Por Joanna Nandi

Advogada por formação e redatora por paixão.

Publicado em 21/04/2020. | Atualizado em 17/04/2020


Saber como lidar com feedbacks é uma das principais dificuldades dos freelancers, então preparamos um guia completo para ajudar nessa tarefa!

Na carreira freelancer, existem diversas situações em que é preciso saber como lidar com feedbacks. O trabalho é constantemente avaliado por outras pessoas e o retorno recebido traz impactos para o dia a dia.

Também existem casos em que o próprio freelancer precisará dar esse retorno para alguém. Quem trabalha como revisor, por exemplo, precisa saber como enviar feedbacks aos redatores. Em todos os casos, também pode ser necessário enviar essas mensagens aos clientes para conversar sobre o trabalho.

No entanto, independentemente do papel exercido, saber como lidar com feedbacks pode ser um verdadeiro desafio. Por isso mesmo, preparamos um conteúdo com dicas essenciais para ajudar nessa tarefa e auxiliar no seu crescimento profissional. Acompanhe!

Evite qualquer tipo de confusão

Essa é uma questão que você deve ter em mente quando for dar e receber feedbacks. Ao iniciar a comunicação, é importante falar tudo de forma clara, para evitar que o outro interprete o que foi dito de maneira diversa da que você pretendia.

Nos casos em que o feedback é feito por escrito, bastante comum na carreira freelancer com o trabalho remoto, essa dica exige atenção redobrada. Lembre-se de que sem as expressões faciais e gestuais que acompanham uma conversa comum, alguns trechos do texto podem ser mal interpretados.

Para ajudar nesses casos, vale a pena ler o feedback em voz alta antes de enviá-lo. Isso ajuda a identificar trechos que pareçam rudes, sarcásticos ou confusos. Na dúvida, reescreva para garantir que ele não causará a impressão errada.

Por outro lado, quem recebe o feedback deve usar essa dica para tentar absorver a mensagem de uma forma amigável. Ao fazer uma leitura rápida, principalmente nos casos em que são pontuadas algumas críticas, isso pode resultar em interpretações erradas.

Então, leia o feedback com calma, prestando atenção a todos os trechos. É preciso absorver o que foi dito e realmente entender a intenção do outro, tanto em relação ao que foi apontado a respeito do seu trabalho, quanto sobre o tom utilizado no texto.

Faça as perguntas certas

Ter dúvidas no momento de enviar ou receber um feedback é absolutamente normal. Aqui, o segredo é saber como esclarecê-las da melhor forma, principalmente porque isso ajudará a alinhar as expectativas em relação ao trabalho realizado e na construção de um relacionamento mais próximo.

Se você está enviando um feedback, mas ficou com dúvidas sobre detalhes do trabalho, aponte o trecho, claramente, e questione. Da mesma forma, caso esteja respondendo a uma avaliação recebida por parte de revisores ou clientes, não tenha medo ou vergonha de questionar.

Infelizmente, existem casos em que os feedbacks chegam de maneira simples e superficial, sem apontar quais foram os pontos que poderiam ser melhorados ou que geraram penalização na avaliação. Aqui, vale a pena mandar uma mensagem cordial e incluir perguntas que ajudem você a entregar ainda mais qualidade.

Por exemplo, se o cliente apenas informou que achou o texto superficial, envie um feedback perguntando de quais informações ele sentiu falta ou que trechos poderiam ser aprofundados. Caso tenha recebido uma nota baixa, sem explicação, questione qual foi o motivo e em quais pontos você deve trabalhar para atender às expectativas.

Tenha respeito e gentileza

Independentemente do papel exercido, sempre tenha respeito e gentileza ao lidar com feedbacks. Redobre a atenção ao tom utilizado para ser cordial e educado, sem críticas desnecessárias ou frases que possam ser interpretadas como provocação. Na escrita, é importante lembrar de alguns pontos que afetam o modo com o leitor recebe a mensagem, como:

  • Letras maiúsculas mudam o tom e dão a impressão de que você está gritando;
  • O uso de exclamação, principalmente em excesso, pode ser indelicado;
  • Interrogações mal colocadas podem soar de forma rude;
  • Brincadeiras podem ser mal interpretadas.

Um feedback mal construído pode gerar interpretações erradas e prejudicar o relacionamento entre as partes. Deixar uma mensagem que o cliente interprete como desrespeitosa, por exemplo, pode impedir a continuidade da relação profissional.

Vale a pena pensar que os feedbacks também exigem melhorias contínuas e um trabalho atento do profissional responsável. Então, sempre busque entender os impactos causados para saber como aprimorar as mensagens enviadas e como agir em situações futuras.

Coloque-se no lugar do outro

Essa é uma dica fundamental sobre como lidar com feedbacks, mas serve para diversas situações na vida: coloque-se no lugar do outro e tenha empatia. Tenha em mente que do outro lado da tela existe uma pessoa que tem sentimentos e dificuldades como qualquer outra.

A mensagem precisa ajudar o profissional a se desenvolver, expondo os pontos que precisam de melhoria, mas também deve apontar os acertos. Como um dos principais objetivos do feedback é auxiliar a aperfeiçoar as habilidades e ter mais eficiência, ele deve ser construtivo.

Dessa forma, ao construir o feedback, é fundamental compartilhar as coisas positivas que foram feitas, não apenas o que foi negativo. Além disso, ao apontar erros e pontos que podem ser melhorados, dê dicas sobre como é possível melhorar. O texto também precisa ser motivador, para que a pessoa se sinta incentivada a continuar trabalhando.

Sempre agradeça os retornos recebidos e, sempre que possível, aplique-os na sua rotina. Isso é importante para que a pessoa que enviou a mensagem veja que você recebeu e perceba o seu interesse em aplicar as melhorias apontadas.

Não responda mensagens rudes

Um dos principais desafios sobre como lidar com feedbacks é saber como se portar diante de mensagens rudes. Já falamos sobre a importância de ser respeitoso e se colocar no lugar do outro, mas é fato que podem surgir situações em que a pessoa responsável não seguiu essas dicas.

Nessas situações, uma dica fundamental é não responder no mesmo estilo. É natural que você tenha vontade de esclarecer a questão e utilizar o mesmo tom, porém, é preciso considerar alguns fatores importantes para avaliar o retorno recebido.

O primeiro é que o tom utilizado pode não ter sido premeditado. Talvez, o interlocutor tenha escrito a mensagem com muita pressa e não percebeu que pareceu rude. Também pode ser que ele estivesse passando por um momento difícil, com muitas cobranças feitas por outras pessoas e isso acabou refletindo na escrita.

Em alguns casos, pode ser que a pessoa ainda não esteja familiarizada com as melhores práticas sobre feedback e, por isso, não saiba como lidar com essa tarefa da melhor forma. Então, em vez de responder no mesmo estilo, aproveite a oportunidade para demonstrar como a pessoa pode melhorar a postura.

É natural ter tendência em rejeitar críticas ou retaliar, mas o ideal é absorver o que for construtivo. Caso a mensagem tenha utilizado um tom desagradável, é importante não se deixar abater. Apesar de os feedbacks serem importantes para o crescimento profissional, eles não resumem quem você é ou a qualidade do seu trabalho. Portanto, aproveite o que for útil para melhorar o seu trabalho e não se deixe abater pelo restante.

Pronto! É certo que saber como lidar com feedbacks pode ser bastante desafiador, mas seguindo essas dicas você terá mais facilidade para enviar e receber retornos sobre os trabalhos realizados como freelancer.

Se você gostou do conteúdo e quer aprofundar os seus conhecimentos sobre o assunto, aproveite para baixar o nosso e-book com as principais dicas de relacionamento com o cliente!

relacionamento-com-o-cliente-as-melhores-dicas-de-fidelizacao-para-freelancersPowered by Rock Convert

Assista também a este webinar preparados por nossos Rockers com dicas valiosas sobre o assunto!

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *