Por Amanda Veloso

Publicado em 14/02/2018. | Atualizado em 09/01/2019


Caprichar no corpo e no titulo do email é o primeiro passo para que seu email seja aberto.

O marketing por email percorreu um longo caminho nos últimos anos.

E se você acha que ele perdeu sua força, está bem enganado: 77,2% das empresas ainda adota essa estratégia, seja para aumentar o tráfego em seus blogs/sites, desenvolver um relacionamento com os leads ou mesmo oferecer algum novo produto.

Mas você sabe o que é engraçado? Uma mensagem bem escrita e com um conteúdo para email claro pode ter resultados tão bons (se não melhores) do que um email altamente projetado com toneladas de botões piscando.

Na verdade, não importa o quão sofisticados os emails marketing são; se eles estão desprovidos de conteúdo bem escrito, os assinantes deixarão de abrir — e começarão a excluir — as mensagens.

Então, como você pode escrever um excelente email de marketing? Tudo se resume a algumas práticas recomendadas de copywriting que você deve aplicar tanto à linha de assunto como ao próprio corpo da mensagem.

Pensando nisso, separamos abaixo 7 dicas de como elaborar um conteúdo para email matador! Da próxima vez que for redigir um, volte à nossa lista e veja se seu email cumpre todos os requisitos.

Conteúdo para email: como escrever um assunto chamativo

Nossas dicas de conteúdo para email começarão com alguns tópicos sobre a linha de assunto e depois passamos ao corpo da mensagem em si.

Parte de um conteúdo para email efetivo é conseguir escrever um assunto chamativo. A linha de assunto é como o gatekeeper (porteiro) do seu email: ninguém vai ler sua mensagem matadora se eles não estiverem interessados ​​o suficiente para abrir seu email em primeiro lugar.

Esse interesse é obtido quase que inteiramente na linha do assunto do email (com o nome do remetente também desempenhando um papel).

Aqui no blog da Comunidade já escrevemos algumas postagens sobre criar linhas de assunto de email. Abaixo, separamos uma destilação do que você precisa saber para escrever uma mensagem excelente.

1. Use linguagem acionável

Com linhas de assunto de email, o uso de linguagem acionável não significa necessariamente o uso de verbos, embora certamente ajude. Há maneiras de usar linguagem acionável sem depender de verbos, o que lhe dá mais espaço para brincar com a redação.

O segrego é usar uma linguagem que deixa claro para o destinatário o que eles podem fazer com a informação no email, se eles optarem por abri-lo. Em outras palavras, mantenha o valor para o usuário no topo das suas mentes.

2. Personalize sempre que possível

Os emails que são altamente segmentados tendem a ter níveis de desempenho mais altos — como taxa de abertura e taxa de cliques — que emails que não são personalizados.

Isso não é exatamente surpreendente. Afinal, quanto mais segmentada for sua lista de email, melhor você poderá personalizar a linha de assunto e fornecer conteúdo relevante para aquele destinatário.

Então, pergunte-se: existe uma maneira de tornar sua linha de assunto de email mais pessoal? E não estamos falando sobre a mala direta para inserir o primeiro nome da pessoa; pense em como criar um assunto que fale diretamente com alguma dor da persona que vai recebê-lo.

Conteúdo para email: como escrever o corpo da mensagem

Agora que você criou uma linha de assunto de email excelente, você tem a atenção total do seu público no corpo da sua mensagem de email. Então, como fazer um texto que os fará clicar? Aqui estão os componentes importantes que você precisa saber!

1. Estabeleça relevância

Assim como a linha de assunto de email deve se esforçar para estabelecer a relevância por meio da personalização, o corpo da mensagem também deve.

Novamente, é preciso mais do que apenas uma etiqueta de nome dinâmica para seu email convencer os leitores de que o que está dentro é relevante para eles. Então use o início do email para explicar como vocês se conhecem.

2. Escreva na segunda pessoa

Escrever na segunda pessoa deixa sua mensagem mais direta e pessoal, e ajuda a manter o foco no cliente e não na marca. Esta é uma tática sutil que ajuda você a manter o valor orientado, mas o próximo passo que estamos prestes a cobrir é crucial para atingir o ponto certo.

3. Fale sobre benefícios, não recursos

Você conhece o valor do seu email. Mas e o seu destinatário? Não, ainda não. E é seu trabalho explicar isso. O problema é que muitos emails apenas explicam o recurso que estão oferecendo, e não o benefício.

Imagine um email que chegue oferecendo 30% de desconto na licença de um software de gestão para empresas e coloque isso logo em destaque, mas não explique o valor por trás disso.

O que 30% de desconto nesse software faz para os objetivos da persona? Isso a permitirá ajustar as despesas de sua pequena empresa em custos de infraestrutura, liberando dinheiro para novos investimentos, por exemplo? Esse benefício é muito mais tangível do que 30% de desconto em relação a um custo não revelado.

4. Seja breve

Um dos piores erros que os redatores de email cometem é tentar empurrar todo o conteúdo que caberia em um blog post no corpo da mensagem.

Pense em quando você abre um email marketing na sua caixa de entrada. Você lê todas as palavras ali? Provavelmente não. É mais provável que você procure pontos importantes para que você possa coletar a mensagem geral e decidir se deseja tomar alguma ação.

Então, se você estiver enviando emails com centenas de palavras, você está tornando muito mais difícil para os destinatários decidir se eles querem clicar na CTA — simplesmente porque eles não podem examinar rapidamente todas as informações em seu email .

Em vez disso, encontre uma maneira de resumir o que o leitor obterá de forma convincente e deixá-los clicar em uma página em seu site para obter mais informações.

5. Use linguagem acionável em seu call to action

Isso mesmo: os emails também têm chamadas de ação (CTA). Bem, os bons têm. Em primeiro lugar, o seu call to action deve ser extremamente fácil de identificar. Lembre-se: se há uma coisa que você quer que seu destinatário veja, é a sua call to action.

Se você estiver enviando um email HTML, você pode decidir incluir um botão. Existem duas qualidades que tornam efetivo esse botão de chamada para ação:

  • Excelente design: um botão grande e brilhante se destaca no design e certamente não vai ser difícil de encontrar;
  • Excelente escrita: o conteúdo no botão é tão importante quanto o design. Seu botão de chamada para ação deve incluir uma linguagem sucinta, clara e orientada para a ação.

Mas também é crucial passar algum tempo otimizando seus emails de texto simples para chamadas de ação claras. Não importa o quão elegante o seu email HTML, nem todos os clientes de email renderizam suas imagens, e nem todos os destinatários de email escolherão exibi-las.

E você, está pronto para escrever um conteúdo para email ser efetivo? Que tal se tornar um redator Rock Content e desenvolver suas habilidade de copywriting? Se cadastre e comece a escrever sobre seus assuntos preferidos sem sair de casa!

banner levantada de mão redação

Posts populares com esse assunto