como montar o seu portfólio

Como montar o seu portfólio como produtor de conteúdo

Quer montar um portfólio, mas não sabe por onde começar? Aprenda aqui a montar o seu!

Viver na economia sob demanda exige que os profissionais façam a gestão de seus trabalhos como se fossem empresas — o que, em alguns casos, realmente são —, ou seja, manter o financeiro em dia, produção otimizada, relacionamento de qualidade com o cliente e, claro, marketing para:

  • captar novos clientes;
  • valorizar seus diferenciais em relação aos demais freelancers do mercado; e
  • manter seus contatos atualizados sobre suas novidades e evoluções profissionais.

Mas como ter sucesso na área?

Grande parte do sucesso de um produtor de conteúdo pode ser explicado por um bom portfólio. Nele deve constar as informações necessárias para que os potenciais clientes vejam valor no serviço oferecido.

Pensando no documento e na necessidade dos freelancers, apresentamos o ebook “Como montar o seu portfólio”!

Confira as principais funções desse material.

1. Conquistar novos segmentos e clientes

Um portfólio não é oferecido apenas quando requisitado e pode ser disponibilizado em plataformas ou ficar em anexo em um blog. Isto é, ele pode ser uma ferramenta eficiente de captação de clientes.

Pensando estrategicamente, inclusive, também pode ser elaborado de acordo com o perfil do público que o profissional deseja atingir.

Explicando melhor, se um produtor de conteúdo ou fotógrafo desejam atrair artesãos que querem promover seus produtos nas mídias sociais, podem formatar um portfólio totalmente direcionado para essa área, descartando, por exemplo, trabalhos que tenham feito para empresas de TI.

2. Mapear as necessidades e pedidos dos clientes

Uma vez que os clientes já foram captados e se identificaram com seu trabalho, seu portfólio pode ser uma ferramenta para direcionar os pedidos de personalização do novo trabalho.

Com todo seu potencial criativo e técnico nos trabalhos do portfólio, o novo cliente pode apontar quais jobs se identificam com o que ele está à procura, por isso, nesse momento, uma boa variedade pode ser valiosa.

3. Ajudar na precificação dos serviços

Um portfólio bem elaborado e o mix de trabalhos apresentados é essencial para demonstrar alguns diferenciais do produtor de conteúdo.

Para isso, além de textos publicados, seus desempenhos nas redes sociais, volume de engajamento e performance nos buscadores, por exemplo, demonstram claramente que o trabalho é orientado para sua otimização.

As habilidades, cursos realizados, formação acadêmica, outros conhecimentos e experiências que são utilizadas na hora do trabalho também devem ser exaltadas no portfólio, demonstrando que o profissional está, constantemente, investindo em sua atualização.

Comparando esses números com o dos concorrentes, os contratantes entenderão qual o nível e estilo de serviço do profissional, e, portanto, sua faixa de preço.

4. Fortalecer sua autoridade no mercado

Sim, um bom portfólio também pode ser considerado uma ferramenta para lidar diretamente com seus concorrentes e mercado.

Mostrar seus investimentos em melhorias, assim como seus resultados de estratégias de conteúdo são maneiras de manter-se na competição entre os melhores.

Você pode definir outros profissionais como referência no seu mercado, e, recorrentemente comparar seus portfólios para acompanhar a evolução dos dois. Sempre de forma respeitosa, é claro.

Um portfólio forte, que esteja regularmente tramitando entre clientes relevantes também ganha reputação, especialmente se estiver em formato online e alcançando uma boa quantidade de visualizações e engajamento. É a garantia de ser uma autoridade no mercado.

5. Fortalecer seu personal branding e relacionamento com clientes

A qualidade do seu dossiê também pode fortalecer sua marca profissional, seja pela visual do material, recursos inovadores utilizados, conteúdos que integram o material ou atualização de cursos.

Vamos aprofundar nos tipos de portfólios que podem ser desenvolvidos, mas por hora, é importante lembrar que aqueles publicados na internet podem ser atualizados com conteúdos autorais que utilizem uma variedade de recursos.

É possível, por exemplo, que o produtor de conteúdo dedique uma parte de seu portfólio para a divulgação de trabalhos exclusivamente desenvolvidos com técnicas de storytelling e copywriting.

Assim, a cada atualização, os clientes frequentes e aqueles que já tiveram alguma demanda realizada podem receber notificações por uma newsletter, que aliás, poderá ser uma demonstração do conhecimento sobre o uso de ferramentas de automação de marketing.

Como é possível concluir, ele tem muito mais funções estratégicas do que apenas listar alguns trabalhos, e para isso, precisa ser bem elaborado.

Então, quer saber o que mais você precisa para construir um portfólio incrível? Confira o material completo aqui!

Powered by Rock Convert