Como melhorar um post sem muito trabalho?

Como melhorar um post sem muito trabalho? Saiba o que fazer para obter resultados rapidamente!

Blogs e sites frequentemente precisam melhorar seus posts para não perder rankings no Google. Neste artigo você saberá como estruturar a sua redação e manter o seu conteúdo relevante.

A vida de todo redator — ou de toda estratégia de marketing de conteúdo — tem um início, que pode não ser tão glamouroso assim. Nem sempre sabemos a melhor maneira de lidar com as palavras, as práticas que favorecem a escrita e como utilizar nosso querido SEO.

Além disso, a internet não pára nunca. Todos os dias surgem novos sites, blogs, infográficos… Se você leva seu trabalho a sério, já deve ter sentido que precisa passar por processos de reciclagem, não é verdade?

Quer aprender como melhorar um post e entender por que isso é tão importante? Então acompanhe o post que preparamos!

Escreva boas introduções

Esta dica é muito pouco diferente do que você já cansou de ouvir das suas professoras de Português: não comece seus textos do mesmo jeito que todo mundo!

Quer uma sugestão para saber se sua introdução está boa? Faça testes no Google! Por exemplo, um início de texto clichê como “Liderar uma equipe não é uma tarefa fácil” tem mais de 420 mil resultados na ferramenta.

Essas práticas introdutórias empobrecem o conteúdo, pois falham em prender o leitor e podem te prejudicar como redator. Afinal, você corre o risco de ter o conteúdo acusado de plágio.

Capriche nas introduções e faça seu conteúdo se destacar na internet — e não ficar igual a centenas de milhares de outros textos!

Cuide da formatação

Você já deve ter visto diversas dicas sobre formatação de conteúdos. É possível que tenha recebido feedbacks sobre o assunto também.

Formatar suas produções serve para dois pontos. O primeiro é que isso facilita sua vida como copywriter, uma vez que você não precisa quebrar a cabeça pensando no que funciona ou não. Há um padrão que basta ser seguido.

O segundo ponto, e o mais importante, é que a formatação melhora bastante a qualidade do seus conteúdos, pois está intimamente ligada à escaneabilidade deles. Por exemplo, a formatação dos textos à esquerda tem sido adotada por uma questão de conforto da leitura. Mais satisfeito, o leitor tem mais chances de chegar até o fim dos seus textos, não é verdade?

Então, capriche e sempre fique de olho nas dicas sobre o assunto: elas são ligadas ao SEO e até mesmo à experiência do usuário. Compreender esses aspectos vai ser excelente para para suas produções e sua carreira.

Divida seus parágrafos

Existem muitas dicas de produção de conteúdo que dizem sobre o tamanho de frases. Um post não deve ter mais que X ou Y orações etc. Antes de pensar nisso, note o tamanho da primeira frase do parágrafo. Ficou imensa, não é verdade?

Quando escrevemos textos fora da internet, podemos escrever parágrafos inteiros que são apenas uma frase. Porém, isso não funciona tão bem para a redação web.

Ainda que suas vírgulas estejam todas no lugar correto, evite essa prática. Opte por frases em modo direto e, sempre que possível, use o ponto final.

Facilitar a leitura é uma parte crucial de melhorar um post. Não arrisque deixar seu leitor perdido no meio de frases longas. Mantenha a simplicidade.

Então, antes de sair contando as frases, pense na escaneabilidade. Bata o olho no seu texto: ele se parece mais com um post ou com um artigo acadêmico?

Não cometa repetições

O Google não admite mais a velha prática de black hat SEO conhecida como keyword stuffing. Forçar a palavra-chave em um conteúdo já é sinônimo de passar vergonha para quem entende de produção para internet, não é verdade?

Quem gosta de escrever sabe que repetir palavras é um recurso muito utilizado, especialmente na literatura. Porém, fora do campo, a prática acaba empobrecendo os textos.

Afinal, há grandes chances de isso deixar seu conteúdo prolixo e dando voltas. Quando você fica atento às repetições de palavras, as de ideias também são evitadas.

Além de ficar atento aos vícios de linguagem, uma boa alternativa é testar ferramentas que te auxiliem. O WordCounter 360º pode ser uma mão na roda!

Mantenha o conteúdo relevante

A palavra “relevância” tem um significado diferente para a internet. Basicamente, um texto é relevante se está resolvendo um problema ou trazendo informações novas para algum assunto. Ele também deve funcionar para uma estratégia. É daí que vem a importância de fazer hiperlinks internos, que mantêm o leitor dentro de um blog, por exemplo.

Hoje em dia, já sabemos que conteúdos antigos tendem a ser considerados mais relevantes aos olhos do Google. Essa informação pode te ajudar a melhorar um post em alguns pontos:

  • evite o uso de gírias, jargões e os queridos memes, pois eles podem deixar seu conteúdo datado e até mesmo irrelevante dali alguns meses;
  • capriche ao estender textos. Procure manter a estrutura original, mas adicione e atualize o que for necessário.

Manter os textos atuais e relevantes é uma prática que está sendo muito utilizada nas estratégias de marketing digital. Ficou curioso? O nosso blog-irmão Marketing de Conteúdo tem um post incrível sobre o assunto!

Vá além da palavra-chave

Um post para internet precisa de palavra-chave, até mesmo para nortear a produção do redator. Afinal, é preciso saber o direcionamento e o que é pretendido rankear.

Entretanto, a palavra-chave por si só está cada vez menos importante. E, acredite, isso é o oposto de abolir o uso dessa técnica! O Google está cada vez mais esperto, então é importante para o conteúdo ter não apenas a palavra-chave, mas todo um campo semântico que o enriqueça.

Ao receber uma pauta, faça o teste e veja o que o buscador está sugerindo no autocomplete. Além de insights para melhorar um post, você pode ter uma boa noção de como as ideias e estratégias de marketing digital surgem.

Capriche em títulos e intertítulos

Esta parte é fundamental para a estratégia de SEO. O intertítulo principal, chamado de H1, determina qual é o assunto do conteúdo para os olhos do Google.

Assim, é importante conter a palavra-chave a ser trabalhada. Além disso, o título deve ser criativo e fazer o leitor ter vontade de ler o conteúdo prometido até o fim!

Sabemos que o trabalho do redator, grande partes das vezes, é entregar o que esse elemento e a pauta prometem, da melhor maneira possível.

Por isso, não se esqueça de formatar e caprichar nos intertítulos! Especialmente os em H2, que são essenciais para a escaneabilidade. Normalmente, são esses elementos que vão ser considerados em uma leitura dinâmica. É a partir deles que o leitor decide (ou não) continuar a ler o conteúdo.

Está vendo só? Um redator é capaz de melhorar a experiência do usuário apenas com elementos textuais. É assim que a escrita para a web e o marketing digital têm evoluído!

Melhorar um post passa por várias questões. Entender a razão delas torna tudo mais fácil. Para continuar a aprimorar sua vida de redator, confira o post sobre Erros de Português que preparamos. Até a próxima!