Por Gustavo Grossi

Analista de Marketing na Rock Content.

Publicado em 07/07/2016. | Atualizado em 16/11/2017


O Certificado de Produção de Conteúdo Para Web é exigido para vagas de diversas empresas hoje, e também para ser um freelancer Rock Content. Descubra mais sobre seu conteúdo e comece já!

Você é produtor de conteúdo? Bom, se você está lendo este post no blog da Comunidade Rock Content, tenho certeza de que, caso ainda não seja, pelo menos tem interesse no assunto, certo?

Por isso, caro leitor, hoje eu tenho uma boa notícia para você: a Rock Content produziu um Curso de Produção de Conteúdo totalmente voltado para o ambiente online. Ou seja, agora você pode se qualificar e aprender ainda mais sobre este ofício tão interessante. Além das videoaulas, você pode estudar para a certificação pelo Guia de Produção de Conteúdo para Web, o material de estudos completo.

Neste curso, você vai aprender como a Rock Content trabalha com os seus freelancers, tendo um modelo próprio de produção. Confira o currículo completo do curso:

Conceitos de Marketing de Conteúdo

Antes de começar a produzir conteúdo para a web, é fundamental entender um pouco de estratégia de marketing de conteúdo. Isso porque já é provado que produzir simplesmente por produzir não traz resultados relevantes.

Relembrando, o conceito de marketing de conteúdo usado pela Rock é o seguinte:

“Uma maneira de engajar o seu público-alvo, crescer a sua rede de clientes e potenciais clientes, por meio de conteúdo relevante e valioso, atraindo, envolvendo e gerando valor para as pessoas. É gerar uma percepção positiva e, consequentemente, mais negócios.”

Personas

A partir desse conceito de marketing de conteúdo, o primeiro passo para produzir textos relevantes e valiosos é conhecer a persona daquele material. A persona é uma personificação do público-alvo de uma empresa e contém diversas informações relevantes que ajudam o produtor de conteúdo.

Para definir a persona da maneira mais adequada, assista às aulas da certificação sobre o tema e leia o material de estudo.

Funil de vendas

Além das personas, é fundamental conhecer o funil de vendas, que é uma maneira de organizar a produção de conteúdo de uma empresa para facilitar o alcance do objetivo da estratégia.

Normalmente, o funil é dividido em três grandes partes: o Topo, o Meio e o Fundo do funil e cada uma dessas etapas é fundamental para a concepção de uma boa estratégia de marketing de conteúdo. No curso, você vai aprender a produzir conteúdos para cada uma dessas etapas do funil.

SEO

A otimização de conteúdos para os mecanismos de busca consiste em uma série de técnicas que facilitam a leitura e indexação das páginas de conteúdo pelos “crawlers” dos mecanismos de busca, como o Google.

Então, para conseguir ranquear bem nestes motores de busca — e ser encontrado pela persona —, é importante produzir pensando no SEO. Os principais fatores que influenciam no ranqueamento das páginas e que podem ser otimizados no momento da escrita foram abordados durante as aulas do curso.

Planejamento estratégico

A parte do planejamento é fundamental para qualquer estratégia, certo? Para o marketing de conteúdo não poderia ser diferente. Além da estruturação da estratégia em si, o planejamento entra no momento de se materializar a teoria dentro das especificações de cada negócio. Ou seja, o planejamento deve ser traçado de acordo com os objetivos que a empresa tem com o marketing de conteúdo.

De uma maneira mais prática, o planejamento pode ser tido como a estruturação das pautas, as ideias de textos que devem ser desenvolvidos. Nessas pautas, devem constar as informações básicas para o desenvolvimento do texto, como o título, as palavras-chave, o estágio do funil em que aquele texto vai se enquadrar, qual deve ser o CTA e muitas outras informações.

Para entender como deve ser feita e pensada uma pauta desde o momento inicial, faça o curso completo.

Redação de textos

A partir do momento em que já se tem as pautas bem definidas, é importante escrever os textos para que a estratégia de marketing de conteúdo tenha os seus resultados. Então, além de toda a pesquisa e estruturação que foram feitas no momento de criação da pauta, é importante desenvolver o conteúdo também de acordo com a estratégia.

Deve-se pensar na persona, na melhor linguagem, no estágio do funil em que este texto se enquadra e nas diversas técnicas de escrita, como o copywriting, por exemplo. Assim, no momento de escrever textos para marketing de conteúdo, é fundamental pensar tanto nos usuários que vão encontrar aqueles textos — possivelmente as personas — quanto nos mecanismos de busca que vão indexar os conteúdos.

No nosso curso de produção de conteúdo para web, você aprende todas essas técnicas de produção e redação de conteúdos.

Revisão de conteúdo

Por fim, antes de postar os textos que foram escritos com as melhores técnicas possíveis, uma etapa fundamental é a de revisão dos conteúdos. A revisão nas estratégias de marketing de conteúdo — e a que é utilizada no modelo da Rock Content — também é conhecida como “copidesque”, ou seja, é uma revisão que vai além da correção gramatical.

A revisão de conteúdos para web deve ser capaz de identificar a adequação com a estratégia geral, a originalidade do conteúdo, a utilização correta de palavras-chave, e várias outras partes fundamentais para garantir a qualidade do conteúdo. Neste sentido, o trabalho de revisão é também muito estratégico.

No ebook de guia de estudos para a certificação, você pode conferir melhor quais são as especificações do trabalho de revisão de conteúdo.

E então, ficou interessado em se qualificar ainda mais em todas as etapas desse processo? Não perca mais tempo e se cadastre agora mesmo no Curso de Produção de Conteúdo para Web da Rock Content!

 

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *