Por Autor Convidado

pelo blog da Comunidade Rock Content.

Publicado em 04/06/2018. | Atualizado em 10/08/2018


Se você está aqui, com certeza, já percebeu que quase tudo o que desejamos saber, conhecer ou comprar, conseguimos encontrar através de uma pesquisa na internet.

Se você está aqui, com certeza já percebeu que quase tudo o que desejamos saber, conhecer ou comprar, conseguimos encontrar através de uma pesquisa na internet.

As tecnologias permitiram que várias coisas que fazíamos antes fossem aprimoradas e feitas de maneira online, e isso não seria diferente ao pensarmos no mercado de trabalho.

É por esse motivo que, hoje, muitas pessoas procuram trabalhar online. Afinal, além de ser uma maneira de fazer algo que você gosta, trabalhar com a internet traz uma série de vantagens principalmente para quem quer ter mais tempo para si ou até mesmo para ter uma renda extra.

Diante disso, trabalhar online tem sido um sinônimo de oportunidade para ter sucesso profissional, algo que muitas pessoas almejam. E quando falamos em sucesso, estamos nos referindo tanto a conseguir uma independência financeira quanto aproveitar uma forma de trabalho que é possível fazer de casa, aliando a prática com outras atividades diárias.

Porém, trabalhar online também significa empreender.

O pesquisador na área de empreendedorismo, Louis Jacques Filion, escreveu que “Um empreendedor é uma pessoa que imagina, desenvolve e realiza visões”.

Quando você desenvolve um trabalho online, geralmente, cria seu próprio negócio. Por isso é preciso desenvolver sempre muitas ideias, estar atualizado, e, principalmente, ter uma mente empreendedora.

Engana-se quem pensa que trabalhar online é sinônimo de trabalhar pouco e não se dedicar de verdade a alguma tarefa.

A oferta e a procura por esse tipo de ocupação é enorme e aumenta a cada dia. Então, é fundamental estar bem informado para iniciar nesse ramo.

Fazer o próprio horário e bater as próprias metas é muito satisfatório, mas é preciso saber que trabalhar em casa requer muita dedicação.

Assim, apesar de ser o desejo de muitas pessoas, existem alguns cuidados que devem ser tomados antes de largar um emprego tradicional para trabalhar online. Mas você sabe quais são eles?

Neste post, separamos os 9 principais cuidados que você deve ter se estiver pensando em largar seu emprego tradicional para trabalhar online.

Confira a seguir:

1. Tenha uma meta

Quando falamos a palavra meta, geralmente, o que vem na mente da maioria das pessoas é algo que elas desejam ter. Porém, meta é diferente de desejo.

Vamos dar um exemplo para ficar mais claro:

Uma pessoa pode ter o sonho de construir uma casa nova, mas se ela não tiver um planejamento daquela construção, dificilmente ela conseguirá construir a casa. Para que a casa seja mesmo a realização do sonho, é preciso que cada estrutura seja pensada e, principalmente, planejada.

Quando falamos de trabalhar online, a situação é parecida.

Mesmo que você ainda não trabalhe online, o sonho, normalmente, está lá: trabalhar na tranquilidade do lar, com seus próprios horários, conquistar bons clientes, ganhar dinheiro para ter uma boa vida e realizar muitos desejos.

Mas não adianta nada sonhar com tudo isso e largar um emprego fixo, sem ter uma meta. É importante estabelecer e entender onde você está e aonde quer chegar.

Ter uma meta é planejar, significa saber o que você quer e traçar ações para chegar até lá.

A meta deve ser desafiadora, para que a pessoa tenha motivação para alcançá-la, mas, ao mesmo tempo, deve ser realista, isso quer dizer, que seja possível de ser realizada.

Por isso, antes de largar seu emprego atual, o primeiro cuidado que você deve ter para começar a trabalhar online é estabelecer uma meta para seu novo negócio e pesquisar as melhores maneiras para conseguir alcançá-la.

2. Prepare-se financeiramente

Embora seja uma atividade muito atual e promissora, trabalhar online requer paciência, principalmente no começo. Isso porque não tem como saber se você conseguirá se sustentar com seu trabalho online logo no primeiro mês.  

Então, antes de largar o emprego fixo, um cuidado importante é se preparar financeiramente.

Faça uma reserva de dinheiro para o primeiro período, pensando nas surpresas que podem aparecer no caminho. Ou seja, além de calcular quanto você precisará para os gastos fixos mensais, é importante também estar preparado para os imprevistos, como a troca de um pneu do carro, o chuveiro queimado, um investimento em alguma ferramenta online, entre outros.

Além de conseguir pagar as despesas, esse planejamento financeiro auxiliará na saúde mental da pessoa que está começando em um novo negócio e precisa focar seus pensamentos e energia nisso, sem se preocupar exageradamente com o dinheiro (ou a falta dele).

3. Estude muito

Trabalhar online requer que a pessoa se mantenha sempre atualizada sobre a área na qual atuará, buscando ser um especialista no que faz para não ficar para trás.

Isso porque, como já comentamos, trabalhar na internet é uma atividade promissora, e há grande procura de contratações, mas também há uma grande oferta de serviços. Por esse motivo, quem se destaca é aquele que entrega os melhores resultados.

E como se destacar na internet?

Primeiramente, tendo muito conhecimento, que você consegue obter com muito estudo e pesquisa.

Se você quer atuar como freelancer de design gráfico, por exemplo, mesmo que já possua a técnica, é preciso sempre se manter atualizado, buscando o que há de novo na área e estudando o que outros especialistas apresentam sobre o tema. Você pode estudar sobre as tendências de cores, novos programas de edição, e várias outras técnicas novas de seu mercado.

Mas, além de sua área, também é preciso estudar a concorrência.

  • O que está sendo feito na área em que você quer atuar?
  • O que o mercado online está oferecendo aos clientes?

Estudar a concorrência significa compreender o que está sendo feito para poder ofertar serviços com diferenciais.

4. Use plataformas que conectam profissionais

Com tudo planejado, é preciso pensar que, para conquistar um trabalho online, principalmente se você começar como freelancer, um dos melhores caminhos é utilizar plataformas que te auxiliem a encontrar clientes. São plataformas online que conectam os profissionais que procuram um determinado serviço.

Por exemplo, se você pretende trabalhar online com a produção de conteúdos para redes sociais, ao se cadastrar em uma plataforma que possibilite o contato com empresas que precisem disso, será possível ofertar esse serviço.

Assim, o proprietário de uma empresa que está em busca de um profissional que cuide de suas redes sociais, encontrará o perfil daquele que oferta esse serviço justamente através desses portais.

Um cuidado muito importante para quem quer largar o emprego e trabalhar online é conhecer muito bem as regras estabelecidas em cada um desses portais, segui-las rigorosamente e escolher a plataforma que se adequa mais ao seu perfil.

5. Crie uma rotina

Trabalhar online oferece alguns riscos, como o famoso “deixar para depois”, principalmente se você trabalhar apenas em casa. Isso porque é possível se distrair com os filhos, afazeres domésticos, televisão, e outras tantas possibilidades que a própria internet oferece.

Além disso, a pessoa que começa a trabalhar online, se não organizar seu tempo, pode ir aceitando inúmeras propostas e, no fim, se perder e não conseguir lidar com todos os serviços para os quais foi contratada.

Por isso, um dos cuidados fundamentais para que vai largar o emprego para se concentrar apenas à atividade online é estabelecer uma rotina, planejar o dia a dia para que conseguir entregar tudo o que pegar para fazer.

É preciso, portanto, saber quanto tempo leva para desenvolver cada atividade e programar sua rotina para isso, afinal, o cliente espera eficiência.

Ser produtivo é muito importante nesse tipo de atividade.

Além disso, as pessoas que conseguem cumprir com suas metas diárias, tendem a ficar mais tranquilas e felizes, já que realizam um trabalho bem feito e sem atrasos, podendo, com a adaptação da rotina, ir ampliando suas atividades.

6. Não se sobrecarregue

Você deve fazer somente aquilo que consegue.

Muitas pessoas querem retorno rápido ou não conseguem recusar propostas de serviço. Com isso, elas aceitam mais tarefas do que podem lidar, e ficam sobrecarregadas.

Por isso, este cuidado é tão importante.

Estabelecer uma rotina é o primeiro passo para compreender o quanto de trabalho é possível fazer em um dia, uma semana, um mês.

A sobrecarga prejudica a qualidade do trabalho e, por consequência, a satisfação do cliente. Além disso, ela prejudica o profissional que, por ficar aflito, para vencer os prazos e tem sua qualidade de vida diminuída.

7. Seja gentil

Sim, respeito, cordialidade e gentileza são importantes no trabalho online, assim como no físico. Mesmo que o profissional não tenha contato direto com seu cliente e a conversa aconteça mediada pela tela de um computador, é fundamental prestar um bom atendimento.

Pense sempre no que escrever na negociação: antes, durante e depois.

Se você estiver de “cabeça quente” por algum motivo, é conveniente deixar para responder os clientes um pouco depois.

O bom trato, além de fidelizar os clientes, gera avaliações positivas para quem trabalha online, o que, certamente, te ajudará a conseguir mais clientes.

8. Seja prestativo

Se uma pessoa trabalha em uma loja de roupas e oferece uma peça para que o cliente prove, mas a roupa não lhe serve muito bem, o que acontece?

O bom vendedor prontamente sugere alguns ajustes naquela roupa ou oferece outra no lugar.

O trabalho online, às vezes, também requer alguns ajustes.

Pode ser que, por algum motivo, você acabe compreendendo errado o que o cliente quer, ou ele pode não apresentar claramente suas ideias.

Nesse tipo de situação, não se desespere. Seja prestativo e procure entender o problema e apresentar maneiras para solucioná-lo.

Colocar-se no lugar do outro é um ótimo exercício para te ajudar a entender melhor as dores de seus clientes.

Ser prestativo te ajudará a ganhar a confiança dos clientes e pode aumentar suas chances de manter o contato para trabalhos futuros.

9. Não se esqueça da vida pessoal

Trabalhar online, geralmente, significa trabalhar em casa, e isso pode ser um problema quando as pessoas começam a confundir trabalho com vida pessoal.

Com a agilidade da internet, recebemos mensagens instantaneamente, e também costumamos respondê-las o mais rápido possível.

Porém, é preciso dividir trabalho e vida pessoal. O momento de estar com a família, por exemplo, não é o momento de responder ao cliente ou vencer metas.

Não dá para deixar a vida pessoal de lado para trabalhar, isso gera exaustão e adoece a mente e o corpo. Saber dosar o horário destinado para cada tarefa é o que gera o equilíbrio de uma vida feliz.

Faça o que você ama!

Trabalhar online é o desejo de muitas pessoas, e se você chegou até aqui, provavelmente é porque tem essa vontade também.

Independentemente do que você quer fazer, saiba que é sempre melhor escolher algo que você gosta. Assim, você conseguirá ser bem sucedido não apenas em sua vida profissional, mas também na pessoal.

Se você ficou com vontade de trabalhar online, saiba que um passo muito importante é definir bem o que vai fazer, qual é o tipo de trabalho a ser desenvolvido. Para te ajudar com isso, fizemos um post com 30 ideias para trabalhar na internet, não deixe de conferi-lo.

Guest post produzido pela equipe da Hotmart.

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *