Por Raphael Saavedra

Jornalista, produtor de conteúdo e apaixonado por todo o tipo de informação.

Publicado em 29/08/2019. | Atualizado em 30/08/2019


Não sabe como usar o Guiabolso? Produzimos um guia (com imagens) para você se cadastrar e aproveitar as suas funcionalidades!

O desenvolvimento da tecnologia tem como objetivo principal melhorar a qualidade de vida das pessoas. Uma das suas aplicações mais práticas é no controle das finanças pessoais, que é algo em que os brasileiros deixam a desejar. Por isso, saber como usar o Guiabolso pode ser um auxílio para organizar o seu orçamento.

Esse aplicativo é um dos mais utilizados e conta com sincronização bancária. O usuário não precisa listar todos os seus gastos, pois eles são inseridos e categorizados automaticamente. Dessa forma, é possível acompanhar a fatura do cartão de crédito todo mês e ver em quais áreas pode-se economizar.

Preparamos um material para você conhecer melhor o Guiabolso e entender como ele pode ser útil na sua rotina. Confira!

Como surgiu o Guiabolso?

O site Guiabolso foi lançado oficialmente em 2014 e, no mesmo ano, foi desenvolvido o aplicativo para iOS (a versão Android surgiu em 2015). O foco do serviço, que é gratuito, é descomplicar a vida financeira do usuário e melhorar o seu controle do orçamento, com uma interface simples e intuitiva.

Além desse serviço principal, o Guiabolso oferece uma plataforma de crédito com juros mais baixos para diminuir o endividamento da população. Também há o desenvolvimento de soluções de Inteligência Artificial (IA) para aconselhar o cliente a cuidar bem do seu dinheiro.

Essa empresa é vista como uma das mais promissoras do país e apontada como um futuro unicórnio (companhias que alcançam US$ 1 bilhão de valor de mercado). Ao todo, são mais de 3,8 milhões de usuários e R$ 215 milhões de investimentos captados, incluindo o fundo Ribbit Capital, do Vale do Silício (EUA).

Powered by Rock Convert

Quais são as vantagens desse recurso?

O planejamento financeiro é um problema real entre os brasileiros. O número de pessoas que controlam as suas finanças cresceu em 2018, mas fica apenas em 63%, segundo dados do CNDL, SPC e BACEN. Isso pode ser apontado como uma explicação para os endividados ultrapassarem os 63 milhões.

Na mesma pesquisa, há um dado curioso: o método de controle preferido é o caderno de anotações (33%), seguido das planilhas (20%) e dos aplicativos (10%). A diferença é que as soluções tecnológicas são mais práticas e fazem as contas automaticamente, o que diminui o trabalho e impede erros.

Os aplicativos financeiros, como o Guiabolso, têm uma interface simples que aponta o saldo atual, o andamento da fatura do cartão de crédito e as últimas movimentações. Essas informações são relevantes para saber quanto é possível gastar até o fim do mês sem se endividar.

O freelancer, que não recebe um salário fixo, precisa ter um controle mais rígido das suas contas, até porque os boletos não deixam de chegar (infelizmente). Esse recurso permite estabelecer metas, que são os seus objetivos financeiros para os próximos meses e anos. Que tal uma viagem em 2020?

Quais são as funcionalidades do Guiabolso?

A principal funcionalidade do Guiabolso é acompanhar a evolução do seu patrimônio. Com o aplicativo, você pode olhar o seu saldo atual, colocar quanto ganha mensalmente e ver quanto será preciso para pagar todas as despesas. Tudo isso é feito automaticamente pela sincronização com a conta bancária.

O usuário pode cadastrar mais de um banco — se tiver conta no Bradesco e no Itaú, por exemplo — e também fazer alterações manuais, como dinheiro em espécie. Isso garante uma visualização mais completa das suas finanças, sem precisar entrar em cada instituição para ver o seu saldo.

Outra opção interessante é estabelecer metas financeiras, como comprar um carro ou juntar dinheiro para investir. Depois de cadastrar esse objetivo, o sistema mostra quanto falta para você alcançá-lo e também emite alertas quando alguma movimentação fora do padrão ocorre na sua conta.

Na lista de movimentações financeiras, a categorização de despesas permite que o usuário veja quais são as áreas em que mais gasta, como bares e restaurantes. Munido dessas informações, o aplicativo gera um gráfico interativo com as categorias e mostra como o usuário pode maneirar.

Para as pessoas que têm dívidas ou dificuldades para manter as finanças em dia, a consulta ao CPF mostra se o seu nome está negativado e o seu score de crédito. Além disso, é possível solicitar um empréstimo com juros mais baixos, o que é recomendado para quem tem fatura de cartão de crédito ou cheque especial em atraso.

Aproveite para conferir outros conteúdos sobre Finanças Pessoais! 💰
Como reduzir gastos: 5 dicas para sair do vermelho!
Bolsa de Valores: o que é, como funciona, principais mitos e verdades
Como investir meu dinheiro: o guia básico para começar agora
10 Franquias Baratas e de Sucesso para você investir em 2019!
Como investir na bolsa de valores com pouco dinheiro: 4 dicas práticas

Como utilizar o aplicativo?

De nada adianta o aplicativo ter vantagens se você não souber como usá-lo, certo? Para ajudar nessa tarefa, fizemos uma lista dos passos necessários para aproveitar os seus recursos. 

Faça o cadastro

como usar o guia bolso

Para fazer o cadastro, é necessário baixar o aplicativo no seu celular. O primeiro passo é digitar o seu e-mail e número de celular e criar uma senha.

Sincronize a conta bancária

como usar o guiabolso

O segundo passo é escolher uma das opções de banco para fazer a sincronização — o sistema pede o número da conta e a senha do Internet Banking. A proteção dos dados é a mesma dos aplicativos das instituições e o Guiabolso só pode acessar o extrato e a fatura do cartão de crédito.

Consulte o saldo

como usar o guiabolso

Na página inicial do aplicativo, aparece o seu saldo atual e o valor da fatura do cartão de crédito. Ao lado, você acompanha todas as entradas e saídas e, ao selecionar cada movimentação, é possível categorizar as despesas.

Confira os gráficos

como usar o guiabolso

O dashboard do Guiabolso demonstra os gastos mais comuns, como alimentação e transporte. Essa informação é valiosa para você entender as áreas mais críticas do seu orçamento e encontrar maneiras de economizar.

Conheça as outras funcionalidades

como usar o guiabolso

Além do controle financeiro, na parte inferior é possível pedir um empréstimo ou consultar o seu CPF (gratuitamente). Segundo os fundadores do aplicativo, todas as ofertas de crédito são mais baixas do que a média do mercado.

Agora que você sabe como usar o Guiabolso, baixe o aplicativo e comece a gerir melhor o seu orçamento. Lembre-se de que a simples utilização do recurso não melhora o seu controle de gastos, então, é fundamental realizar um planejamento financeiro e projetar a sua renda para fugir das dívidas.

A planilha de controle financeiro para freelancers é um excelente complemento para o aplicativo, já que é voltada para o profissional que precisa cumprir prazos e administrar os seus clientes. Baixe a sua versão e aproveite!

Planilha de Controle FinanceiroPowered by Rock Convert

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *