Por Samanta Jovana

Redatora da Comunidade Rock Content.

Publicado em 11/12/2017. | Atualizado em 26/10/2018


Para ser um escritor e — acima de tudo —, um escritor de sucesso, é preciso aprender constantemente por meio da leitura e da escrita. Além disso, criar uma rede de contatos e atrair o seu público na web são passos fundamentais. Descubra agora.

Então você quer se tornar um escritor profissional. Mas ainda assim, tem dificuldade e não sabe exatamente por onde começar. É provável que a esta altura do campeonato já tenha entrado no Google uma centena de vezes e digitado “como ser um escritor”.

Todavia, até agora não encontrou um artigo que, de fato, pudesse lhe ajudar. A verdade é que existem muitas formas de entrar na carreira de escritor. E nenhuma delas é mais ou menos certa do que a outra.

Algumas pessoas percebem que gostam de trabalhar com textos logo no colégio. Enquanto a outras uma experiência profissional com a produção de conteúdo, por exemplo, é necessária para ativar essa vontade. Qualquer que seja o motivo que lhe inspirou a aspirar essa carreira, porém, sabemos que ele é válido.

O que está faltando agora são apenas as orientações certas para transformar você em um escritor de verdade. Por isso, reunimos aqui as principais dicas que todo escritor deveria ler antes de ingressar na profissão.

1. Torne-se um leitor melhor

O primeiro passo para se tornar um escritor pode não parecer tão óbvio assim. E é se tornar um leitor melhor.

Mas como (e por que) isso deve ser feito? Primeiramente devemos considerar o óbvio: todos os grandes escritores que você conhece são ávidos leitores.

Eles não tem nenhuma preguiça quando encontram uma nova obra pela sua frente. E, mesmo que não gostem dela completamente, não param a sua leitura sem a terminar. Isso é um diferencial e, basicamente, uma questão de mentalidade.

Você precisa estar preparado para consumir livros de uma forma diferente a partir do momento em que decidir se tornar um escritor. Eles não serão mais apenas uma fonte de divertimento e sim uma maneira de atualizar as suas capacidades. Claro que uma boa história sempre o levará a experimentar muitas sensações, mas o aspecto formal da leitura passará a ser a coisa mais importante para você.

Ler bastante é uma maneira de internalizar regras gramaticais, um bom vocabulário e conceber ideias para os seus próprios escritor. Por isso, chegamos ao “como”.

O que é que você pode fazer para se tornar um leitor melhor? A resposta também não é nenhum teorema científico. Basta ler.

Sem preconceitos e com dedicação, absorver todos os materiais com que você tiver contato. Assim, quando chegar o momento de sentar-se para escrever as ideias simplesmente fluirão.

2. Escreva todos os dias

Outra dica quase óbvia, mas sempre necessária, que podemos dar a escritores iniciantes que desejam se profissionalizar é esta. A de que eles devem escrever todos os dias.

Pode ser que nem sempre você se sinta inspirado ou com vontade de criar textos, poemas, artigos ou o que quer que seja que você escreve. Mas é importante que este se torne um exercício diário para você.

Já reparou que logo que começamos a praticar um esporte ou frequentar a academia temos muita dificuldade? Entretanto, conforme os dias vão transcorrendo vamos ficando melhores nisso. E eventualmente acabamos sentindo até mesmo a necessidade de nos exercitar.

Com a escrita acontece basicamente a mesma coisa. E se você conferir a biografia do seu escritor favorito, provavelmente se deparará com este hábito lá. Escrever todos os dias nos ajuda também a mantermo-nos motivados, o que é uma parte importante de se tornar um escritor.

3. Comece um curso de escrita criativa

Você já ouviu falar em cursos de escrita criativa? Eles estão disponíveis em todos os formatos. E alguns deles são ministrados completamente pela internet.

Em comum todos têm uma coisa: eles são capazes de levar a sua escrita a outro nível. Quando ficamos muito tempo produzindo conteúdo apenas para nós mesmos, a verdade é que raramente enfrentamos desafios. Mas em um curso de escrita criativa as coisas são muito diferentes.

Seu instrutor trará semanalmente novas propostas, formatos e abordagens que farão com que você pense fora da caixa. E isso vai ajudá-lo a escrever muito melhor, se tornar um profissional mais dinâmico e até mesmo mais criativo.

Então, se você quiser se tornar um escritor profissional leve essa dica a sério. Procure transformar a sua escrita em um ato social.

Quando escrevemos apenas para nós mesmos, a tendência é que fiquemos sempre satisfeitos ou insatisfeitos demais com os resultados. Já quando incluímos outras pessoas neste hábito podemos aprender muito com o que elas pensam da nossa escrita. E isso é valioso para qualquer profissional.

Guia da escrita criativa

4. Crie seu próprio blog

Outra forma de transformar a sua escrita em algo social é esta. Começando um blog. Uma página na internet vai lhe conquistar alguns leitores e muitos críticos.

Isso é ótimo. Quanto mais opiniões você puder ter sobre aquilo que produz, maiores são as chances de ficar melhor nisso.

A internet ainda tem outra vantagem: caso você não queira se expor, pode produzir todas as suas peças sob um pseudônimo.

5. Faça um diário

Este hábito da adolescência pode nos ajudar muito quando nos enveredamos pelo universo da escrita profissional. Começar um diário é uma forma de avaliar o seu próprio progresso e, com o passar dos anos, um termômetro das suas habilidades.

Será mais fácil com um diário perceber, por exemplo, se o seu estilo de escrita mudou com o passar dos anos. Será também possível entender como o seu humor influencia a sua produção de conteúdo.

6. Desenvolva amizades com outros escritores

Embora networking seja algo positivo, não é exatamente sobre isso que estamos falando aqui. Desenvolver amizades com outros escritores é uma ótima ideia sob um aspecto de extrema importância. São eles que conseguirão fazer uma crítica honesta ao seu trabalho.

Lembra que ao longo desse texto frisamos a importância de ouvir a opinião dos outros? É isso mesmo que você obterá na sua amizade com outros escritores. Alguém em cuja opinião você confia e que pode lhe orientar a respeito de como melhorar.

Se puder, preferencialmente, busque a amizade de escritores profissionais mais experientes que você. Assim, todo o feedback recebido será composto de dicas testadas e aprovadas pelo tempo.

7. Descubra porque você quer se tornar um escritor

Por último, indicamos que você se dedique um pouco a introspecção. Afinal, o mero fato de querer se tornar um escritor pode ser indicativo do que você deveria fazer para chegar lá. Não conseguiu entender?

Vamos explicar. Muitas pessoas começam a escrever, por exemplo, porque gostam muito de uma determinada obra de ficção e gostariam de produzir algo tão bom quanto. A essas pessoas, um caminho é desenhado de forma clara porque sua vocação nasce do próprio desejo.

O mesmo acontece para aquelas que se interessam pela profissão por qualquer outro motivo. O que queremos dizer, portanto, é que descobrir como ser um escritor dependerá muito de você.

Pense bem naquilo que o motivou a entrar nessa carreira. E direcione os seus esforços para conseguir chegar lá.

Não há uma única resposta para a pergunta como ser um escritor. Mas há, definitivamente, uma série de passos que você pode seguir para se firmar nessa profissão. Esperamos que as dicas contidas aqui possam lhe ajudar nisso.

Lhe falta oportunidade e por isso você não sabe como ser um escritor? Inscreva-se agora mesmo na Plataforma Rock Content e comece a produzir conteúdo para marcas de todo o Brasil!

Um redator rock content!

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *