Por Redator Rock Content

um dos freelancers da Comunidade. Seja também um redator!

Publicado em 14/04/2017. | Atualizado em 26/10/2018


Conheça algumas técnicas que vão tornar a sua escrita mais criativa sem mistérios!

Torne-se um especialista em produção de conteúdo!Powered by Rock Convert

Como desenvolver uma escrita criativa, capaz de envolver o leitor desde o início até o fim do texto? Seria esse um poder concedido a um número reduzido de mortais? Ou uma habilidade que pode ser aprendida por todos os seres humanos?

Murilo Gun, comediante e professor de criatividade, conta que: “Nós nascemos criativos, mas desaprendemos a ser assim. Até mesmo nossos pais colaboram, sem querer, com essa desaprendizagem”.

Segundo ele, para ser criativo é preciso estar sempre aberto para o novo. Acontece que nós cultivamos velhos hábitos que prejudicam a natureza do fluxo imaginativo. Exemplos disso são: ler as obras de um único autor, percorrer o mesmo trajeto todos os dias de casa para a padaria, entre outras ações que “viciam” o nosso cérebro.

Pensando nisso, nós preparamos uma série de dicas para você sair do piloto automático e aperfeiçoar o seu talento em escrever. Acompanhe:

1. Cultive o hábito da leitura

Isso pode parecer óbvio, mas nos dias de hoje não é fácil ser disciplinado a ponto de ter um horário fixo para se dedicar à leitura. Afinal, são muitas distrações: a continuação daquela série que você começou a ver na Netflix, os vídeos no Youtube, o grupo da família no WhatsApp e por aí vai.

Habituar-se a ler não é tão difícil, desde que você realmente queira melhorar a sua capacidade criativa. Leitura e escrita são irmãs siamesas.

Ao ler, você entra em contato com a ideia dos autores, conhece outros estilos de textos, desenvolve o espírito crítico e amplia o seu vocabulário.

2. Seja mais curioso e explore o desconhecido

Não fique preso apenas a um tipo de informação. Procure se interessar também por assuntos que você não domina.

Que tal, por exemplo, assistir a um vídeo sobre técnicas de negociação para corretores de vendas? Uma informação desconhecida possibilita novas construções no campo do pensamento.

Nem é necessária tanta dedicação para adotar esse costume, basta questionar mais sobre as coisas à sua volta. Sempre que se deparar com um assunto desconhecido, faça uma pequena busca.

Isso pode ser feito durante aqueles minutinhos que você leva para tomar um cafezinho, descansar depois do almoço, preparar um alimento na cozinha… é o tempo ideal para absorver um conteúdo diferente do próprio celular.

3. Não espere a inspiração chegar para ter uma escrita criativa

A inspiração não deve ser entendida como algo que simplesmente chega e vai embora. Uma maneira de se livrar dessa sensação de dependência é deixar as ideias fluírem. Apegue-se menos às ideias, deixe que elas venham e vão.

Se for necessário, crie um ambiente propício, ouça uma música suave e pesquise mais sobre o tema. Fazer exercícios físicos também ajuda.

Um bom exercício para evitar qualquer bloqueio é fazer uma lista de palavras relacionadas ao assunto. Por exemplo, se você pretende escrever sobre “dicas para alavancar as vendas”, rabisque palavras e frases associadas, como: marketing, identidade visual, excelência no atendimento, mix de produtos, treinamento de equipes, entre outras.

4. Encontre tempo para escrever diariamente

O que acontece com uma máquina que fica muito tempo parada? Ela trava, dá defeito, enferruja, fica obsoleta…

Assim é o nosso cérebro. Ele precisa estar em constante movimento para que você desenvolva uma redação criativa. Portanto, também é importante escrever diariamente sobre diferentes artigos.

Imagine que você é um atleta se preparando para as Olimpíadas. Com o tempo, é possível aperfeiçoar técnicas, otimizar o tempo e melhorar a produtividade. O filósofo Aristóteles (384 a.C. — 322 a.C.) já dizia: “Nós somos aquilo que fazemos repetidamente. Excelência, então, não é um modo de agir, mas um hábito”.

5. Faça anotações das ideias que surgem durante o dia

Todos nós temos insights valiosos que merecem sobreviver ao esquecimento. Por isso, não hesite em anotar as suas ideias. Você pode utilizar um bloquinho de anotações, um gravador digital, um aplicativo no celular ou qualquer outro recurso.

O importante é cultivar a prática de registrar. No início pode parecer estranho. Você pode ter a sensação de ter voltado no tempo em que escrevia no seu diário… Mas, depois que se acostumar, vai ganhar mais agilidade e fluência para desenvolver os conteúdos.

6. Escreva diretamente para o leitor

O leitor é a pessoa mais importante nessa história toda. Por isso, é fundamental conhecê-lo para saber qual a linguagem mais apropriada. É formal ou mais despojada? Quando você sabe que estilo agrada mais o público que vai ler o seu texto, se torna muito mais fácil prender a atenção dele.

Então, antes de começar a digitar qualquer palavra no seu editor de texto, pense nas características do leitor e tente materializá-lo na sua frente. Ao fazer isso, você vai criar as condições necessárias para promover mais engajamento, curtidas e compartilhamentos nos seus artigos.

7. Observe a construção das frases enquanto revisa o texto

Uma frase bem estruturada é entendida facilmente pelo leitor. Além disso, ela é curta, objetiva e, de preferência, na ordem direta do sujeito.

Quando construir uma oração, faça isso como se estivesse conversando com a pessoa. Não se limite às referências da pauta: se for para enriquecer um conteúdo, sinta-se livre para expor a sua bagagem cultural sem medo de ser feliz!

Para revisar a redação, o ideal é dar um tempo entre a escrita e a correção para ter um olhar mais imparcial.

É claro que, na correria do dia a dia, nem sempre isso é possível.

Mas quando der, faça uma pausa para refrescar a cabeça antes de conferir se sua redação está em ordem. Quando voltar, coloque-se no lugar de quem vai ler o seu texto.

Como você viu, a criatividade não é uma característica exclusiva das pessoas que possuem superpoderes. Ela pode ser trabalhada, lapidada, aperfeiçoada. Isso significa que podemos ser profissionais melhores.

Para desenvolver uma escrita criativa é preciso ser curioso, ler bastante, praticar a arte de escrever. Também é importante pensar fora da caixa e manter a mente aberta para o novo.

Pratique todas essas dicas e confie na sua intuição. Dessa forma, você vai produzir ótimos textos. Pense nisso!

Você coloca algumas dessas dicas em prática na sua rotina de trabalho? Que mudanças você está disposto a fazer na sua vida para melhorar a qualidade dos seus artigos? Deixe um comentário!

Guia da escrita criativa

Posts populares com esse assunto