Redação na estrada- como trabalhar e viajar

Redação na estrada: como trabalhar e viajar pelo mundo?

Powered by Rock Convert

Quem trabalha como redator sabe que, para conquistar seus sonhos, ser produtivo é fundamental. Segundo Confúcio, “Todas as boas coisas são difíceis de serem encontradas; e as más coisas são muitos simples de serem obtidas” e essa regra válida também para os conteúdos online.

Imersão Freelancer - maior curso online gratuito do BrasilPowered by Rock Convert

Quem trabalha como redator sabe que, para conquistar seus sonhos, ser produtivo é fundamental. Segundo Confúcio, “Todas as boas coisas são difíceis de serem encontradas; e as más coisas são muitos simples de serem obtidas” e essa regra válida também para os conteúdos online.

Redações de valor não são fáceis de serem encontradas, redatores capazes de criá-las também não. Portanto, se você é um produtor de conteúdo, para dar conta de todas as demandas e conquistar o rendimento desejado, é preciso se destacar no mercado!

Além das habilidades individuais, fatores como a organização e o ambiente de trabalho influem na produtividade. Consequentemente, a qualidade dos seus textos também é afetada quando o local de trabalho é ruim ou quando seus prazos são preocupantes.

Hábitos diários, como o tempo mínimo de sono e a prática de exercícios também são fundamentais para equilibrar a mente e o corpo. No longo prazo, a falta de qualidade de vida no trabalho certamente vai prejudicar o conteúdo que você produz, reduzindo seu valor agregado.

Por isso, é essencial poder visitar lugares diferentes, conhecer novas pessoas, exercitar-se bastante e viver novas experiências! E uma das melhores formas de fazer isso é viajando.

Se você está saindo de férias, ou planejando uma viagem prolongada, manter-se trabalhando enquanto viaja pode garantir sua qualidade de vida enquanto estiver fora.

A vantagem de ser um redator, sobretudo se for um profissional freelancer, é que o trabalho presencial muitas vezes é dispensável, permitindo que pessoas se aventurem sem precisar parar de produzir.

Se você é um nômade digital que não quer abrir mão dos trabalhos de redação, saiba como aproveitar as viagens sem perder a produtividade:

É possível trabalhar e aproveitar a viagem

Ao viajar, manter a eficiência não significa se trancar dentro do seu hotel ou acomodação. É possível, sim, aproveitar a sua viagem e não deixar de trabalhar.

Para isso, você precisa encontrar o seu próprio ritmo, criar um cronograma — e segui-lo! Claro que não existe uma fórmula para o sucesso, pois cada pessoa trabalha de uma forma diferente. No entanto, existem alguns procedimentos que você pode fazer para ajudar. São eles:

Escreva nas primeiras horas da manhã

Imagine a seguinte situação: você passou o dia todo visitando pontos turísticos e passeando pela cidade. Será que ainda restará disposição (ou até mesmo tempo) para escrever ao final do dia?

Se sua resposta foi negativa, usar a parte da manhã para redigir é uma boa opção para se divertir sem preocupações. A preocupação é um estado mental cansativo, que pode atrapalhar seus programas e passeios.

Embora essa não seja a hora do dia preferida por todos, é o momento do dia em que o corpo está mais descansado. Com um bocado de disciplina, essa prática se torna um hábito e você se torna mais produtivo!

Descobrimos um freelancer nômade digital em nossa base! E não a toa, foi ele quem escreveu este conteúdo que você está lendo. Ficamos bem curiosos sobre a história do Renato Ribeiro e, então, o convidamos para um webinar exclusivo!
 
Ele contou sobre o início de sua trajetória, os desafios enfrentados, vários fatores que o ajudaram a se motivar, além de dicas e hacks que vão te inspirar a seguir o nomadismo. Para assistir, é só preencher o form abaixo antes de seguir com a leitura! 🙂


Escolha alguns dias da semana para trabalhar

Rotina é a palavra de ordem quando falamos em produtividade, principalmente quando você está com o pé na estrada. Cumprir com as obrigações diárias, antes de se dedicar ao lazer, é um indicador de saúde profissional e financeira.

Por isso, além de separar uma parte do dia para os seus textos, é muito importante que você defina em quais dias da semana vai trabalhar e em quais vai se desconectar totalmente.

Ficar alguns dias offline e relaxar é determinante para recarregar a energia, aproveitar a viagem e, acredite ou não, ser mais ágil ao escrever.

Entenda o seu ritmo

Algumas pessoas conseguem escrever textos enormes em apenas algumas horas, enquanto outras demoram um pouco mais. Não há uma velocidade certa ou errada para escrever, uma vez que, independentemente do tempo de produção, o texto precisa ter qualidade.

No entanto, é importante conhecer qual é o seu ritmo e analisar se ele satisfaz as suas demandas. Essa é uma informação necessária para avaliar o equilíbrio entre trabalho e folga, para então definir a quantidade de trabalhos que você consegue pegar de uma vez, ou quantos você precisa completar por dia, semana, mês etc.

Determine prazos

Suponha que você escolheu trabalhar na parte da manhã, de terça a sábado. Feito isso, ainda sim é importante estabelecer prazos para cada atividade. Isso evita que você comece a escrever um texto logo cedo e só termine ao final do dia.

Com os períodos determinados, é possível estimar quanto tempo há para a conclusão de cada tarefa, deixando o seu cronograma bem definido. Dessa forma, não há chances de ficar adiando o que precisa ser feito.

Não queira fazer tudo de uma vez

Às vezes queremos abraçar o mundo, achando que se recusarmos algum trabalho perderemos dinheiro ou construiremos uma imagem profissional negativa. No entanto, é preciso saber escolher os trabalhos certos.

Alguns clientes costumam pagar muito bem, mas você sabe que aquela tarefa pode ser uma grande dor de cabeça e tomar tempo demais.

Será que não vale a pena trocar esse trabalho por um mais agradável e rápido, ainda que pague um pouco menos?

Muitas vezes, priorizar as atividades agindo dessa forma compensa mais do que focar apenas no dinheiro. Lembre-se que o valor das coisas é subjetivo, relações ruins têm um custo implícito que não consta em contratos e propostas.

Construa a sua reputação

Construir uma boa reputação com os seus clientes, ser uma pessoa confiável e entregar materiais de qualidade geram autoridade no mercado de trabalho.

Quando o cliente sabe que seus textos dão resultados, as chances de você realizar muitas alterações, ou ter de reescrever o material, são mínimas. Isso significa mais tempo para aproveitar a viagem.

Crie o seu cantinho do trabalho

Quando estamos em viagem, pode ser difícil ter à disposição uma mesa de trabalho e um local sossegado para escrever, principalmente quando passamos por diferentes cidades.

Ainda assim, é importante que você escolha um local confortável e tranquilo para escrever. Ter o seu cantinho de trabalho, mesmo que ele mude de cidade para cidade, ajuda o seu cérebro a estabelecer uma rotina e faz com que você seja mais produtivo, evitando distrações com o que acontece em sua volta.

Você pode pesquisar com antecedência um local de trabalho possível. Hoje, existem plataformas como o Desks Near Me, que encontra mesas, escritórios e salas de trabalho compartilhados.

Serviços de acomodação também podem incluir um espaço ou cômodo de trabalho. Esse cantinho pode ser alguma área no hotel ou na casa em que se está hospedado, um café ou, até mesmo, ao ar livre. O que vale é escolher um local em que você se sinta à vontade e inspirado.

Viu só como é possível viajar sem deixar o seu trabalho como redator de lado? Com um pouco de planejamento você pode realizar todas as suas atividades e ainda aproveitar a viagem!

O mais importante é encontrar o seu próprio ritmo e descobrir em quais horários você funciona melhor. Mantenha o foco em concluir os textos e não perder a qualidade. Dessa forma, você conseguirá conciliar tudo o que precisa ser feito.

Gostou das nossas dicas sobre produtividade de redação? Então não deixe de curtir a nossa página no Facebook e acompanhar muito mais artigos e novidades sobre o tema!