a sua biografia e investigando quem eles usaram como fonte de inspiração.

Muitos designers, especialmente os que carregam a dupla função de ilustradores e animadores, têm Walt Disney como uma dessas referências. O filme “Walt Antes do Mickey” explora os primeiros anos do responsável por revolucionar o mundo da animação.

Além de conhecer as dificuldades que ele enfrentou nessa época, designers poderão entender melhor de onde vinha a inspiração criativa do pai dos personagens mais icônicos da história.

3. O Fantástico Senhor Raposo

“O Fantástico Senhor Raposo” é um filme de 2009, do diretor estadunidense Wes Anderson. A história gira em torno das aventuras de uma família comum e seus vizinhos em uma propriedade rural. No entanto, essa família é formada por animais. Dentre eles está o Mr. Fox, uma raposa que precisa abandonar a vida de furtos ao descobrir a gravidez da esposa e com isso desenvolve uma crise de identidade.

Anderson é um diretor conhecido por explorar em todos os seus filmes os principais elementos do design, como simetria, fontes tipográficas e paletas cromáticas. Mas em “O Fantástico Senhor Raposo” conseguiu levar esse conceito a outro nível ao utilizar stop motion, técnica de animação que requer o uso de bonecos e muita paciência. Isso porque, para criar um frame de apenas um segundo, os bonecos precisam ser movimentados e fotografados quadro a quadro por 24 vezes.

E tanto trabalho parece ter valido à pena. Além de indicações na categoria animação para as premiações mais importante do cinema, o resultado do filme é  uma obra impecável, cheia de sensibilidade, que usa personagens do imaginário infantil para discutir assuntos densos e questionar valores sociais importantes para todos nós.

4. Her

Escrito e dirigido por Spike Jonze, o intuito principal de “Her” é questionar o nosso relacionamento com a tecnologia. Na trama, o personagem de Joaquin Phoenix é um escritor solitário que se apaixona por um sistema operacional, “interpretado” por Scarlett Johansson. Algo semelhante às famosas Siri e Alexa, desenvolvidas pela Apple e pela Amazon, respectivamente.

Com uma fotografia impecável e uma perspectiva intrigante, “Her” se aproveita do design de produção e dos seus elementos para prender o espectador em um filme, no qual um dos personagens principais aparece apenas por voz.

E a produção não é um filme para designers apenas. Para quem se interessa por elementos do design de interiores e da arquitetura, o longa também é um prato cheio. Até mesmo as cores da produção e os elementos de decoração do apartamento são utilizados como artifícios para explorar e caracterizar o estado emocional de Phoenix.

5. Mogli, o Menino Lobo

Para os entusiastas dos efeitos de computação gráfica e live action, “Mogli” é uma das obras mais interessantes da animação da Disney. O enredo, como você já deve conhecer, conta as aventuras de um menino criado por uma família de lobos.

Mesmo sendo uma história infantil, o filme traz um uso bem maduro da tecnologia para criar um mundo em que ela não existe: a natureza selvagem. O resultado foi tão bom que garantiu à “Mogli” um Oscar de Melhores Efeitos Visuais, além de críticas positivas no mundo inteiro — uma façanha ainda rara para muitos remakes do cinema.  Um dos filmes para designers mais interessantes de assistir!

6. Enter The Void

Do diretor Gaspar Noé, “Enter The Void” é um daqueles filmes que provavelmente você não viu em cartaz no cinema da sua cidade. No enredo, o telespectador viaja (literalmente!) na trama do personagem principal, Oscar, sob o efeito de drogas alucinógenas.

Ele se tornou um queridinho dos amantes de cinema, e dos designers, por utilizar elementos visuais impactantes para retratar a ideia de psicose e paranoia vivida pelo protagonista durante a sua overdose. Um dos elementos explorados é o design tipográfico. Durante todo o filme são apresentados letreiros vibrantes e muitas vezes psicodélicos, com o intuito de alterar os sentidos dos espectador.

7. Coco Antes de Chanel

Os designers de moda também não poderiam ficar de fora da nossa lista. Qualquer ser humano vivo já deve ter ouvido falar na mulher mais revolucionária da moda: Gabrielle “Coco” Chanel. O filme “Coco Antes de Chanel” retrata o percurso da designer e estilista francesa de menina orfã até se tornar uma das pessoas mais importantes da história do século XX (nomeação feita pela revista Time).

Para quem deseja trabalhar com a indústria fashion ou não, o filme é uma importante fonte de inspiração sobre como as melhores ideias podem ser encontradas no nosso próprio dia a dia e o papel do pensamento criativo na mudança do mundo.

8. Capitão América 3: Guerra Civil

Quer se aventurar no mundo da animação cinematográfica? Então, não deixe de assistir “Capitão América 3: Guerra Civil”.

Capitão América 3 entra para a lista de filmes para designers como uma das superproduções mais comentadas de 2016 e que bateu recordes de bilheteria no mundo inteiro. O filme explora a divisão dos Vingadores em dois grupos: um sob liderança do Capitão América e o outro sob o comando, do herói mais controverso da HQ, Tony Stark, ou Homem de Ferro.

Diante dessa batalha de gigantes, a Marvel não economizou nos efeitos especiais. Mesmo com tantas outras obras explorando esse mundo, “Guerra Civil” é mais um exemplo de filmes para designers e se torna ainda mais interessante por mostrar como o mundo dos quadrinhos se mistura com o mundo do cinema e a importância de profissionais capacitados nesse processo.

Bom, esses são alguns dos filmes para designers indispensáveis se você deseja se aventurar nesta área no futuro e se quiser ter inspirações para criar!

Gostou das nossas indicações? Então, não deixe de explorar também a leitura! Basta baixar o nosso e-book com as 8 melhores obras para se tornar um profissional mais criativo e uma referência no mercado!

Livros para Profissionais Criativos

Posts populares com esse assunto