Por Redator Rock Content

um dos freelancers da Comunidade. Seja também um redator!

Publicado em 14/04/2017. | Atualizado em 27/01/2020


A escrita criativa é toda produção original, não técnica e que gere interesse e engajamento no leitor. Quer saber como melhorar sua escrita? Veja as dicas que preparamos para você!

Torne-se um especialista em produção de conteúdo!Powered by Rock Convert

Todos nascemos criativos. Se pensamos nas crianças, ou até em nós mesmos nessa fase da vida, fica claro que nossa imaginação não tinha limites. Porém, o que acontece conforme vamos crescendo?

Acontece que nós cultivamos velhos hábitos que prejudicam a natureza do fluxo imaginativo. Exemplos disso são: ler as obras de um único autor, percorrer o mesmo trajeto todos os dias de casa para a padaria, entre outras ações que “viciam” o nosso cérebro.

Pensando nisso, nós preparamos uma série de dicas para você sair do piloto automático e aperfeiçoar o seu talento em escrever. Acompanhe:

1. Cultive o hábito da leitura

Isso pode parecer óbvio, mas nos dias de hoje não é fácil ser disciplinado a ponto de ter um horário fixo para se dedicar à leitura. Afinal, são muitas distrações: a continuação daquela série que você começou a ver na Netflix, os vídeos no Youtube, o grupo da família no WhatsApp e por aí vai.

Habituar-se a ler não é tão difícil, desde que você realmente queira melhorar a sua capacidade criativa. Leitura e escrita são irmãs siamesas.

Se você não tem o hábito, comece aos poucos, afinal, 5 páginas por dia é mais que 0 páginas por dia, né? Depois, conforme você for se habituando, aumente o número de páginas por dia. O segredo é ter uma meta que você possa atingir de forma constante.

Como consequência do anterior, você entra em contato com a ideia dos autores, conhece outros estilos de textos, desenvolve o espírito crítico e amplia o seu vocabulário.

2. Seja mais curioso e explore o desconhecido

Não fique preso apenas a um tipo de informação. Procure se interessar também por assuntos que você não domina.

Em termos mais práticos, ao explorar assuntos diferentes, trabalhamos de forma ativa na construção de um vocabulário mais vasto e rico, que é essencial na escrita criativa. Quanto mais você lê, mais bagagem adquire para trazer novos pontos de vista, evitar repetições de palavras e melhorar os seus textos.

Que tal, por exemplo, ler artigos sobre técnicas de negociação para corretores de vendas? Ou assistir um vídeo sobre Machine Learning? Uma informação desconhecida possibilita novas construções no campo do pensamento e ajuda no processo de criação, porque as ideias podem vir das áreas mais diversas.

3. Não espere a inspiração chegar para ter uma escrita criativa

Criatividade definitivamente não é um dom e nem algo que surge “do nada”. É um processo que se origina da concentração e, principalmente, da inspiração.

Esse estímulo, por sua vez, precisa ser buscado. Nesse ponto, muitos produtores de conteúdo cometem o erro de “esperar a inspiração chegar”.

Não caia nessa! Esse impulso é que nem o amor da sua vida: ele não baterá na sua porta, é preciso ir atrás dele.

Se for necessário, crie um ambiente propício, ouça uma música suave e pesquise mais sobre o tema. Fazer exercícios físicos também ajuda.

Da mesma forma, fazer uma lista de palavras e frases sobre o assunto que você pretende escrever vai ajudar a diminuir os bloqueios criativos, já que com as palavras e frases que você quer usar no texto é mais simples dar sequência ao processo. Finalmente, ter recursos mais poéticos é sempre bom! Ter uma lista das figuras de linguagem mais usadas pode ajudar muito na hora da criatividade.

4. Encontre tempo para escrever diariamente

O que acontece com uma máquina que fica muito tempo parada? Ela trava, dá defeito, enferruja, fica obsoleta…

A escrita, como qualquer habilidade, passa por fenômeno similar. Ela precisa estar em constante movimento para que você desenvolva uma redação criativa. Portanto, também é importante escrever diariamente sobre diferentes artigos.

Imagine que você é um atleta, que só melhora ao praticar de forma constante a habilidade que quer dominar com maestria. Com a escrita, a situação é similar. Investimento em tempo é algo necessário.

Porém, quanto é necessário investir para melhorar a escrita? O mais simples é sempre pensar no tempo disponível e em uma meta atingível. Você só tem 20 minutos por dia para escrever? Perfeito! Não precisa ser mais do que isso, desde que seja uma atividade constante.

Se você não acredita nestas palavras, o filósofo Aristóteles (384 a.C. — 322 a.C.) já dizia: “Nós somos aquilo que fazemos repetidamente. Excelência, então, não é um modo de agir, mas um hábito”.

5. Faça anotações das ideias que surgem durante o dia

Todos nós temos insights valiosos que merecem sobreviver ao esquecimento. Por isso, não hesite em anotar as suas ideias. Você pode utilizar um bloquinho de anotações, um gravador digital, um aplicativo no celular ou qualquer outro recurso.

Como resultado, você sempre terá referências de boas ideias ao seu alcance, o que aumenta a sua produtividade e a agilidade para desenvolver os conteúdos.

O importante é cultivar a prática de registrar. No início pode parecer estranho. Você pode ter a sensação de ter voltado no tempo em que escrevia no seu diário… Mas, depois que se acostumar, vai ganhar mais agilidade e fluência para desenvolver os conteúdos.

6. Escreva sempre para o leitor

O leitor é a pessoa mais importante nessa história toda.

Por isso, é fundamental conhecê-lo para saber qual a linguagem mais apropriada. É formal ou mais despojada? Quando você sabe que estilo agrada mais o público que vai ler o seu texto, se torna muito mais fácil prender a atenção dele.

Então, antes de começar a digitar qualquer palavra no seu editor de texto, pense nas características do leitor e tente materializá-lo na sua frente. Ao fazer isso, você vai criar as condições necessárias para promover mais engajamento, curtidas e compartilhamentos nos seus artigos.

7. Observe a construção das frases ao revisar o texto

Uma frase bem estruturada é entendida facilmente pelo leitor. Além disso, ela é curta, objetiva e, de preferência, na ordem direta do sujeito.

Quando construir uma oração, faça isso como se estivesse conversando com a pessoa. Não se limite às referências da pauta: se for para enriquecer um conteúdo, sinta-se livre para expor a sua bagagem cultural sem medo de ser feliz!

A escaneabilidade é um conceito que ajuda muito na hora de estruturar as frases e textos. Seguir as boas práticas desta técnica vai garantir que os textos que quer escrever sejam claros, desde o ponto de vista do conteúdo e visual.

Uma vez que você finalizou com redação, o ideal é dar um tempo entre a escrita e a correção para ter um olhar mais imparcial.

É claro que, na correria do dia a dia, nem sempre isso é possível.

Mas quando der, faça uma pausa para refrescar a cabeça antes de conferir se sua redação está em ordem. Quando voltar, coloque-se no lugar de quem vai ler o seu texto.

Todos podemos ser criativos

Como você viu, a criatividade não é uma característica exclusiva das pessoas que possuem superpoderes. Ela pode ser trabalhada, lapidada, aperfeiçoada. Isso significa que podemos ser profissionais melhores.

Para desenvolver uma escrita criativa é preciso ser curioso, ler bastante, praticar a arte de escrever. Também é importante pensar fora da caixa e manter a mente aberta para o novo.

Finalmente, não confunda o tempo em que você não está escrevendo com procrastinação, porque são assuntos de natureza completamente diferente. Que tal entender mais sobre procrastinação? Baixe este material completíssimo para não ter mais dúvidas sobre isso!

Powered by Rock Convert

Posts populares com esse assunto