Copywriting para Landing Pages

Copywriting para Landing Pages: checklist com os 5 elementos necessários para converter e vender mais!

O copywriting para landing pages é uma ótima estratégia para gerar mais leads, ao mesmo tempo em entrega conteúdo de valor para os leitores. Porém, a conversão só acontece com boas práticas na hora da oferta. É aqui que o checklist pode ajudar sua marca!

Você pode criar várias páginas em seu site que ofereçam diferentes conteúdos ricos para seus leitores. Porém, nenhuma delas converterá de maneira satisfatória se você não usar o copywriting para landing pages. Esse conjunto de técnicas otimiza o SEO e ajuda você a escrever de maneira mais persuasiva para engajar seus leitores.

A ideia não é apenas gerar um volume alto de leads, mas envolvê-los numa rede que nutrirá cada contato com informações importantes e pontuais. É exatamente assim que a conversão acontece: educando a persona sobre a importância da sua oferta e mostrando como você pode ajudar com os serviços e produtos oferecidos.

Por isso, alguns elementos básicos devem estar presentes nessas páginas. Quer conferir o checklist para landing pages? Vamos lá!

1. Títulos chamativos

Os títulos, ou H1, das landings pages são o primeiro passo para sua estratégia funcionar bem. Afinal, esse é o título principal da página e será, muito provavelmente, por meio dele que o lead encontrará o site nos buscadores. Por isso, uma headline chamativa é importante, prendendo a atenção da persona logo de cara.

Mas não é apenas isso, é preciso ficar claro duas coisas:

  • “O que é isto aqui?”
  • “O que isto pode fazer por mim?”

Essas duas perguntas devem ser respondidas nos títulos de suas landing pages. O motivo é simples: o leitor está atrás de algo valoroso para ele, como um conhecimento específico — tipo essas 100 dúvidas respondidas sobre freelancing.

O problema é que, se a headline não responde ao que se propõe, a persona terá que fazer o download para saber do que se trata. Bom, aí você coloca um empecilho entre o problema e a solução, tornando mais difícil ainda gerar leads.

2. Subtítulos explicativos

O subtítulo é um complemento do título principal, servindo para aproximar mais ainda a persona e o seu conteúdo. Um bom exemplo de sub-headlines no copywright são os posts aqui do blog da maior comunidade de freelancer da América Latina. Vou dar um tempinho para você subir o texto e reparar naquele trecho com letras em negrito um pouco antes da introdução.


Corre lá e volta aqui!

Viu como expliquei de maneira simples e objetiva, complementando o título, o que você está encontrando neste post? Assim devem ser os subtítulos ideais do copywriting para as landing pages. Além disso, as sub-headlines ficam logo abaixo do título, um dos focos principais da página. Então, é uma boa hora para testar diferentes mensagens e entender o que converte melhor.

3. Pontos âncora de leitura

Fala a verdade, você lê tu-di-nho o que diz em uma página web, mesmo quando está no smartphone ou tablet? É pensando nesse fator que a escaneabilidade deve ser um dos pontos presentes no seu checklist para landing pages.

A leitura web acontece de forma diferente daquela que fazemos em um livro ou revista físicos. Nós vamos lendo de maneira dinâmica e procurando pelos pontos âncora de leitura.

Ter um texto escaneável significa que é fácil percorrer os olhos por ele e encontrar trechos que fisguem sua atenção, dando um entendimento básico do que está sendo lido. Ou seja, se você ler apenas os trechos negritados neste post, conseguirá ter uma ideia do que estamos falando, mesmo sem compreender ele todo.

Claro que o texto inteiro é melhor para ter um entendimento completo do tema, mas durante a leitura dinâmica você deve ter ficado com mais interesse ainda de ler o post completo. Por isso, essa é uma ótima prática de persuasão do copywriting para landing pages.

Veja outros elementos que melhoram a escaneabilidade, além dos trechos em negrito:

  • listas numeradas ou em bullet points — como essa aqui mesmo;
  • imagens ilustrativas ou contextualizadas — como aquele gif de tempo no item anterior;
  • trechos curtos e frases objetivas — como o nosso subtítulo;
  • padronização das listas — dessa forma que fiz.
Confira nossos melhores conteúdos sobre Copywriting e domine de vez a Escrita Persuasiva! 🧐
Copywriting: o que é e como se tornar um Copywriter profissional
Técnicas de Copywriting: 12 dicas para dominar a escrita persuasiva
Habilidades de Copywriting: 6 princípios para aumentar a sua renda!
Gatilhos Mentais: o que são e como usar os 7 mais importantes!
[Ebook] ABC do Copywriting: o guia completo para redatores

4. Legendas de imagens

Colocar legendas nas imagens é importante, sabe por quê? De maneira natural, o olho humano se atrai por imagens, cores e movimento. Então, as imagens acabam sendo o primeiro elemento visto na sua landing page, só depois vem o título e o subtítulo.

Uma boa ideia persuasiva é aproveitar as legendas para exprimir o valor dela, mostrar a relação com o conteúdo ou indicar uma ação que deve ser realizada.

Por falta de imaginação, fiz uma legenda simples para o gif, mas viu como ela indicava uma ação para você? Na verdade duas, pois a ideia era fazer você observar um ponto e depois voltar a outro. Isso também funcionará com seus leitores, ajudando eles a engajarem melhor com seus conteúdos.

5. Chamadas para ação

E por falar em ação, os CTAs não podiam faltar no nosso checklist de copywriting para landing pages. Os Call To Actions (CTAs) são verdadeiros chamados para tomar uma atitude, convidando a persona para dar o próximo passo na sua estratégia de marketing digital. Bem, se as páginas do site entregam o download do conteúdo que você oferece, qual será seu CTA?

Ele precisa, basicamente, indicar o download do conteúdo que você está oferecendo. Além disso, o cuidado com as palavras é importante, pois é aqui que as técnicas de persuasão farão a diferença na geração de leads. Veja algumas dicas para CTAs eficientes:

  • use verbos no imperativo, indicando algo que deve ser feito;
  • mostre benefícios para a persona, não apenas as características do produto ou do serviço;
  • dê um toque pessoal ao texto, deixando ele mais autêntico;
  • tenha autoridade no assunto para ser persuasivo.

O copywriting para landing pages não só melhora a geração de leads, como ajuda a convertê-los de forma mais rápida e eficiente. De nada adianta ter muitas visitas ou um grande volume de contatos se eles não engajam na sua estratégia. Colocar a persona no centro desse processo todo é o principal segredo, mas além disso, sempre indique o próximo passo a ser dado pelo leitor.

Ei, se você quer melhorar suas habilidades de escrita e investir mais na sua estratégia de marketing digital, dê uma conferida nesse e-book: ABC do Copywriting!

Powered by Rock Convert