Por Sabrina Sânde

Analista de Qualidade de Conteúdo na Rock Content, formada em Letras e apaixonada por livros.

Publicado em 16/05/2016. | Atualizado em 16/06/2017


Quando se fala em revisão de textos, muitas pessoas pensam se tratar de um trabalho voltado apenas para a área ortográfica e semântica. No ato da revisão, verificar ambas é muito importante, mas, o ofício de revisor web vai além desses aspectos. Dentro dos elementos que um revisor campeão precisa conferir, podemos citar a formatação […]

Quando se fala em revisão de textos, muitas pessoas pensam se tratar de um trabalho voltado apenas para a área ortográfica e semântica. No ato da revisão, verificar ambas é muito importante, mas, o ofício de revisor web vai além desses aspectos.

Dentro dos elementos que um revisor campeão precisa conferir, podemos citar a formatação — título, intertítulo, espaçamento, justificação — e todos os itens estruturais que ela engloba. Também é importante realizar o estudo do briefing e do pitch, além, é claro, de se colocar no lugar da persona do cliente.

Por isso, neste post apresentaremos um passo a passo sobre como mexer na estrutura do texto durante a revisão. Confira!

Formate a estrutura do texto

Na maioria dos casos, o texto chegará até você com uma formatação desorganizada e pouco chamativa. É o seu papel colocar tudo em ordem, até porque, é senso comum entre revisores experientes, que uma estrutura textual organizada ajudará na revisão do conteúdo propriamente dito.

Por isso, antes de tudo, estabeleça o hábito de colocar o texto na formatação padrão. Para fazer isso, selecione todo o conteúdo, justifique-o e limpe a formatação anterior. Inclua espaçamento após os parágrafos e verifique a questão da hierarquia dos intertítulos, eles são essenciais para que o conteúdo revisado não seja abandonado no primeiro contato que o leitor tiver com o texto.

Além disso, não se esqueça de eliminar espaçamentos duplos! Uma dica é usar o atalho “ctrl + h” para substituí-los por espaçamentos simples.

Após fazer isso, já é possível se deparar com um texto mais claro, o que facilita a revisão.

Leia o briefing e o pitch

Antes de começar a modificar o conteúdo, é de extrema importância que o revisor leia as informações gerais do cliente e a pauta aprovada por ele. Nas informações gerais, você aprenderá sobre a empresa que encomendou esse texto, ou seja, qual a sua história, em qual categoria ela se encaixa — jurídica, bem-estar, financeira —, qual o objetivo que ela espera ao solicitar o conteúdo, e quais as orientações gerais.

Em relação à pauta, é preciso ter uma atenção redobrada. Aqui, o cliente explicará o foco do texto, a persona, quais palavras-chave devem aparecer, as referências que ele considera, dentre outras coisas.

A importância de ler o briefing e o pitch

Ao ler as informações gerais do cliente e a pauta que ele aprovou, você entrará no universo do conteúdo que ele precisa, por isso é importante que você leia as informações antes de revisar.

Imagine que você revisará um texto sobre “como poupar dinheiro em tempos de crise financeira”. A persona desse texto é o Moisés, um senhor de 50 anos, que é aposentado e possui casa e carro próprio. Ao revisar a tarefa, você precisa se colocar no lugar do Moisés e adequar o conteúdo ao propósito dele.

Nesse texto, por exemplo, é desnecessário falar sobre maneiras de poupar dinheiro para o sonho do carro próprio. Não condiz com a persona do cliente. E é você quem averiguará se o redator escreveu pensando na persona referida no pitch.

Analise a introdução

Após modificar a estrutura do texto e se inteirar a respeito do que o cliente pretende com o artigo, leia a introdução do conteúdo se colocando no lugar da persona. Você, ao simbolizar o público-alvo do cliente, acharia essa introdução chamativa? Você continuaria lendo o post?

Vale a pena fazer esse exercício, porque assim você pode mexer na estrutura da introdução e colocá-la de acordo com o que a persona acharia interessante.

Modifique parágrafos longos e densos

Agora que você mexeu na formatação, sabe o perfil do cliente, qual o público-alvo que ele deseja atingir e já se colocou no lugar da persona, é hora de revisar o conteúdo em si.

Pense que a persona não deseja se deparar com blocos enormes de textos, geralmente o tempo dela é curto e o objetivo principal é ter o seu problema ou dúvida resolvida.

Perceba se o redator escreveu parágrafos longos e com informações rebuscadas. A pessoa que lê um texto da web não tem tempo para conteúdo denso. Simplifique a linguagem e estabeleça um respiro na página ao deixar espaços brancos após os parágrafos. Isso deixará a leitura mais fluida.

Verifique o uso de SEO

Para um post ser bem ranqueado, é imprescindível a otimização do conteúdo. Por isso, verifique se as palavras-chave solicitadas pelo cliente estão aparecendo, no mínimo, 3 vezes. Uma dica para quem usa o Google Docs, é utilizar o atalho “ctrl + f” e digitar a palavra-chave, ele te dá o número de vezes em que ela aparece no texto.

Otimização de tráfego é um pedido frequente dos clientes, mas nem sempre os redatores fazem isso. Por esse motivo, o seu trabalho é conferir se há alusões aos posts do blog do cliente. Caso não haja, visite a página — que provavelmente estará no briefing — e procure links que possam ampliar o conteúdo. Tá vendo? Foi isso que acabamos de fazer!

Use ferramentas de revisão a seu favor

Dicionário de sinônimos online

Sabe aquela palavrinha que o redator usou várias vezes e você não sabe como substituir? Mantenha o dicionário de sinônimos aberto, ele vai te ajudar! Repetir palavras durante o texto empobrece a leitura, por isso, fique atento.

Dicionário de Português Priberam

Mexer na estrutura do texto durante a revisão sem um dicionário de português ao lado é complicado, não é mesmo? Se pintar aquela dúvida sobre uma palavra que o redator escreveu, da qual você nunca ouviu falar, não deixe passar. Mantenha a aba do Priberam aberta!

Libre Office

Quando você chegar ao fim da revisão, naquela hora em que pensa que está tudo certo e não tem mais nada para mudar, leia de novo! Uma dica é usar o Libre Office. Ele ainda pode encontrar algo, sério! Quando você terminar, copie o texto e cole nesse programa. Ele pega erros ortográficos, espaços sobrando, uso indevido de crase e até pleonasmo!

Revisar um texto é trabalhoso, mas com a prática, se torna quase automático. Mesmo quando a revisão estiver terminada, uma dica é voltar no briefing e no pitch para analisar se tudo ficou dentro do que foi pedido, isso garantirá mais segurança à sua revisão.

E aí, você sabe como mexer na estrutura do texto durante a revisão? Deixe o seu cometário e compartilhe a sua experiência!

Posts populares com esse assunto