como criar um blog grátis

Como criar um blog grátis personalizado: conheça as 9 melhores opções!

Quer ter um blog dentro dos melhores padrões de design, SEO etc? Não é preciso gastar para isso! Conheça agora algumas opções gratuitas para você criar um blog com qualidade profissional!

Quer ter um blog dentro dos melhores padrões de design, SEO etc? Não é preciso gastar para isso! Conheça agora algumas opções para você criar um blog grátis com qualidade profissional!

Não é necessário fazer grandes investimentos para começar produzir conteúdo para a web. Pelo contrário, é possível começar sem gastar um centavo!

Hoje, há dezenas de opções de plataformas de blogging. Elas são ideias para mostrar seu trabalho, escrever publicações para as pessoas e conseguir contatos. E o melhor: as melhores opções do mercado são gratuitas.

No post de hoje, veremos dicas para fazer uma página de sucesso e 9 plataformas para criar um blog grátis. Preparado para começar a escrever? Vamos lá!

Por onde começar?

Escolher o serviço ideal para hospedar as suas ideias na internet não é tudo. É preciso, antes, definir o que fará o seu blog diferente de outros tantos que já existem e com que público ele irá conversar. Uma boa etapa de planejamento aumentará as suas chances de sucesso e poupará tempo no futuro.

Quem se dedica a essa tarefa consegue prever os tipos de posts que fará e tem mais clareza na definição de metas para acompanhar o crescimento do blog. Comece o seu seguindo as dicas abaixo!

Nicho

Com quem você quer falar? É essa pergunta que deve ser respondida antes de qualquer outra. O perfil do seu leitor o permitirá entendê-lo melhor e lhe ajudará a planejar conteúdo mais relevante e atrativo.

Um nicho é um público-alvo específico, para o qual divulgar é menos complicado porque eles já têm interesse naquilo que está vendendo (no caso, as suas histórias). Nichos são sempre bastante peculiares e tão detalhados quanto possível.

Após defini-lo será mais fácil buscar informações sobre as pessoas que vão compor a sua audiência.

Persona

Embora o conceito de nicho e público-alvo estejam relacionados ao de persona, quando utilizamos esse termo queremos falar uma definição ainda mais clara de quem a sua página quer atingir. Uma persona tem nome, características, hábitos e representa o consumidor ideal das marcas.

O produtor de conteúdo deve conhecer perfeitamente a sua persona, entender que lugares ela frequenta, que redes sociais utiliza, qual sua formação, área de trabalho e objetivos. É a persona que vai indicar aqueles materiais que não podem faltar no seu blog porque você possui dados suficientes sobre ela para saber quais são as expectativas que possui.

Nome

O nome certo pode fazer toda diferença nos seus resultados. Agora que já passou pela fase de planejamento, em que nicho e persona estão definidos é preciso escolher o nome certo para a sua página. Ele vai identificar os seus conteúdos pela internet, será o seu domínio e a sua assinatura e deve ser tão único quanto os textos que pretende escrever no blog.

Nomes também precisam provocar identificação em quem acessa um site. Um termo que é familiar e utilizado comumente pela sua persona sempre será um nome de blog com maiores chances de sucesso do que uma palavra desconhecida, que ninguém jogaria no Google.

Identidade visual

Por último, não se esqueça de planejar também a identidade visual. Na maioria dos editores de blogs que vamos citar nos tópicos a seguir, é muito simples customizar a sua página e você poderá fazer isso sem ajuda de um designer.

Uma cor que se relaciona ao nome do blog, tipografias que oferecem boa leiturabilidade, um layout fácil de navegar e um logotipo, ainda que pouco complexo, dão uma cara profissional para o seu espaço na internet.

👉 Primeiros passos para criar seu blog!
Quebramos o protocolo para liberar a 1ª videoaula do Curso completo do Blog Pessoal! Aprenda a traçar sua persona, público alvo, como criar objetivos e metas. Além de quais serviços são necessários para colocar um blog na internet.

botão assistir agora

Quais são os 9 melhores sites para hospedar meu blog?

1. Blogger

Uma das principais plataformas para blogs é o Blogger, do Google. Nela, os usuários podem criar fácil e rapidamente um blog.

Pontos positivos

O menu do sistema é organizado e mesmo um blogueiro iniciante pode manuseá-lo sem nenhum problema.

Além disso, a plataforma já é otimizada para exibir anúncios do Google Adsense. Sendo assim, aqueles que desejam rentabilizar suas postagens e são anunciantes na plataforma, não necessitarão configurações posteriores.

Com o andamento do blog, é interessante acompanhar quais são os conteúdos mais visualizados. Assim, você conseguirá elaborar materiais de acordo com a preferência de seu público.

Para isso, a plataforma já disponibiliza estatísticas para avaliação. Considere, porém, que os dados disponibilizados são mais básicos do que softwares especializados em analytics, como o Google Analytics.

Caso o usuário queira fazer campanhas de links patrocinados, ele será automaticamente redirecionado para o site do Google Adwords.

Pontos negativos

Embora integre diversas funções nativamente, o Blogger possui desvantagens em relação a alguns concorrentes, como os plugins e temas para WordPress.

Dicas

Com o Blogger, você já possui tudo o que precisa para começar a escrever. Então, sempre acompanhe as estatísticas de suas postagens, conecte-se ao Google Adsense e receba pela veiculação de anúncios.

Como fazer sua primeira publicação

  1. Conecte-se com uma conta Google;
  2. Insira o título, endereço do Blog e escolha o tema;
  3. Pressione “Nova Postagem”;
  4. Edite seu material como desejar, inserindo texto, título e imagens.
Confira outros conteúdos para aprender como produzir textos incríveis e cativar os visitantes do seu blog! ✍️
Como escrever bem: 39 dicas para começar agora
Como fazer uma introdução perfeita: o guia definitivo
Como fazer uma conclusão perfeita!
Storytelling: tudo sobre a arte de contar histórias inesquecíveis
Copywriting: entenda como dominar a escrita persuasiva
Textos Argumentativos: veja como trabalhar seus argumentos da melhor maneira
O que é resenha e qual é a diferença para o resumo?
Como fazer uma resenha: o passo a passo definitivo para uma resenha perfeita

2. WordPress

O WordPress é a plataforma mais utilizada para criação e edição de blogs do momento. Segundo o próprio site, 27% de toda a internet utiliza esse CMS. Não é à toa que alcançou esse patamar. O sistema busca integrar facilidade de utilização à grande possibilidade de customização.

Pontos positivos

A plataforma deseja alcançar tanto os blogueiros iniciantes quanto os mais experientes. Inclusive, o WordPress extrapolou os limites da blogosfera e também se tornou um sistema relevante para criação de sites, landing pages, e-commerces e sistemas relativamente complexos na web.

Além disso, o número de temas disponíveis são incríveis. Há diversas lojas para aqueles que desejam templates com funções mais complexas e sites que disponibilizam versões gratuitas para download, muitos deles dentro do próprio WordPress.

Quando o seu blog crescer, você desejará incrementar funções, não é mesmo? Sem problemas! Os plugins disponíveis servem para resolver uma infinidade de problemas, e novos são publicados diariamente. Assim, com essa plataforma, você estará pronto para atingir grandes patamares.

Pontos negativos

O WordPress é simples de usar e bastante intuitivo na medida do possível. No entanto, ele possui tantas funcionalidades que isso pode confundir e atrasar usuários menos experientes. Esse problema, porém, é resolvido com algumas horas de prática.

Outro problema está na limitação de uso do sistema. Caso o blogueiro queira utilizar seu domínio registrado, deverá pagar taxas.

Dicas

O WordPress permite que você implemente diversas funções em seu blog. Porém, inicialmente, procure apenas pelos serviços essenciais. Assim, ele será carregado rapidamente.

Enquanto seu blog cresce, estude quais das novas funcionalidades serão úteis. Além disso, insira funções para avaliar o SEO das suas páginas.

Como fazer sua primeira publicação

  1. Entre no site oficial e pressione “Começar Agora”;
  2. Escolha o formato mais agradável para seu blog;
  3. Decida qual é o tema preferido;
  4. Decida seu domínio;
  5. Faça o cadastro e o ative;
  6. Na tela de administração, vá em “Posts de Blog” e clique em Adicionar;
  7. Adicione título, texto e imagens. Capriche no conteúdo!

Esse serviço fornece hospedagem grátis do seu blog além do WordPress. No entanto, também é possível fazer o download e instalar esse framework em seu blog ou site pessoal. Nesse caso, é preciso acessar o WordPress.org e instalar o CMS no seu próprio banco de dados.

3. LiveJournal

O LiveJournal é uma das plataformas de publicação de conteúdo mais tradicionais da internet. Desde 1999 a empresa oferece serviços para escritores que desejam colocar seus textos na rede.

Pontos positivos

O LiveJournal não é só um criador de blogs. Ele é uma comunidade de escritores de todos os países do mundo, que dá destaque para as produções e autores mais visitados em sua home. Isso faz com que tornar o seu conteúdo popular dentro da plataforma seja tão importante quanto fazê-lo em outros canais de divulgação.

Ali você encontra um nicho muito amplo de pessoas interessadas em literatura, cultura pop e tantos temas quanto imaginar. Utilize isso a seu favor e faça networking comentando nos conteúdos de usuários compatíveis com a sua persona.

Pontos negativos

O LiveJournal não é muito customizável. Além das cores e avatar do usuário, poucas são as alterações que você poderá fazer na sua página.

Dicas

Participe das comunidades e passe a acompanhar blogs no LiveJournal. Essa é a melhor estratégia para se integrar ao ecossistema do serviço e entender que tipo de publicações fazem mais sucesso ali.

Como fazer sua primeira publicação

  1. Crie o seu blog;
  2. No topo da página, clique no menu “journal” e selecione “post an entry”;
  3. Digite o título e o conteúdo do seu post e o publique.

4. Wix

O Wix é um criador de sites simples e intuitivo. Com muitas opções de customização, ele permite que você crie e mantenha uma página gratuita por quanto tempo desejar.

Pontos positivos

O Wix conta com muitas opções de websites para os usuários que escolhem utilizar a plataforma. Portfólios, blogs e páginas empresariais são algumas das opções que você poderá selecionar ao fazer o cadastro. Trata-se de um serviço bem simples de utilizar que é atualizado com frequência, garantindo a segurança da sua página.

Pontos negativos

O principal ponto negativo do Wix é não poder registrar domínios customizados. Para fazê-lo o usuário deve pagar uma taxa anual.

Dicas

Utilize o acervo de imagens exclusivo para ilustrar os seus posts e torná-los mais atraentes.

Como fazer sua primeira publicação

  1. Crie uma conta no site;
  2. Escolha a opção Blog;
  3. Entre na sua página e clique no gerenciador de blog;
  4. Adicione um novo post;
  5. Edite e publique o texto.

5. Pulse no LinkedIn

O LinkedIn é uma rede social utilizada principalmente por profissionais e empresas.

Pontos positivos

Caso seu intuito seja escrever sobre assuntos empresariais, a plataforma é adequada para você. Além de encontrar um público já segmentado, você poderá fazer amizades úteis para continuar a expansão do seu material.

Além disso, materiais de qualidade normalmente são bem ranqueados pelos buscadores como o Google.

Pontos negativos

O conteúdo deve ser altamente especializado e profissional. Caso esse não seja seu o objetivo, seus resultados, provavelmente, não serão satisfatórios.

Dicas

Para que suas postagens no LinkedIn sejam eficazes, lembre-se de participar ativamente da rede. Aproveite para contribuir em discussões e demonstre que você entende do assunto que está falando. Além disso, adicione pessoas ao seu círculo.

Como fazer sua primeira publicação

  1. Entre na conta;
  2. Na parte superior da plataforma, clique em “Escreva um Artigo”;
  3. Adicione texto, título e imagens conforme sua preferência.
Kit do Marketing Pessoal no LinkedInPowered by Rock Convert

6. Medium

Talvez você ainda não conheça essa plataforma. Não se preocupe, isso é normal! Ela ainda não é tão conhecida. Como o Pulse, o Medium não é uma opção tradicional de blog. Aliás, eles não são blogs!

Isso, porém, não significa que você não possa considerá-la como opção digna de utilização. Nós mesmos, aqui da Rock Content, temos um canal por lá, que tal dar uma conferida? 🙂

Pontos positivos

Você receberá apenas conteúdo que acredite ser interessante e relevante. Da mesma forma, aqueles que optarem por segui-lo terão interesse no material que você produz. Então, seu público já é, de certa forma, segmentado.

Pontos negativos

Como toda rede social desconhecida, o sistema não é intuitivo e sempre estamos à procura de quais são as possibilidades da ferramenta.

Outro fator que colabora com isso são as limitações idiomáticas. O Medium não está disponível em português. Logo, se você tem problemas com idiomas, a ferramenta será ainda mais difícil para você. Mas, se você tiver paciência, leia a extensa documentação disponível em português para aprender a utilizar todos os recursos disponíveis.

Dicas

Como a rede social não é tão conhecida do público brasileiro, é útil que você também auxilie na divulgação da rede. Sendo assim, insira links de suas publicações nas redes sociais e mostre como a plataforma é interessante.

Como fazer sua primeira publicação

  1. Faça seu cadastro;
  2. Escolha seus temas favoritos;
  3. Conecte-se com pessoas interessantes para suas histórias;
  4. Pressione “Write your story” e insira título, texto e imagem.
Medium from zero to hero

7. Weebly

O Weebly é um serviço de hospedagem que atende, principalmente, e-commerces. Quem quer vender na internet e manter um blog encontra muitas funções integradas nessa plataforma.

Pontos positivos

O Weebly é perfeito para criar sites mais complexos, com diversas seções e que podem ou não se integrar a uma loja virtual . Ele é feito inteiramente com componentes que devem ser clicados e arrastados para que o usuário customize a própria página. Graças a isso, trata-se de uma ferramenta bastante fácil de se utilizar e uma das mais rápidas para se publicar.

Pontos negativos

Como os blogs não são o único foco do Weebly, você pode se ver distraído pelas múltiplas funções que o serviço oferece. Se quiser apenas um blog lembre-se de escolher um tema adequado para que não precise se preocupar com todos os recursos que não irá utilizar.

Dicas

Utilize sempre a aba de SEO em todos os seus textos no Weebly. Ela é perfeita para funcionar como checklist do que precisa incluir em uma postagem para que ela seja bem posicionada nos buscadores.

Como fazer sua primeira publicação

  1. Crie uma conta no serviço;
  2. Vá até a sua página e selecione o (+) e a opção Blog;
  3. No menu inferior, clique em novo post.

8. Postach.io

O Postach.io é uma plataforma de criação de blogs integrada a ferramentas que você já utiliza, como o Evernote.

Pontos positivos

O Postach.io foi criado para ser o serviço de blogs mais simples do mundo. Por isso, ele não é como qualquer outro Content Management System. Não é preciso acessar um editor de textos ou estar conectado à internet para escever.

O Postach.io funciona direto do seu computador, bastando dar acesso a um caderno no Evernote. É com ele que você vai produzir e publicar conteúdo. É fácil customizar e trocar de tema pelo website e sincronizar a sua página com serviços como o Google Analytics, o Instagram Share e os comentários Disqus.

Pontos negativos

O fato de ser muito simples pode funcionar contra o Postach.io. É que ao precisar fazer postagens mais elaboradas, como aquelas que possuem slides de fotos ou que precisam de plugins para oferecer conteúdo extra para o visitante (tais quais assinar uma newsletter ou conhecer posts parecidos com o visitado), não são disponibilizadas opções.

Dicas

O site funciona melhor quando você tem bastante conhecimento sobre o Evernote. Por isso, familiarize-se com a ferramenta e, se for preciso, crie uma nova conta para que ela inclua apenas os textos do seu blog.

Como fazer sua primeira publicação

  1. Faça seu cadastro;
  2. Conecte-se ao Evernote;
  3. Escreva seu post no Evernote e adicione a ele a tag “published” quando estiver pronto para publicar.

9. Tumblr

Rede social muito conhecida de famosos, empresas e profissionais que trabalham com design ou serviços dependentes da visualização de imagens.

Pontos positivos

Usuários com conteúdo em vídeo e imagens (principalmente em GIF) terão na rede um local especializado e projetado para elas.

Pontos negativos

Embora outros formatos de conteúdo sejam permitidos, a ferramenta é projetada para materiais visuais. Sendo assim, caso suas postagens sejam divergentes desse formato, suas publicações não terão o alcance desejado.

Dicas

Faça postagens constantemente! Assim, seus seguidores desejarão manter maior vínculo com sua página. Você também pode se conectar com mais pessoas para que sua publicação tenha maior visibilidade.

Como fazer sua primeira publicação

  1. Faça seu cadastro;
  2. Após concluí-lo, na parte superior da rede, escolha qual o tipo de mídia deseja inserir;
  3. Insira as informações.

Qual das opções acima são mais úteis para você? Qualquer uma delas será interessante para certo grupo. Então, decida por aquela que mais bem se adaptará aos seus objetivos.

Criar um blog é apenas a primeira fase de escrever para a web. É importante decidir qual será seu domínio, otimizá-lo para SEO e planejar o conteúdo.

Queremos ajudar você com tudo isso. Antes de criar um blog grátis acesse o Curso Completo do Blog Pessoal e aprenda como criar postagens que geram engajamento e conversões!

curso completo do blog pessoalPowered by Rock Convert