Controle de Gastos Pessoais: 6 aplicativos e planilhas para se organizar

Tem dificuldades para fazer o controle de gastos pessoais? Conheça algumas soluções tecnológicas que revolucionam a relação com o dinheiro!

Um dos grandes problemas do profissional autônomo é fazer o controle de gastos pessoais. Mesmo com a previsibilidade de renda, a falta de um salário fixo gera diferenças nos ganhos mensais e, sem planejamento, o dinheiro pode faltar no fim do mês.

As altas faturas de cartão de crédito e os gastos supérfluos tornam a situação insustentável depois de alguns meses. Porém, você não precisa se desesperar! A boa notícia é que, com a tecnologia, foram criadas soluções para auxiliar a sua organização financeira.

Os aplicativos e planilhas citados neste artigo foram desenvolvidos justamente para facilitar o planejamento e afastar as dívidas. A maioria das opções são gratuitas e intuitivas, o que dispensa conhecimentos específicos.

Conheça a nossa lista e escolha o que mais gostou para mudar a sua rotina e realizar os seus sonhos!

Qual a importância do planejamento financeiro?

Sabe aquela terrível sensação de que o seu dinheiro não será suficiente para pagar todas as contas? Esse é um sinal claro de falta de planejamento financeiro, o que explica as mais de 63 milhões de pessoas endividadas no Brasil.

O benefício mais importante de fazer um controle das suas finanças pessoais é escapar dessas situações e não ficar sufocado com as taxas salgadas do cartão de crédito. Quando você conhece exatamente a sua renda, sabe o quanto pode gastar para cumprir com todas as obrigações e dorme sem preocupações.

Por outro lado, esse controle permite a realização dos seus sonhos. Quer viajar no fim do ano ou trocar de carro? Defina o quanto você precisa e reserve uma parcela da sua renda mensal para isso. Com uma pequena quantia por mês, é possível fazer investimentos e deixar você mais próximo desses objetivos.

Quais aplicativos ajudam no controle de gastos pessoais?

Para ajudar nesse objetivo de organizar as suas finanças, separei algumas opções conhecidas de aplicativos e dicas de planilhas que são simples de usar e, em geral, são gratuitas. Confira!

1. Guiabolso

O Guiabolso é uma das startups mais promissoras do país e apontada como uma possível unicórnio (valor de US$ 1 bilhão de mercado) nos próximos anos. Criado em 2012 e lançado oficialmente em 2015, o aplicativo é conectado diretamente com a conta bancária do usuário e faz a organização de forma automática.

Funciona assim: quando você faz o download, o primeiro passo é introduzir as suas informações bancárias. Com isso, o aplicativo mostra seu saldo e divide seus gastos por categoria sem a necessidade de atualização manual. Também é possível traçar metas, consultar seu CPF e pegar empréstimos (sempre com cautela).

2. Organizze

Junto com o Guiabolso, o Organizze está entre os aplicativos mais conhecidos de finanças pessoais. O modo de uso é parecido, mas a automação das informações é diferente — aqui, o usuário precisa cadastrar manualmente os dados (porém, a empresa deve lançar a sincronização em breve).

Uma diferença é que, para ter acesso a todas as funcionalidades do aplicativo, a empresa cobra uma taxa de R$11,90 por mês. Esse plano possibilita o cadastro de um maior número de cartões, criação de metas e alertas específicos. Porém, o plano gratuito é suficiente para fazer esse controle.

3. Minhas Economias

O Minhas Economias é um dos aplicativos mais utilizados para o controle de gastos e a explicação é simples: a interface bonita e a facilidade no uso. O programa permite mudar todas as categorias e tem a vantagem de ser acessado pelo computador, o que facilita na hora de registrar muitos dados de uma vez.

Disponível no iOS e no Android, ele mostra a evolução do seu patrimônio em gráficos e permite inserir anotações sobre os gastos. Outra funcionalidade legal é o guia de investimentos, que sugere algumas opções para você aplicar o seu dinheiro e aumentar a sua renda.

Aproveite para conferir outros conteúdos sobre Finanças Pessoais! 💰
Ted ou Doc: qual é a diferença e qual o melhor para transferir?
Como reduzir gastos: 5 dicas para sair do vermelho!
Como investir meu dinheiro: o guia básico com o passo a passo para começar
O que é VGBL? Entenda essa opção de plano de previdência privada
Finanças Pessoais: 6 dicas e estratégias para organizar seu dinheiro

4. Mobills

O Mobills foi criado em 2013 por dois estudantes de tecnologia, que tinham como objetivo facilitar o controle de gastos pessoais e evitar os problemas financeiros. O seu principal recurso é a criação de orçamentos e metas, com gráficos que indicam as áreas em que você precisa reduzir os seus gastos.

O usuário pode optar pelo plano gratuito ou por um plano anual de R$79, que oferece funcionalidades extras como importação de filtros financeiros e contas ilimitadas. Todas as informações do aplicativo, que tem mais de 5 milhões de downloads, são salvas na nuvem.

5. Controle Financeiro para Freelancers

Se você é o seu próprio chefe, uma dica é a planilha que a Rock Content disponibiliza para o controle financeiro dos freelancers. A sua grande vantagem é que ela é adaptada para esse tipo de profissional, que tem uma necessidade maior de organização na hora de cumprir os prazos dos clientes.

Planilha de Controle FinanceiroPowered by Rock Convert

É possível, dentro da planilha, organizar as tarefas pela data de entrega, valor e status de produção. Dessa forma, o freela sabe o quanto já ganhou naquele período e pode definir as metas mensais e anuais. O download é gratuito e a sua utilização garante um maior cuidado com as suas finanças pessoais.

6. Microsoft Office

Dentro do Excel, o Microsoft Office oferece modelos variados de planilhas de controles de gastos. Elas são mais tradicionais e padronizadas, mas são uma ótima saída para quem gosta de usar esse programa e tem dificuldade para controlar as contas.

Outra opção é a versão online desse software. Nesse caso, o benefício é o arquivamento na nuvem, o que permite o acesso à planilha de qualquer dispositivo. Existem modelos disponíveis na internet com os mais variados tipos de organização das finanças.

Como reduzir os gastos mensais?

Depois de mudar a sua rotina e começar a registrar todas as suas movimentações financeiras, o último passo é encontrar formas de reduzir os seus gastos mensais. Até porque não adianta começar a anotar tudo, mas continuar terminando o mês no vermelho, né?

O segredo é a mudança de hábito. Pense que, ao se privar de gastos desnecessários, você abre espaço para ter melhores experiências no futuro e tem a chance de criar um patrimônio. Sem a obrigação de pedir férias no trabalho, basta escolher as datas e tirar aquelas férias merecidas!

Conheça algumas dicas para diminuir os seus gastos e ter uma saúde financeira melhor:

  • defina um teto de gastos no cartão de crédito e fuja do cheque especial e do rotativo;
  • faça as suas refeições em casa (para o freelancer, essa dica é mais fácil de ser cumprida);
  • corte as despesas supérfluas do orçamento;
  • fuja das tarifas dos bancos (empresas como o Nubank oferecem contas gratuitas);
  • se tiver dívidas, negocie o pagamento e reduza as taxas de juros;
  • pesquise preços e acompanhe promoções para gastar menos.

Que tal colocar em prática o controle de gastos pessoais? Organizar todas as suas finanças é trabalhoso, mas você perceberá que esse cuidado será benéfico para o seu estilo de vida. A sensação de sobrar dinheiro no fim do mês é melhor do que faltar, então não custa nada (literalmente) mudar a sua mentalidade!

A Rock Content disponibiliza duas planilhas muito eficientes para organizar as suas finanças: a de controle de gastos e o controle financeiro para freelancers. Baixe gratuitamente e escape do aperto!

Planilha de Controle de Gastos MensaisPowered by Rock Convert