documentos para freelancers

10 documentos para freelancers que farão toda diferença no seu trabalho

Profissionais independentes, responsáveis por seus próprios contratos, rotinas e faturamento. Como lidar com tudo isso?
Imersão Freelancer - maior curso online gratuito do BrasilPowered by Rock Convert

Esse parece ser um cenário bem administrado, mas, na verdade, é o controle dos documentos para freelancers que realmente separa o trigo do joio.

Todo freelancer já sofreu tentando explicar que de fato tinha um trabalho e não estava na pista “fazendo uns bicos”, não é mesmo? O fato de trabalhar em home office, deitado na cama, viajando o mundo ou digitando madrugada adentro pode dar um nó na cabeça das pessoas, mas não se engane, dos freelas também.

Se a flexibilidade e a livre escolha de qual job pegar não forem organizadas, as contas no final do mês se acumularão e sua carreira não deslanchará. E sim freelancer é uma carreira, não um estado de espírito ou situação temporária.

Então, se seu desejo é se consolidar com esse status, um bom começo é organizar sua produção, finanças e ferramentas de trabalho.

E hoje nossa forcinha vem em forma de conteúdo. Listamos 10 documentos e ferramentas para você gerenciar seu trabalho que otimizarão seu tempo e desenvolvimento profissional. Dá uma olhada.

1. Planilha para controle financeiro

Aqui se faz e aqui se paga. Uma planilha de controle financeiro é super importante para controlar os projetos que você acolheu, valores acordados, cliente responsável pelo pagamento, prazos de produção e aprovação.

Assim, é possível estimar os ganhos mensais, por exemplo. Para quem é MEI, inclusive, esse controle é obrigatório. Além do preenchimento de tais dados, a produção deve ser apurada mensalmente, impressa e arquivada para possíveis auditorias.

2. Planilha de custos pessoais e jurídicos

E por falar em ganhos mensais, além de saber quanto ganha, gerenciar os custos e planejar investimentos é fundamental.

Despesas com alimentação, deslocamento, mensalidades de cursos, internet, celular e outros devem ser inseridos na planilha de controle, assim como provisões de emergência, investimentos para aposentadoria e demais valores que precisam ser movimentados no mês corrente.

Com custos, investimentos e recebimentos bem delimitados, você pode planejar sua produção, saber quanto precisa ganhar para pagar todas as despesas e ainda guardar algum dinheiro para lazer, compras e aplicações de longo prazo.

3. Lista de precificação de serviços

Planejar significa organizar as ações previamente com um objetivo claro. E para que seja possível fazer isso com seus freelas, é preciso ter em mãos uma lista com os preços de cada tipo de projeto que você ofereça.

Seja redação, revisão, diagramação, planejamento de pauta, gestão de mídias sociais, qualquer outro modelo de consultoria ou atividade freelancer, ter a lista de preço definida é essencial para planejar e também para responder rapidamente aos pedidos de orçamentos.

4. Modelo de apresentação de orçamento

E por falar em orçamentos, outro documento essencial para um freelancer organizado é um modelo de orçamento editável.

Ele agilizará seu tempo de resposta aos potenciais clientes, e também transmitirá dois de seus diferenciais profissionais, a organização e seriedade como negocia seus projetos.

Não importa o mercado que você trabalha, ele pode ser descontraído ou não, mas na hora de contratar um profissional, todo cliente valorizará a proposta que transmite mais confiança. E nesse ponto, vale caprichar com um cabeçalho personalizado e até papel timbrado se for imprimir.

5. Modelo de contrato para prestação de serviço

Fechou o negócio? Que coisa boa! Parte para o abraço e assinatura do contrato de prestação de serviço, pois, além de assegurar ao seu cliente todos os termos e condições contratadas, também resguarda você como profissional.

Nenhuma das partes poderá pedir nada além do que foi formalizado no contrato e até mesmo aquela contestação chata de atraso de pagamento (#alertadecalote) terá um peso maior com o documento que confirma a celebração de um acordo.

6. Portfólio

O portfólio é um dos documentos mais amados de todo freela, muitos cuidam como se fossem seus filhos legítimos.

Isso é ótimo, pois quanto mais caprichado e atualizado, melhor será para sua apresentação profissional e de suas habilidades. A ideia é fazer uma seleção que contemple todos os serviços que você oferece ilustrada com seus melhores trabalhos em cada categoria.

Tudo dependerá da sua área de atuação como freelancer, mas, se além de imagens e conteúdos também puderem compor dados estatísticos que comprovem o sucesso ou considerações dos clientes sobre o resultado, melhor ainda.

7. Planner

Vamos de planner? Primeiramente, não é só a modinha da vez. Eles são documentos incríveis para o planejamento e organização de tarefas, sejam projetos profissionais, sejam obrigações de ordem pessoal, como listas de supermercado, agendamento de consultas médicas e aquela balada do final de semana.

É possível encontrar vários modelos personalizados de planners, mas se você quer um feito pensando nas atividades dos freelancers, o da Comunidade Rock Content é especial por motivos de: ser lindo, funcional e gratuito.

8. Documentos de MEI

Para o freelancer, o registro do MEI é super bacana. Além de instituir o profissional como uma pessoa jurídica, também o enquadra nos benefícios do INSS.

Assim, além da aposentadoria, licença maternidade e afins, o freelancer também pode prestar serviços para empresas que exigem a emissão de Nota Fiscal para controle de pagamento, por exemplo.

Cadastrar como Micro Empreendedor Individual é simples e online, mas o sistema imprimirá os comprovantes que, em alguns estados brasileiros, precisarão ser apresentados nas prefeituras locais.

Além deles e do controle financeiro mensal obrigatório que já foi mencionado anteriormente, cópia das Notas Fiscais emitidas, mesmo que digitalmente, também valem a pena serem arquivadas para controle.

9. Checklist de redação

Para a parte da produção de conteúdo, os checklists são excelentes documentos de apoio. Eles podem conter os itens essenciais da redação web, como a menção da palavra-chave, intertítulos padronizados e outros.

Mas seu checklist também pode ter um toque especial com seus vacilos esquecimentos mais comuns, ou atalhos de pesquisa e corretores online.

10. Checklist de revisão

Mesmo os redatores mais experientes escorregam em alguns erros gramaticais, regência verbal ou ortografia. Então, reviver os velhos tempos escolares de fixas plastificadas pode ser uma boa estratégia.

O checklist também vale para os revisores, claro, principalmente porque seu trabalho é ainda mais minucioso e 100% avaliado sob o conteúdo final apresentado isento de erros.

Se você perceber bem, todos esses documentos para freelancers organizam o antes, durante e depois da atividade profissional e acabam trazendo benefícios para sua vida pessoal. Se as finanças estão em dia, não tem drama para pagar o cartão de crédito no final do mês, se o conteúdo está bem planejado e executado, as possibilidades de retrabalho são eliminadas, e assim por diante.

Será que está faltando um pouquinho de organização na sua rotina de freelancer para aumentar seus gastos ou finalmente passar a imagem para sua mãe que você tem um trabalho como todos os outros do planeta?

Então, otimize também a resolução. Em vez de sair procurando pela internet, baixe esse kit de documentos gratuitos para freelancers e coloque em prática esses controles hoje mesmo.

Kit de Documentos Para Freelancers