Por Raphael Alves

Publicado em 18/11/2020. | Atualizado em 12/11/2020


O especialista em SEO é o responsável por planejar, aplicar e acompanhar estratégias que levam sites e blogs aos melhores posicionamentos nos mecanismos de busca, como o Google, e garantem cada vez mais tráfego orgânico para as marcas. Este guia completo é o primeiro passo para quem deseja trabalhar nessa área.

A rotina do especialista em SEO (Search Engine Optimization ou Otimização para Motores de Busca) é bem familiar para quem já atua como freelancer ou planeja ingressar nesse estilo de vida. A alta relevância do mercado digital é outro fator que torna esse campo uma ótima oportunidade, pois muitas empresas querem ganhar visibilidade na internet.

O profissional de SEO, na maior parte de seu tempo, está envolvidos com pesquisa de palavras-chave, análise de concorrência, planejamento de conteúdo, entre outras estratégias usadas de acordo com o projeto de cada cliente. São funções que podem ser realizadas com tranquilidade no regime de home office.

No entanto, a melhor notícia é que o treinamento e as ferramentas envolvidas na rotina do profissional de SEO são extremante acessíveis para quem está começando. Por essa razão, aceitei o convide de reunir neste post as principais informações para quem deseja trabalhar com otimização para motores de busca.

Eu sou Raphael Alves, redator copywriter, especialista em conteúdos focados em SEO, revisor e tradutor. Quero convidar você a me acompanhar neste post. Vou explicar o que é preciso para começar do zero e se tornar um especialista em SEO.

    O que saber antes de cogitar a ideia

    Antes de se aprofundar em maiores detalhes sobre a formação do especialista em SEO, é importante que você consiga situar essa atuação dentro do universo do marketing digital. Quanto mais familiaridade com a área, mais fácil saber se esse é o caminho que a sua carreira deve seguir nos próximos anos.

    Para facilitar essa tarefa, veja, logo abaixo, como a atuação do profissional em questão se relaciona com três pilares do marketing digital. Vale lembrar que, aqui no blog da Comunidade Rock Content, você encontra toneladas de conteúdos sobre esses assuntos.

    SEO

    Para cada busca que o usuário faz, o Google organiza a SERP (Search Engine Results Page ou Página de resultados de uma busca) em um ranking com as melhores páginas que podem responder a determinada dúvida. SEO é o conjunto de estratégias que visam otimizar as páginas para melhorar seu posicionamento e ganhar tráfego orgânico (e não pago).

    A tarefa do especialista em SEO, mais do que acompanhar as atualizações do Google que determinam a organização da SERP, é entender como os objetivos com o SEO estão relacionados aos objetivos da empresa, criar estratégias alinhadas às características da sua persona e definir um arcabouço de ferramentas que ajudem suas funções de rotina.

    Marketing de Conteúdo

    No blogpost O que é Marketing de Conteúdo?, o Vitor Peçanha explica que a estratégia foca no engajamento de um público e no crescimento da rede de clientes de uma empresa “através da criação de conteúdo relevante e valioso”: vídeos, e-book, posts etc.

    Todo especialista em SEO tem o objetivo de entregar ao usuário o melhor conteúdo possível, ou seja, exatamente o que ele procura nos resultados de busca. Portanto, fica claro que Marketing de Conteúdo e SEO são áreas interligadas. É a partir das estratégias de SEO que o conteúdo poderá chegar ao usuário e responder a sua dúvida.

    Inbound Marketing

    Inbound Marketing, ou Marketing de Atração, é uma estratégia que visa fazer com que o cliente vá atrás da empresa, diferentemente do que acontece nas técnicas mais ortodoxas de Marketing, nas quais é a empresa que vai até o cliente.

    O Marketing de Conteúdo é o combustível do Inbound, pois é por meio da produção de conteúdo que o usuário dá o primeiro passo para criar uma conversa com a empresa. Uma vez que são várias marcas disputando a atenção de um mesmo usuário numa SERP, quem investe melhor em SEO é encontrado com maior facilidade.

    Onde estudar para se tornar especialista em SEO

    A curiosidade é o motor de um especialista em SEO, pois é ela que vai te levar a buscar informações de qualidade e treinamentos no começo, além de manter sua vontade de aprender, aprimorar técnicas e acompanhar as tendências da área.

    Com isso em mente, a recomendação é buscar boas certificações em SEO. Aqui, separei três cursos que são ótimas portas de entrada.

    Curso de SEO da Rock University

    O curso premium de SEO da Rock University é ministrado por Renato Mesquita, gerente da equipe de marketing da Rock Content. Ao final de três videoaulas, o aluno precisa passar por uma prova com questões de múltipla escolha para obter o certificado de especialista em SEO.

    O curso de SEO faz parte de um leque diversificado de certificações oferecidas pela Rock University, com cursos de Branding, Inbound Marketing, Marketing de conteúdo, entre outros assuntos quentes de marketing digital.

    SEO Training Course

    A Hubspot Academy oferece o curso gratuito SEO Training Course: Learn How to Achieve Sustainable Organic Traffic Growth, com 15 vídeos, 3 lições e 2 seções de perguntas. A duração total do curso é de 1 hora. É uma maneira de aprender o básico para avaliar e melhorar estratégias de SEO em sites e blogs.

    Google Analytics Academy

    Como se já não bastasse uma plataforma do Google completa para avaliar aspectos de SEO (Google Analytics), o maior mecanismo de buscas do mundo também oferece uma certificação com detalhes sobre a sua ferramenta de Analytics, além de conhecimentos importantes sobre e-commerce e SEO.

    O melhor de tudo é que o Google Analytics Academy é 100% gratuito!

    Quais ferramentas você tem que dominar

    O algoritmo do Google está cada vez mais sofisticado na tarefa de entregar aos usuários conteúdos realmente relevantes, capazes de responder às dúvidas que eles pesquisam na barra de buscas. Ao lado dessa sofisticação, temos ferramentas (muitas gratuitas) que oferecem dados cruciais para o especialista em SEO.

    Logo abaixo, organizei as principais ferramentas de acordo com suas funcionalidades para quem trabalha com otimização para motores de busca. Confira!

    Pesquisa de palavra-chave

    As melhores ferramentas de palavra-chave baseiam-se nos resultados da SERP para oferecer análises sobre a concorrência de keywords específicas, sugerir termos relacionados, informar a relevância de cada uma e como elas são usadas por outras marcas.

    São itens obrigatórios na rotina de um profissional de SEO. Inicialmente, a ideia é que você teste algumas ferramentas, veja com quais tem mais familiaridade e defina três ou quatro para começar a trabalhar com as estratégias de seus clientes.

    Deixo aqui breves resumos sobre as ferramentas de palavra-chave mais famosas.

  • Keyword Planner: ferramenta gratuita oferecida pelo Google e uma das mais completas do segmento. Um dos seus diferenciais é a possibilidade de identificar palavras-chave concorridas em mídia paga;
  • Ubersuggest: a Ubersuggest é oferecida por Neil Patel, um dos principais nomes do marketing digital no mundo. Além de ser 100% gratuita, os seus diferenciais ficam por conta do visual limpo e das funcionalidades intuitivas, o que garante praticidade para quem está começando a usá-la;
  • Semrush: o Semrush tem uma versão gratuita e uma paga. É a ferramenta que concorre com o Keyword Planner em termos de quantidade de informações oferecidas (volume de busca, termos relacionados, CPC etc.). Por isso, é uma das mais famosas.

É bom lembrar que essas ferramentas oferecem outras funcionalidades para além da pesquisa de palavra-chave. No Ubersuggest, por exemplo, você também consegue descobrir que faz links para o seu cliente com um verificador de backlinks gratuito.

Análise do cliente e da concorrência

Avaliar as páginas dos clientes na web e de seus principais concorrentes é uma das responsabilidades do especialista em SEO. Esse tipo de análise permite que você faça comparativos para saber como os conteúdos do seu cliente podem ser mais atrativos na SERP em relação à concorrência.

As marcas concorrentes são aquelas que disputam as mesmas palavras-chave ou termos semelhantes. Com as fermentas voltadas para essa análise, você também consegue saber quais sãos os aspectos de SEO que as páginas do seu cliente podem melhorar.

Veja três ferramentas voltadas para essas funções.

  • Google Analytics: o Analytics é considerado por muitos a ferramenta indispensável para todos que trabalham com SEO. Ele é gratuito e oferece relatórios sobre sites e blogs com dados detalhados e de alta qualidade;
  • Google Search Console: assim como o Analytics, o Search Console é gratuito e tem foco na otimização de sites e blogs para os resultados de busca no Google. Algumas informações fornecidas pela ferramenta são: cliques, média de posicionamento e linkagem interna;
  • MozBar: a extensão do MozBar para o Google Chrome é fornecida de maneira gratuita e permite que você analise métricas importantes de todas as páginas que aparecem na SERP, como autoridade de domínio e autoridade de link.

Além dessas três ferramentas, existem outras que são voltadas para a avaliação de sites e blogs, como SeoWorkers Analysis Tool, nTopic e Seoptime. Esse leque variado de opções permite que você faça testes e defina um arsenal de ferramentas que usará daqui por diante.

Tendências de conteúdos

Existem maneiras muito práticas de acompanhar as tendências que surgem nas áreas das empresas na internet. Para o especialista em SEO, esse tipo de análise garante a descoberta de temas para novos conteúdos no blog dos clientes, ou seja, temas que realmente tenham poder de engajar as personas e responder suas dúvidas.

Trouxe três das principais ferramentas que você pode usar para essa missão.

  • Google Trends: o Google Trends é uma ferramenta gratuita que mostra gráficos, notícias e relatórios relacionados às palavras-chave selecionadas por você. A pesquisa pode ser feita em vários idiomas, o que lhe permite acompanhar tendências que ainda não se fortaleceram no Brasil;
  • Google Alerts: o Google Alerts é outra ferramenta gratuita para ficar de olho em conteúdos publicados na internet, com base em palavras-chave definidas por você. Outra aplicação interessante é saber o que os concorrentes têm falado sobre uma marca específica. Os “alertas” podem chegar à caixa de entrada do seu e-mail;
  • Buzz sumo: o Buzz sumo é um programa gratuito pelo qual você pode rastrear marcas, identificar os conteúdos mais compartilhados para determinadas palavras-chave, entre outras funcionalidades.

As três ferramentas acima são ótimas para acompanhar tendências de novos conteúdos para diferentes estratégias. Uma dica interessante é aproveitar para também fazer essa análise na hora de buscar termos relacionados na pesquisa por palavras-chave.

Se você percebeu que existem termos com bom volume de busca e relevantes em determinado nicho, eles podem dar origem a conteúdos que respondam às dúvidas que motivaram suas buscas.

Onde trabalhar

Nos últimos anos, a alta demanda por profissionais que dominem ferramentas de SEO levou à criação de inúmeras plataformas online que buscam conectar esses profissionais com empresas que querem criar autoridade na internet. Os sites para trabalhar como freelancer se tornaram um verdadeiro sucesso.

Deixo aqui três plataformas muito famosas nesse segmento.

99Freelas

Na 99Freelas, as empresas fazem pedidos de jobs de acordo com o perfil dos profissionais, considerando seu currículo e portfólio. Por isso, a recomendação para quem vai atuar nessa plataforma é criar um bom perfil profissional. Você também pode customizar seu perfil com a versão paga para ganhar mais visibilidade entre os clientes.

Contentools

A Contentools reúne uma série de profissionais que atuam como freelancers: redatores, editores, tradutores, videomakers, entre outros. Para começar a trabalhar com essa plataforma, é necessário ser MEI (Microempreendedor Individual) e ter uma certificação em Inbound Marketing.

Rock Content

A plataforma da Rock Content direciona ofertas de trabalho para redatores, revisores, estrategistas de SEO, designers e criadores de vídeos, de acordo com seus perfis profissionais. Outras vantagens da Rock são as oportunidades de treinamento com grandes nomes do marketing digital e uma rede de apoio compartilhada por todos os freelancers.

As vagas são oferecidas para profissionais com CNPJ, aptos a emitir notas fiscais. Também é exigido nível intermediário em inglês ou avançado.

Depois de ler este post, você já sabe tudo que precisa para começar a investir na sua carreira e se tornar um especialista em SEO. Fique de olho nas atualizações das ferramentas, assim como nas novas tecnologias que aparecem no mercado. O marketing digital está sempre se renovando, e as dicas trazidas aqui servem como um ótimo ponto de partida.

A rede de profissionais da Rock Content é a maior comunidade de freelancers da América Latina. Se você ainda não faz parte dela, dê o próximo passo na sua carreira e entre agora para a base de talentos da Rock!

Powered by Rock Convert

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *