Por Mateus Pimenta

Redator e revisor web, leitor profissional e aspirante a Jedi consular.

Publicado em 24/03/2021. | Atualizado em 16/03/2021


Se você quer saber como organizar suas tarefas, tenha em mente que elas podem ser divididas entre as categorias pessoal, financeira e profissional. Organizar sua vida pode aumentar não só a sua produtividade, mas também a sua saúde física e mental. Veja como fazer isso!

O personagem Monk, detetive particular com transtorno obsessivo compulsivo, sempre deixa seus clientes impressionados com a sua capacidade de observação. Mas ele diz: “É uma bênção e uma maldição”. Os freelancers também têm algo que pode ser uma bênção e uma maldição: a liberdade de organizar a rotina como quiserem.

Depois de abandonar seu emprego e profissionalizar sua carreira freelancer, você pode organizar sua agenda como der na telha. Pode trabalhar de manhã, de tarde e de noite, e até mesmo de madrugada. Pode ganhar um dinheiro a mais trabalhando aos fins de semana se quiser. Pode até ficar sem dormir se aguentar. Mas será que um ritmo assim é sustentável no longo prazo?

Não é. Se você não souber como organizar suas tarefas, sua saúde mental e física vai pagar um alto preço mais cedo ou mais tarde. Trabalhadores autônomos geralmente têm muita dificuldade para organizar suas tarefas, ainda mais por acumularem em si mesmos todos os setores de uma empresa. O problema é que isso pode levar a problemas como estresse, ansiedade e depressão.

Eu mesmo tenho aprimorado minha programação para ser produtivo e, ainda, me manter saudável, e é sobre isso que você vai ler nos tópicos a seguir. Separei algumas sugestões de como nós, freelancers, podemos organizar as esferas pessoal, financeira e profissional da nossa vida. Continue lendo e aproveite as dicas!

Vida pessoal

Vamos começar conversando sobre como ter uma vida pessoal mais equilibrada. Para os freelas que trabalham e estudam, essa gestão de tempo pode ser desafiadora. Mas se você conseguir organizar sua rotina pessoal direitinho, a sua qualidade de vida vai ganhar um upgrade. Veja as dicas que separei.

Tire tempo para descansar

Li em algum lugar que dormir é um bom modo de aproveitar o tempo. E como isso faz sentido! Às vezes, acabamos trabalhando até tarde, seja porque pegamos serviços além da conta ou procrastinamos durante o expediente.

Aí, acabamos indo dormir tarde, e temos que escolher entre dormir pouco para acordar na hora certa ou simplesmente acordar mais tarde, atrasando o trabalho do dia seguinte. Qualquer que seja o caso, isso vai acabar nos prejudicando.

Por isso, organize sua rotina de um modo que sobre tempo para o descanso. Isso inclui tirar períodos maiores de folga, conhecidos também como férias. Para isso, você poderia separar um valor extra no decorrer de alguns meses para custear os dias sem trabalho.

Eu fiz isso em dezembro de 2020. Trabalhei um pouco mais em outubro e novembro para custear meus 10 dias parados em dezembro. Eu andava meio cansado e estressado, mas voltei com tudo em janeiro.

Tire tempo para desenvolver novas habilidades

Quer ver uma coisa que dá satisfação e enche nosso coração de alegria? Desenvolver uma habilidade nova. Mas não estou falando de habilidades profissionais não. Me refiro a coisas como aprender a desenhar personagens de mangá com a ajuda de algum curso da Udemy. Ou aprender a fazer doces em calda. Ou aprender a adestrar o seu cachorro.

É verdade que é importante estudar para você se tornar um profissional melhor. Mas é bom tirar tempo para aprender outras coisas. Assim, você não fica com aquela sensação de que está vivendo só para trabalhar.

Aproveite bem o tempo livre

Você já entendeu que é importante tirar tempo para assuntos particulares. Mas é preciso ter cuidado para não jogar esse tempo fora. É isso que acontece quando tiramos uma folguinha e de repente nos pegamos rolando o feed do Instagram por um tempão.

Tudo bem, dependendo da situação, redes sociais podem ajudar a espairecer. Mas rolar feeds só por rolar geralmente causa uma sensação desagradável de tempo perdido. Bate um arrependimento e a gente fica pensando: “eu podia ter lido um livro”, “eu podia ter dado uma voltinha por aí”, “eu podia ter assistido Brooklin 99 pra dar umas boas risadas”.

Por isso, tome cuidado para não matar o tempo que era para ser usado para o descanso.

Tome cuidado com as telas

Telas cansam. Nós ficamos o dia inteirinho olhando para o computador, às vezes revezando com a tela do celular. Na hora do almoço, vamos para a televisão. À noite, se bobear, ficamos grudados no celular até a hora de dormir.

Isso não só cansa os olhos como também prejudica a produção de melatonina, a fofa que nos faz sentir sono. À noite, eu prefiro evitar o celular. Dependendo das mensagens que chegam, eu olho a notificação e deixo para responder só no outro dia. Acho melhor passar um tempo lendo para ir dormir já com a mente relaxada.

Vida financeira

Problemas nessa área causam muito estresse. Se você está no sufoco financeiro, talvez seu sono e seu emocional estejam sendo afetados. Problemas relacionados com dinheiro também são uma beleza para causar discussões em casa. Por isso, veja algumas dicas para levar uma vida financeira mais organizada.

Separe as finanças pessoais e as profissionais

É obrigatório separar as finanças pessoais e as profissionais? Não. Mas é bom fazer isso? Não é bom; é ótimo. Isso permite fazer um controle que pode fazer uma grande diferença na nossa vida financeira. Vou contar como é que eu organizo essa parte.

Tenho duas contas no Banco Inter: uma de pessoa física e outra de pessoa jurídica. Quando saí do meu emprego em 2019, depositei R$1 mil na minha conta PJ, e resolvi chamar esse valor de capital de giro.

Os clientes vão me pagando no decorrer do mês na conta PJ e o dinheiro vai ficando lá guardadinho. No dia 30 eu transfiro meu salário, que é variável e equivale a tudo que produzi no mês. Não importa se algum freguês atrasou o pagamento, porque minha reserva está lá para me ajudar nisso mesmo.

Eu me organizo para passar o mês com o meu salário, sem usar o dinheiro da firma. Não fico contando com um pagamento de cliente no meio do mês para pagar a fatura do cartão. Meu custo de vida tem que caber no meu salário e pronto, acabou. Está dando muito certo desse jeito.

Organize sua vida financeira

Se você não sabe quanto deve e quanto ganha, é melhor organizar a sua vida financeira. Faça uma planilha no Excel ou no Google Planilhas, e liste suas receitas e despesas. Faça isso para o mês atual e para os meses à frente.

Pegue a fatura do cartão, veja o que você deve e lance todas as parcelas na planilha para fazer uma projeção de como estará sua situação nos meses seguintes. Se você está no positivo, beleza! Tente adiantar o pagamento dessas contas parceladas para se livrar dessa anarquia logo. O bom é ficar só com as contas do mês para ter dinheiro para investir.

Se você tem dívidas, pense numa maneira de pagá-las. Comece por aquelas que têm juros mais altos, como o cheque especial e o cartão de crédito. Veja onde dá para economizar para fazer sobrar dinheiro para isso. Se essa economia não for suficiente, pode ser preciso trabalhar um pouco mais até você conseguir pagar o que deve.

À medida que sua vida financeira se organiza, crie novos hábitos de consumo. Isso vai fazer com que essa organização seja sustentável no longo prazo.

Junte uma reserva de emergência

Ter um fundo de emergência é algo fundamental para a paz de espírito. Tendo essa reserva, você não precisa se preocupar tanto com a possibilidade de não haver trabalho amanhã ou no mês que vem. Afinal, sua reserva estará lá para quando você precisar.

Em fevereiro de 2021, meu pai precisou ser internado às pressas porque o coração e os rins dele estavam parando de funcionar. Naqueles dias, eu fiquei uns 10 dias sem trabalhar para poder acompanhá-lo. Assim que a situação ficou controlada, meu cachorro teve erliquiose e eu precisei gastar um monte de dinheiro com os medicamentos.

O que me socorreu foi a reserva de emergência. Não precisei daquele raio de cheque especial nem do rotativo do cartão de crédito. Evitei me endividar e minha paz de espírito está aí numa boa.

Crie fontes de renda passiva

Uma maneira de ter fontes de renda passiva é criar produtos digitais, como ebooks e cursos online. Eu tenho algumas ideias nesse sentido, e espero concretizá-las no médio prazo.

Outro modo de obter uma renda passiva é recorrer ao mercado financeiro. Você pode comprar ações de empresas que sejam boas pagadoras de dividendos. Alguns fundos imobiliários também fazem essa distribuição de lucros. Com esses ativos na sua carteira, você pode receber esse dinheirinho regularmente.

Já pensou nisso? Ter uma renda passiva é uma forma de fazer o seu dinheiro trabalhar para você. Dependendo da sua disciplina em comprar esses ativos a partir de agora, esses dividendos podem gerar uma renda passiva interessante quando você se aposentar.

Vida profissional

Agora é hora de falarmos sobre como levar uma vida profissional organizada. Já experimentei um tantão de métodos — e certamente ainda vou experimentar mais um monte. Mas vou mostrar para você o que já aprendi até agora.

Organize o ambiente de trabalho

Para você trabalhar bem, seu ambiente de trabalho precisa estar bem organizado. Por algum tempo, meu home office foi meio improvisado, já que, quando comecei minha vida freelancer, eu estava com a grana meio curta.

Mas o tempo passou e as coisas melhoraram. Aí, comprei uma estante de 1,40 m e uma mesa de 1,50 m. Agora tenho espaço suficiente para organizar tudo o que preciso no dia a dia.

Tenho um pequeno gaveteiro, um porta-canetas, uma luminária de mesa e um ring light. Minha leitura em andamento também fica sobre a mesa. Quanto aos meus livros, estão todos bem organizados na estante. Sinto que esse ambiente organizado contribui para a organização da minha mente e da minha rotina.

Powered by Rock Convert

Estabeleça metas de produção

Quando você não sabe a que porto quer chegar, não importa para onde o vento sopra. Por isso, defina metas bem claras, como quanto você quer ganhar por mês, por semana, por dia e por hora.

Isso é fundamental para você ter previsibilidade na sua renda. Enquanto você estiver batendo suas metas diárias e semanais, tudo vai dar certo no final do mês e do ano.

Use a metodologia OKR para alcançar suas metas!Powered by Rock Convert

Defina indicadores e acompanhe-os

É bom definir indicadores e acompanhá-los para analisar a sua produtividade e o seu progresso. Eu faço isso com a ajuda da minha planilha de produção. Quer conhecê-la?

No primeiro campo branco, eu coloco quanto quero produzir no mês. Aqui no exemplo, inseri R$4 mil. Nos campos cor de laranja que estão na sequência, eu vejo quanto tenho que produzir por semana, por dia e por hora. Dá para ver também quanto estou produzindo em cada semana e quanto falta para bater a meta.

Quando digito o valor da tarefa e o horário de início, já fico sabendo a que horas preciso terminar. Existem outras informações úteis, como o tempo ideal para terminar o job, quanto tempo gastei e quanto tempo adiantado — ou atrasado — terminei a tarefa.

Minha planilha também me mostra quantos reais produzi no dia, quantas horas trabalhei e quanto ganhei por hora, que é o principal indicador para mim. Quanto maior é esse valor, melhor.

É esse acompanhamento sistemático que faz a gente evoluir em produtividade. Experimente fazer algo parecido. Sua planilha não precisa ter as mesmas informações que a minha. O importante é acompanhar de perto o seu trabalho e saber o que precisa ser melhorado.

Dome a procrastinação

A procrastinação, como dizemos aqui em Minas, é um trem custoso. A gente não apenas sabe o quanto ela é prejudicial como também conhece métodos para vencê-la. A dificuldade é colocar em prática o que a gente sabe.

O método GTD (Get Things Done), por exemplo, pode ajudar você a fazer o que precisa ser feito. Ele se baseia em cinco etapas: capturar, esclarecer, organizar, refletir e engajar.

Mas o que mais tem me ajudado é o método Pomodoro. Com ele, eu trabalho superfocado por 25 minutos, e depois deito no sofá para ver mensagens no celular ou ler por 5 minutos. Com isso, eu tenho domado o monstro da procrastinação e perdido menos tempo no expediente, o que está me ajudando a não encerrar o serviço muito tarde.

Com essas dicas de como organizar suas tarefas, você vai conseguir levar uma rotina mais equilibrada. É claro, pode ser preciso adaptar algumas dessas sugestões para a sua realidade. Mas o importante é trabalhar com organização para ter mais produtividade e menos estresse.

Para isso, um planner cairia bem, não é verdade? Baixe o Planner 2021 da Comunidade Rock Content e tenha agenda, bullet journal, calendário, rascunhos e listas em um só lugar!

Planner 2021Powered by Rock Convert

Nota do editor: este artigo forma parte da Coluna dos Embaixadores, espaço no qual os embaixadores da Comunidade Rock Content compartilham seu conhecimento com o mundo. Atualmente o programa de embaixadores está sendo reformulado. Em breve teremos novidades!

Pauta: Katiuscia Couto
Redação: Mateus Pimenta
Revisão: Allan Menezes

Posts populares com esse assunto