Engrenagens simbolizando Ferramentas de Design

10 ferramentas indispensáveis no dia a dia de um designer!

Descubra por que usar e conheça dicas para usar ferramentas como:
1. Pacote Adobe
2. COLOURlovers
3. Behance
4. Sketch
5. CorelDRAW
Torne-se um especialista em produção de conteúdo!Powered by Rock Convert

O que seria de um designer sem suas ferramentas de trabalho?

Tão importantes quanto a técnica adquirida ao longo de anos de estudo e prática, os softwares de design gráfico são aliados imprescindíveis para:

  • editar fotos;
  • criar produtos gráficos;
  • editorar livros e revistas;
  • satisfazer muitas outras necessidades do cotidiano do designer.

Pensando nisso, elaboramos um artigo completo com as principais ferramentas disponíveis no mercado. Conheça-as agora e saiba como cada uma pode ajudar seu trabalho!

Adobe Photoshop

Começamos com aquele que é talvez o programa mais conhecido e associado ao design. O Photoshop, ao longo de seus trinta anos de existência, revolucionou a computação gráfica, oferecendo possibilidades incríveis de criação de imagens, tornando-se o queridinho das agências de modelos e publicações de beleza.

Ideal para a manipulação, correção e composição de imagens, ele pode ser utilizado também para a criação de peças gráficas para impressão e web.

Adobe Illustrator

Mais um software da família Adobe, o Illustrator tem foco na criação de objetos vetoriais, isto é, renderizados com base em cálculos matemáticos no lugar de pixels de cor. Dessa forma, é possível aumentar ou diminuir suas artes para qualquer dimensão necessária, sem perda de qualidade.

Além disso, o programa apresenta uma diferença marcante em relação ao Photoshop ao priorizar objetos individuais em vez de camadas, tornando o trabalho dos artistas mais rápido e eficiente.

Seus maiores usos estão na produção de ilustrações, logos, letterings e outros elementos de identidade visual, tanto em 2D como 3D.

COLOURlovers

As cores são a base de qualquer criação gráfica, e o COLOURlovers se propõe a ajudar os profissionais que estão em dúvida sobe quais tons usar em seus projetos.

Nesta comunidade online, usuários podem criar, compartilhar e baixar paletas personalizadas, cores específicas ou texturas para seus projetos, agilizando o processo de definição e criação de seus trabalhos!

Adobe Kuler

Ainda na área de paletas cromáticas, é preciso notar que as melhores criações de design seguem os preceitos da teoria das cores. Logo, existem bases científicas para separar as tonalidades em diversos grupos, como cores quentes, frias e propor maneiras diversas de combiná-las.

Legal! Mas como fazer isso de forma prática no dia a dia?

Com o Kuler, ferramenta online da Adobe, o designer pode definir uma cor base e obter uma combinação de tonalidades perfeita, arranjada com cores complementares, análogas ou com diversos tons da mesma cor, por exemplo. Basta copiar o código disponibilizado e colar no seletor de seu software!

WhatTheFont

Já se deparou com uma fonte incrível em alguma imagem da internet, mas não tem ideia de como identificá-la para usar em suas criações? O WhatTheFont é a ferramenta perfeita para resolver seus problemas!

Basta tirar um printscreen da imagem em questão e enviá-la para o site, que tentará identificar cada caractere automaticamente, deixando que o usuário preencha os espaços em caso de falha.

Com base nestas informações, o WhatTheFont irá lhe dizer qual é a fonte utilizada. Se mesmo assim não for possível reconhecer a tipografia, você pode recorrer ao fórum de entusiastas do site e obter ajuda da comunidade!

Adobe InDesign

Está com um projeto de editoração de revistas e não sabe qual programa usar? O InDesign é a ferramenta perfeita para o caso!

Projetado especificamente para a criação de grandes documentos, como:

  • livros;
  • revistas;
  • jornais;
  • ebooks;
  • infográficos;
  • e demais formatos extensos.

O software tem menus e recursos que facilitam o gerenciamento destes trabalhos e a melhora do fluxo de trabalho.

Entre estas opções estão as páginas-mestre, que replicam seus elementos em todas as páginas do documento (ideal para paginação e outros itens de rodapé, por exemplo). Além disso, também é possível redefinir os estilos de parágrafo logo no início do projeto, melhorando a estética para todas as hierarquias de texto.

Behance

Divulgar seu trabalho de uma maneira agradável e acessível também é parte das obrigações de um designer, e o Behance é extremamente adequado para isso! Nesta plataforma de publicação de portfólios online, você pode criar seus projetos de forma rápida e fácil.

Com suporte a múltiplas mídias e integração com as principais redes sociais, ele torna simples o compartilhamento de suas criações, aumentando o alcance do seu portfólio e as chances de conseguir excelentes jobs como freelancer!

CorelDRAW

Alvo de algumas piadas da comunidade de designers, o Corel pode até ser mais simples do que suas contrapartes da Adobe, mas oferece vantagens para profissionais que estão começando agora, assim como pequenas agências.

Seus menus são mais intuitivos e de fácil aprendizado, e incluem ferramentas dedicadas à produção de grandes projetos, criação de vetores e edição de imagens.

Concentrando as principais funcionalidades dos três grandes programas da Adobe ― é claro, com algumas limitações —, esse programa pode salvar vidas!

Adobe After Effects

O motion design é uma das grandes tendências dos últimos dois anos no mundo do design gráfico, mesclando a criação tradicional com elementos de animação. Este crescimento foi impulsionado em grande medida pela popularidade das plataformas de vídeo como o Youtube e o Dailymotion.

E no campo do motion, o software mais popular é o After Effects. Com menus intuitivos e um interessante sistema de bibliotecas de mídia, ele confere total liberdade criativa na produção de elementos animados para introduções de vídeo ou identidades visuais em movimento!

Sketch

Já para os designers que se arriscam no campo da web, utilizar o Sketch trará uma grande melhoria na velocidade de seu trabalho.

Com suas ferramentas, é possível desenvolver os elementos visuais que você quer em seu site, enquanto o programa vai convertendo tudo para código de forma automática. Dessa forma, é possível se concentrar no seu design, sem se preocupar com infinitas linhas de código e dores de cabeça.

Neste post, vimos uma lista de dez ferramentas de design que são imprescindíveis para o profissional da área, tanto na área gráfica tradicional, quanto em campos inovadores, como o motion design.

Com estes programas e serviços, seu trabalho diário ficará muito mais eficiente, com resultados cada vez mais agradáveis!

Gostou do texto? Aproveite para se cadastrar como diagramador na plataforma Rock Content e aumentar a renda dos seus freelas!