Por Autor Convidado

pelo blog da Comunidade Rock Content.

Publicado em 07/08/2020. | Atualizado em 07/08/2020


Yasmine Diniz, redatora do Blog da Imaginie. A Imaginie é parceira da Comunidade Rock Content e a maior plataforma de correção e ensino de redação do Brasil

Escrever é uma tarefa que envolve muita prática e treinamento, muita mesmo! Se você se interessa pela área, é importantíssimo ter em mente o que é um esqueleto para produção de texto e procurar por meios que otimizem sua escrita.

Inclusive, a área de produção de conteúdo para blogs e sites está cada vez maior. Por isso, faz muito sentido pensar em práticas a fim de otimizar seu tempo e aprender a escrever com mais qualidade e rapidez.

Pensando em tudo isso, elaboramos este post bem completo, que vai te mostrar o esqueleto básico para a produção de texto e ainda algumas dicas bem pertinentes para otimizar a escrita da redação. Bora conferir este conteúdo?

O que é o esqueleto para produção de texto?

De modo geral, qualquer produção textual vai contar com uma introdução, um desenvolvimento e uma conclusão, esteja você escrevendo redação para um blog pessoal ou para uma empresa específica. 

Portanto, podemos dizer que o esqueleto para produção de texto possui, basicamente, esses três pilares que devem estar ligados entre si, de modo coerente e coeso. E para isso utilizamos os famosos conectivos, que são as peças do jogo que ligam as ideias de um texto. 

O esqueleto de texto nada mais é do que a esquematização do que você irá apresentar em cada uma dessas etapas do seu texto. A partir disso, você conseguirá construir um texto mais organizado e coeso, já que saberá o que irá abordar do início ao fim antes mesmo de começar a escrever.

Pois bem, a seguir vamos te mostrar, de modo geral, o que deve conter em sua introdução, desenvolvimento e conclusão.

Introdução  

Independente do gênero textual, normalmente, os textos têm que apresentar uma introdução.

E é na introdução que você usará artifícios que prendam a atenção do leitor, como, por exemplo, fazer uma breve contextualização histórica sobre o tema que você irá desenvolver. 

É também na introdução que você irá apresentar o assunto a ser desenvolvido, a depender do gênero você poderá ser mais ou menos transparente quanto ao seu ponto de vista. 

Geralmente, quando produzimos conteúdos para blog de empresas temos algumas restrições a seguir, mas em alguns lugares você tem a possibilidade de desenvolver uma escrita criativa.

Desenvolvimento

Bom, seguindo com nosso esqueleto para produção de texto, temos o desenvolvimento

Aqui, você irá trabalhar todo o conteúdo que irá passar aos leitores. Se o seu texto é sobre a área de educação, por exemplo, o Enem, você deverá coletar o máximo de informações possíveis sobre ele. Estrutura da prova, quantidade de questões, nível de dificuldade, enfim, tudo para deixar os leitores o mais informado possível.

Para isso, você deverá pesquisar bem. É legal ler os textos que estão na primeira página do Google. Isso te mostrará o que o seu texto deve conter para ser bem rankeado. Claro que não vale copiar o texto do coleguinha, né? Mas analisar os artifícios usados por ele é sim possível e pode te ajudar a produzir o seu texto. 

Conclusão

Por fim, na conclusão de nosso esqueleto para produção de texto, você deverá retomar o que foi apresentado por você durante todo o desenvolvimento e, assim, concluir seu texto direcionando o leitor para algum outro que tenha relação com o que foi escrito ali.

Vale lembrar que todas as partes de sua redação deverão estar conectadas de modo claro e coeso, como mencionamos ali em cima. De nada adianta produzir um conteúdo bem interessante se você não ligar e articular as ideias e fazer com que o leitor entenda a mensagem que você quer passar.

Resumindo: uma produção textual bem escrita apresenta uma introdução que prenda a atenção do leitor, um desenvolvimento que exponha claramente o assunto que você irá mostrar aos leitores e, por fim, uma conclusão que arremate tudo isso e direcione o leitor a algum outro texto que possua relação com o assunto que foi desenvolvido.

3 dicas de como otimizar a escrita de sua redação seguindo um esqueleto para produção de texto

Além de conhecer o esqueleto para produção de texto, é necessário que você conheça também algumas diquinhas espertas para otimizar a escrita. 

Selecionamos 3 dicas bem legais para você. Confere só!

1. Leia muito, principalmente autores que você considera que escrevem bem

A nossa primeira dica é: leia muito, principalmente autores que você considera que escrevem bem. 

Para quem curte escrever ou quem quer aprender a curtir 😅, não resta a menor dúvida de que leitura deve ser a palavra de ordem.

O que sugerimos, para não ficar chato e cansativo, é ler, se possível, autores que você considera interessantes, com os quais você se identifica com a escrita e que inspiram você a escrever melhor.

2. Treine redação, pelo menos, duas vezes por semana

Treinar redação também é uma dica que deve, realmente, ser levada a sério. Ninguém que quer escrever bem começa já sabendo o que faz. 

A máxima: “a prática leva à perfeição” é o clichê mais verdadeiro que existe quando o assunto é otimizar a escrita.

O que recomendamos é que você escreva, pelo menos, duas redações por semana, variando os temas. Claro que, se der, é importante escrever ainda mais, só não vale escrever menos que isso, ein?

3. Conheça bem o formato do texto que está escrevendo

Por fim, mas não menos importante, nossa terceira dica para que você otimize a sua escrita com base no esqueleto para produção de texto é: conheça bem o formato do texto que está escrevendo.

Isso se justifica porque os gêneros textuais possuem características muito particulares. Se você quer escrever para internet, por exemplo, o ideal é que você tenha algum conhecimento sobre fazer links para outros textos e como otimizar palavras para que o seu texto seja bem colocado na página do Google.

Gostou de conhecer o esqueleto para produção de texto e ainda dicas que para otimizar sua escrita? Aproveite para conferir, agora, nossas dicas para melhorar a sua argumentação e convencer seus leitores!

Posts populares com esse assunto