Por Katiuscia Couto

Jornalista que troca séries por livros. Apaixonada pelo universo da escrita.

Publicado em 18/07/2019. | Atualizado em 04/11/2019


Aprender com os melhores exemplos de Copywriting para tornar seus conteúdos persuasivos vai ajudar você a alcançar um novo nível na escrita. Por isso, conheça os melhores cases, anote seus insights e use essa técnica com autoridade nos próximos textos.

É fundamental que um produtor de conteúdo entenda os princípios da escrita para conseguir engajar os seus leitores com informações úteis e de qualidade. Por isso, você precisa conhecer os melhores exemplos de Copywriting.

Não basta ter uma boa estratégia, pensar no cenário como um todo e elaborar ótimas campanhas se, na hora de colocá-las em prática, a mensagem não ficar clara, objetiva e interessante para a sua audiência.

Mas sabemos que nem sempre a criatividade ajuda na hora de construir frases persuasivas que complementem o texto. Por isso, trouxemos bons exemplos de Copywriting e vamos dar a você alguns insights para levar em conta nas próximas produções. Continue a leitura!

Relembre o conceito de Copywriting

Antes de mostrar os exemplos, é preciso relembrar brevemente o que é e qual a importância desse método na sua estratégia de Marketing de Conteúdo.

Copywriting se refere às técnicas utilizadas para escrever textos persuasivos, sejam eles um blog post, um email marketing para levar seus clientes a uma compra ou uma chamada nas redes sociais.

O que importa é atingir uma meta específica — que foi definida lá na parte do planejamento. Ela pode ser conseguir finalizar a compra de um carrinho que foi abandonado ou convencer o usuário a baixar um ebook, por exemplo.

A escrita persuasiva não vale apenas para o CTA, ela deve englobar todo o seu conteúdo. Pode ser usada no início de um roteiro de vídeo, por exemplo, onde é preciso engajar o telespectador logo nos primeiros segundos, levando-o a tomar uma decisão a partir daquilo que você escreveu.

Entenda os motivos para usar o Copywriting nas estratégias de marketing

Diversos estudos já mostraram como é o comportamento dos consumidores e de que forma eles reagem a palavras que ativam ações para decisões rápidas. Podemos chamar esses termos de gatilhos mentais.

Se existem essas pesquisas que nos fazem entender melhor a trajetória deles, por que não usá-las de forma atrativa, direcionada ao seu produto ou serviço?

Ao incorporar esses termos aos seus textos, você ajudará seu leitor a tomar uma decisão rápida ou a se identificar com o que está sendo oferecido, sem interferir negativamente nessa escolha.

A cada dia as pessoas consomem mais conteúdo na internet e isso faz com que os seus textos passem sem ser notados. Caso não esteja usando técnicas de Copywriting, você vai passar pelo feed de notícias do usuário e ele não vai nem se dar conta de que perdeu um bom conteúdo.

Conheça exemplos de Copywriting e inspire-se agora mesmo

1. Uber

Exemplo de copywriting - Uber

Muito mais do que corridas ou entrega de comidas, a empresa cria “oportunidades ao colocar o mundo em movimento”, como fala em seu site. Essa descrição de oportunidades serve tanto para o motorista quanto para o usuário, de forma que, sem precisar dar explicações, se conecta com ambos.

Essa ligação com o público também foi usada em uma postagem nas redes sociais, com as seguintes palavras: “Nem todos os heróis usam capas. Alguns usam capacetes”.

Aqui podemos compreender que eles utilizaram analogias para criar uma chamada. Foi utilizado também o gatilho mental da conexão, tanto com quem consegue perceber a oportunidade de trabalho mesmo sem automóvel quanto para a proximidade da história da motorista como heroína.

As chamadas podem ser sutis como essa ou então diretas. Por exemplo, na página principal do site, na aba destinada a motoristas, a Uber diz o seguinte: “Dirija e ganhe. Cadastre-se”.

Ambas as chamadas apostam na autoridade, já que no site ainda é feito o complemento: “Dirija com a maior rede de usuários ativos”.

2. Nike

A Nike é uma empresa mundialmente conhecida pela sua ligação com atletas de diferentes modalidades, mas não é apenas esse o público que ela quer conquistar. Por isso, a empresa usa storytelling em muitos dos seus conteúdos e cria uma conexão com o público.

Um bom exemplo de Copywriting para converter seus leitores unindo storytelling e afeição são as postagens referentes à menina Makena.

Exemplo de Copywriting - Nike

Aqui não há chamada para ação explícita, mas essa identificação pode atrair novos clientes, uma vez que algum desses conteúdos humanos podem viralizar, o que certamente trará mais fãs.

Por isso, conhecer bem o público é essencial na hora de criar chamadas e conteúdos, pois assim você faz algo direcionado e garante a atenção dele.

3. Lamborghini

Os carros esportivos mais luxuosos fazem parte dessa marca presente no mundo desde 1963. Hoje ela tem autoridade comprovada por conta de seus produtos de alta qualidade e instiga ainda mais essas características ao descrevê-las em suas legendas.

Exemplo de Copywriting - Lamborghini

Seus compradores conhecem e buscam o luxo dos veículos da Lamborghini, mas, ainda assim, é preciso encantá-los a todo custo. Para isso, usam termos do tipo “exclusivo”, “design customizado” e “beleza única”, reconhecidos como gatilhos mentais de exclusividade dentro do Copywriting.

4. Rolex

O luxo em forma de relógio. A marca, que sempre se mostrou feita para presidentes de empresas, hoje aposta em diferentes públicos, mas ainda no mesmo padrão.

Exemplo de Copywriting - Rolex

Ela usa fotos e vídeos chamando atenção para os detalhes dos produtos, além de informações em texto para complementar a qualidade representada na imagem. Veja como a Rolex apresenta seu relógio para mergulhadores: “Cada minuto conta no mundo subaquático… Para ajudar os mergulhadores a monitorar com precisão o seu tempo de mergulho”.

A empresa também descreve o material usado, valorizando seus detalhes e atestando a qualidade do produto. Com isso, ela assume a sua autoridade, além de incluir a aprovação social em sua comunicação. Afinal, mergulhadores vão querer fazer parte desse clube.

5. Apple

Exemplo de Copywriting - Apple

Aqui temos um exemplo de Copywriting que, em poucas palavras, descreve o necessário para convencer um cliente a realizar uma compra. É claro que a autoridade está envolvida nisso, mas desde sempre ela fez assim, antes mesmo de se tornar uma das empresas mais valiosas do mundo.

É preciso acreditar no produto, além de oferecer qualidade, de forma que, aos poucos, muita gente use e recomende. O marketing boca a boca ainda é muito importante nesse sentido.

As descrições rápidas dos produtos complementam as imagens deles. Na página inicial do site, por exemplo, o modelo mais atual aparece primeiro, com a apresentação: “Design em toda tela. A maior duração de bateria de um iPhone. Desempenho mais rápido. Fotos com qualidade de estúdio”.

A empresa usa como técnicas de Copywriting as informações mais importantes dos seus produtos. Hoje, a marca em si já faz parte do gatilho de aprovação social. Os clientes são influenciados a fazerem parte daquele grupo por conta da quantidade de fãs próximos que a aprovam e desejam sempre os melhores modelos.

Confira um compilado dos nossos principais conteúdos para te ajudar a escrever melhor! 📝
Jornada do Herói: 12 etapas para contar uma história impecável
Como criar subtítulos: saiba o que fazer para engajar os leitores
Textos Argumentativos: características que a sua redação precisa ter!
Como fazer uma Conclusão: 6 passos para uma Conclusão impecável!
Como fazer uma introdução perfeita: guia DEFINITIVO para seus textos!

6. Trello

Exemplo de Copywriting - Trello

Mesmo quem nunca ouviu falar da ferramenta consegue compreender rapidamente sua função logo ao entrar no site, com apenas dois parágrafos e um CTA.

Sua descrição é: “Com quadros, listas e cartões do Trello, você pode organizar e priorizar os seus projetos de um jeito divertido, flexível e gratificante. Cadastre-se, é grátis!”

Aqui a plataforma usa clareza e objetividade nas informações para apresentar o produto. Ao longo do site, os dados vão sendo complementados de forma mais explicativa e dinâmica, além de diferentes CTAs, como: “Comece a fazer, Descubra como”.

A empresa apostou na facilidade na hora de se apresentar. Nas redes sociais ela usa a mesma linguagem e, por vezes, apenas a imagem fala mais do que a legenda.

Em outros posts, a plataforma dá exemplos de como usar a ferramenta, linkando sua utilidade com alguma data. Por exemplo, foi publicada uma imagem que fala sobre como se organizar para o feriado de Ação de Graças e, em seguida, a empresa usou uma CTA orientando o usuário a acessar o link da bio.

Exemplo de Copywriting - Trello

Esse é um dos exemplos de Copywriting que apostam na consistência e no conteúdo para captar clientes.

7. Groupon

Uma marca que usa uma linguagem descontraída em seus emails para atrair o público é o Groupon, site voltado para cupons de descontos locais, com o objetivo de promover os estabelecimentos de determinada cidade ou região.

A empresa recorre a chamadas atrativas para deixar seus consumidores curiosos em relação ao conteúdo, sem perder a qualidade do que é oferecido.

Além disso, a marca cumpre o que promete em cada título, gerando autoridade e confiança. Assim, a cada email, o leitor sabe que vai encontrar algo relevante para ele, já que a empresa trabalha com muitas opções de estabelecimentos.

8. Evernote

Exemplo de Copywriting - Evernote

Em um parágrafo a Evernote resume o que é o aplicativo: “Suas notas. Organizadas. Sem esforço. Cadastre-se gratuitamente”. Caso o leitor fique interessado em ter mais detalhes de como o software funciona, basta rolar um pouco a página e haverá mais informações.

A linguagem do site aposta em verbos de ação como “colabore”, “fique organizado”, “lembre-se”. Já nas redes sociais, o aplicativo se mostra útil no dia a dia de seus usuários, gerando um senso de aprovação social.

Exemplo de Copywriting - Evernote

9. Nubank

Exemplo de Copywriting - Nubank

A startup brasileira nasceu em 2013 e está ganhando espaço fora do país também. A ideia surgiu de um grupo de pessoas inconformadas com a burocracia e as taxas altas nos bancos brasileiros, de modo que resolveram fazer alguma coisa. Criaram então um banco digital, a fim de facilitar a vida de todos e devolver a independência financeira às pessoas.

São muitas as técnicas de Copywriting que a marca usa para fazer conversões. Um deles é a linguagem descontraída e próxima dos seus consumidores nas redes sociais. Veja um exemplo de uma de suas postagens: “não é apenas lindo, mas também rápido, sem burocracia”.

Com isso, além de comprovar as suas qualidades, a técnica gera uma identificação com os futuros clientes, pois quem está cansado das complicações bancárias tradicionais vai querer migrar para o Nubank.

Além disso, a marca usa até hoje o gatilho mental de exclusividade para captar clientes. Quando o Nubank iniciou suas atividades, apenas os convidados podiam ter o roxinho. Agora, poucos clientes ativaram a função débito, enquanto outros estão na fila de espera.

Outra técnica de persuasão usada por eles é a aprovação social, já que, a cada postagem, milhares de fãs comentam sobre a sua experiência com o cartão.

Exemplo de Copywriting - Nubank

Em seu site, a empresa usa duas ideias principais e um CTA, que foram pensados para suas personas, pois toca diretamente em suas dores: pagar zero anuidade e fazer o dinheiro render mais.

Além dessas sugestões, é possível pegar bons insights ao acompanhar suas postagens nas redes sociais, principalmente ao analisar os comentários.

10. MailChimp

Essa empresa nasceu em 2001, está sediada atualmente em Atlanta e foi criada inicialmente para ser uma ferramenta de email marketing. Hoje, ela já se intitula como uma plataforma de marketing, pois incluiu em seus serviços redes sociais como Instagram e Facebook, além de anúncios no Google.

Com uma chamada atrativa logo na página inicial do site, a empresa traz a seguinte mensagem: “Você está pronto para crescer. O que agora?”

Exemplo de Copywriting - Mailchimp

Com isso, são claros e objetivos. Afirmam que o cliente é bom e, por isso, está ali. Basta saber o que deve aprimorar e, para alcançar esse objetivo, pode contar com a MailChimp. São diretos em mostrar ao cliente a autoridade da marca.

11. Airbnb

A empresa surgiu em 2008 e hoje hospeda milhões de pessoas em todos os lugares. O usuário pode tanto se hospedar quanto alugar a sua casa por um período que esteja fora, por exemplo.

Em suas redes sociais, as técnicas de Copywriting adotadas são as mais diversas. Uma delas é um post sobre o Superhost Robert’s, uma casa de campo.

Exemplo de copywriting - Airbnb

Nessa postagem, a empresa usa storytelling para narrar o lugar, além de aprovação social para alugar. Não é preciso usar um CTA, já que todos sabem qual é a finalidade do aplicativo.

12. Netflix

Outro exemplo do uso de Copywriting para fazer conversões é a Netflix. Ela também aposta na linguagem simples e objetiva, uma vez que hoje é mundialmente conhecida por distribuir filmes e séries por um preço baixo, permitindo que o usuário assista onde quiser, seja online, seja offline.

Exemplo de copywriting - Netflix

“Filmes, séries e muito mais. Sem limites. Assista onde quiser. Cancele quando quiser. Experimente grátis por 30 dias”.

A empresa encontrou pontos de identificação com seus consumidores, como poder assistir o que quiser de forma fácil e cancelar quando quiser, sem burocracia. Rapidamente o serviço se espalhou e hoje, além de autoridade no segmento, usa muito a aprovação social com suas postagens ao falar das séries, já que, para poder ficar por dentro dos assuntos mais falados, você precisa assistir.

Com esses exemplos de Copywriting, já foi possível perceber algumas maneiras de como usar essa técnica na sua escrita e se posicionar para atrair novos clientes.

Por isso, além de usar alguns dos gatilhos que foram mostrados, como escassez, compromisso, coerência, aprovação social, autoridade, storytelling e exclusividade, é importante que você conheça bem o público. Assim produzirá conteúdos de acordo com as preferências da sua audiência.

Uma boa maneira de se aproximar é fazer testes, acompanhar a jornada de compra, analisar como o usuário se comporta nas redes sociais e aprender dos feedbacks recebidos. Use essas informações a seu favor e crie conteúdos relevantes para a sua persona.

Depois de ter visto vários exemplos de Copywriting, que tal mergulhar ainda mais nesse assunto? Baixe agora mesmo o ebook ABC do Copywriting e domine essas técnicas de uma vez por todas!

Powered by Rock Convert

Posts populares com esse assunto