Por Luana Rios

redatora da Comunidade Rock Content, jornalista confiosa no poder da palavra para alumiar e mover. Pós-graduada em Marketing.

Publicado em 04/01/2018. | Atualizado em 31/01/2018


Já pensou por que a vida hoje parece muito mais prática e rápida? Digital Transformation é um os fenômenos que causa isso e deixa pequenas e grandes tarefas muito mais fáceis. Entenda aqui o que muda para o mercado profissional!

Dez anos atrás sua rotina era completamente diferente e você não podia imaginar que isso aconteceria. Passamos a estar online o tempo todo, veja só: temos possibilidade de conversar com os amigos durante o trabalho, compartilhar nas redes sociais momentos do fim de semana e navegar na internet enquanto esperamos o transporte público, por exemplo. E, boa parte dessa vida nova, que construímos sem nem mesmo perceber, se deve a ela: a digital transformation.

Só que, diferentemente da possibilidade de passar despercebida na vida pessoal, as consequências dessa transformação digital devem ser analisadas quando se trata do futuro profissional. Por isso, neste post, vamos explicar exatamente o que é essa tal de digital transformation, bem como ela vem impactando na sociedade e, logo, na sua carreira.

Digital Transformation: o que é mesmo?

Ela representa todo o processo de transição que estamos vivendo com a chegada da tecnologia: nosso modo de comprar, de nos relacionar uns com os outros e, especialmente, nosso modo de buscar informações.

E esses são uns dos principais fatores que vem fazendo com que as empresas estejam mais atentas às necessidades de mudanças no modo de vender. Sim, porque se os consumidores mudaram, é preciso saber como atender realmente a essas novas necessidades. E sabe qual a verdade, caro leitor? Ninguém sabe ainda ao certo como fazê-lo.

Agora, vamos conhecer mais a fundo os principais impactos que ela pode gerar na sociedade e, portanto, na sua carreira também.

1. Tecnologia a serviço de uma vida mais fácil

Esse é o impacto que vem oferecendo mudança para nossas vidas já há um bom tempo. Podemos visualizar na prática nossa rotina ficando mais simples com a chegada de aplicativos para troca gratuita de mensagens instantâneas, serviço de armazenamento de arquivos nas nuvens ou de transporte compartilhado a um clique no celular, por exemplo. São novidades que vão facilitando nossas vidas a todo tempo.

Nas empresas, esse cenário não é diferente. Precisaram (e ainda precisam!) se atualizar em relação aos canais de comunicação com o cliente, à presença nas redes sociais e às formas de venda também. Então, todas essas novas possibilidades ensejam mudanças também nos profissionais para criar esse repertório tecnológico. Hoje, por exemplo, fala-se em designer de stories do Instagram. Alguém poderia imaginar essa profissão há três anos? Obviamente, não!

2. Contato mais próximo com as marcas

A presença das marcas no Instagram, Facebook, WhatsApp e Twitter facilitam muito o relacionamento com as empresas com as quais já compramos ou pretendemos comprar. São canais fáceis de acessar e, hoje, diríamos imprescindíveis para as empresas que desejam ter o mínimo de credibilidade no mercado.

Nesse sentido, novas possibilidades para profissionais da área de comunicação surgem: ser social media, aquele que gerencia e monitora o perfil das marcas nas redes sociais; produtor de conteúdo, aquele que gera material para alimentar todos esses canais; videomaker, para montagem e edição de vídeos.

3. Melhoria da experiência do cliente

Somos muito mais informados sobre tudo. Essa nova realidade enseja que as marcas atraiam seus consumidores não mais por meio da publicidade tradicional. Hoje, é preciso que eles eduquem seus clientes de modo a empoderá-los para uma tomada de decisão de compra e estejam mais atentos a lhes oferecer uma experiência única.

Há uma certeza nesse campo: foi-se o tempo em que o consumidor deseja trocar o próprio dinheiro por seu produto ou serviço simplesmente. Hoje, é preciso oferecer um porquê por detrás daquilo que você se dispõe a vender, uma vez que seu público alvo está informado, sabe o que esperar do seu produto, sabe quais problemas poderão ser resolvidos com aquela compra e, claro, sabe quais são as diversas opções e preços disponíveis no mercado.

Ou seja, a digital transformation também nos revela que as empresas hoje podem ajudar no processo de decisão de compra do cliente, podem melhorar esse relacionamento do cliente com a própria marca e podem oferecer mais facilidades para a chegada do produto ou serviço até ele. É uma via de mão dupla que deve ser boa para empresas e clientes.

E então, a partir desse novo panorama, o papel do Marketing vem se atualizando constantemente. São novos conceitos para o universo online que não existiam antes da Digital Transformation: persona, call to action, jornada do cliente, funil de vendas, entre outros. Ou seja, se você deseja seguir na área, precisa caminhar com ela e atualizar seus conhecimentos também.

4. Aumento da eficiência de processos

A digital transformation passa também pela modernização dos processos dentro da empresa. Então, por exemplo, se para a criação de uma campanha publicitária eram necessárias três reuniões para o brifieng, outras duas para aprovação de peças e uma para discussão do orçamento, hoje em dia, esses processos todos podem ser resolvidos a distância.

Há ferramentas disponíveis para comunicação rápida e gerenciamento de projetos compartilhado como o Skype e o Trello, respectivamente. Quais dessas facilidades poderiam te ajudar no trabalho? Fique atento!

5. Novos modelos de negócio

Se você já usou algum serviço de carona compartilhada, como o Uber ou o 99POP, já está experimentando a Digital Transformation na prática! Sim. Isso porque esses novos modelos de negócio estão amplamente ligados às novas necessidades de mercado com a chegada da internet.

É um exemplo prático de integração entre modelos físicos, que ensejam a utilização de carros nesse caso, com a facilidade da navegação online. E não param de surgir novas possibilidades: Airbnb, Bliive, DogHero, entre outros.

6. Vendas automatizadas de produtos e serviços

Se antes era necessário tem uma pessoa incumbida por todo o processo de vendas, hoje, o cliente consegue (e às vezes, prefere) fazer isso sozinho. Há empresas que já nascem totalmente virtuais e outras que vão migrando para o universo da internet pouco a pouco.

Mas a verdade é que as vendas automatizadas de produtos e serviços já são realidade na maioria das grandes empresas, e vem sendo uma boa alternativa para micro e pequenos empreendedores graças à transformação digital e suas facilidades.

7. Marketing de precisão

Não serás mais importunado com ofertas inadequadas para a tua realidade é o mandamento principal da digital transformation.

Isso porque as novas tecnologias possibilitam às empresas identificar clientes a partir dos seus desejos e necessidades e direcionar para essas pessoas ofertas que elas realmente valorizam. Ponto para as marcas e só maravilhas para os clientes, não é mesmo?

Bom, agora que você já conhece alguns dos aspectos trazidos com a digital transformation, vai uma dica infalível: continue acompanhando as principais tendências de mercado para não ficar para trás.  A verdade é que, em todas as hipóteses, ser criativo é fundamental para sua carreira seguir firme! Então, vale continuar a leitura  com o nosso e-book Profissional criativo: 8 dicas para se destacar no mercado!

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *