Por Lauro Lam

Jornalista, freelancer ful-time e praticante de esportes radicais.

Publicado em 07/07/2021. | Atualizado em 07/07/2021


Os vídeos se transformaram em um excelente recurso do marketing digital e estão no auge para atrair e fidelizar clientes, sendo um ótimo nicho de mercado para quem quer atuar como videomaker.

Explorado intensamente nas redes sociais, os vídeos estão ganhando cada vez mais força no marketing digital. Porém, para produzir materiais que sejam atrativos e que despertem a curiosidade do público, é preciso saber como gravar vídeos de qualidade, pois o profissionalismo é a viga mestra para se manter sempre em evidência.

Dentro desse crescimento e interesse das empresas na captação, e fidelização dos clientes, quem se capacita para trabalhar como videomaker consegue muitos trabalhos, inclusive sendo um aprendizado que auxilia até mesmo na criação de canais de sucesso no YouTube.

E é possível se destacar tendo o auxílio de um Smartphone, desde que você siga as 8 dicas incríveis que mostraremos ao longo deste post. Confira!

Saiba como fazer vídeos atrativos com seu smartphone

A tecnologia está tão avançada que muitos freelancers têm obtido sucesso com os vídeos captados e até mesmo editados apenas com a utilização de um smartphone.

Com o auxílio de altas resoluções nas imagens e softwares de fácil entendimento, muita gente tem atuado como analista de audiovisual nas redes sociais, mantendo uma boa audiência e ainda cativando o público.

Aproveitando o boom da internet e a valorização dos vídeos, principalmente no marketing digital, esse mercado está em ascensão e pode ser a sua chance para se destacar na carreira de freelancer. Então, continue com a gente e veja agora as oito dicas que selecionamos especialmente para você!

1. Defina o roteiro

Antes de gravar, encontrar o cenário ideal e fazer aquela maquiagem, você precisa definir a história que contará no vídeo. Por isso, a elaboração de um roteiro faz parte da pré-produção que necessita de um cuidado especial.

Afinal, a linguagem utilizada tem que ser sintonizada com o público almejado. Pense no Storytelling para vídeo e faça uma pesquisa sobre o assunto que será abordado. Mesmo que você decida entregar um material de um minuto, é preciso saber qual será o início, meio e o fim.

Analise a melhor edição para cada frame e tenha em mente trilhas sonoras que poderão auxiliar na produção. Reflita sobre a mensagem que você pretende transmitir e como obter as imagens que auxiliarão na cobertura do texto (off).

2. Invista na iluminação

Definindo o roteiro do seu vídeo, chega o momento de ir a campo com o seu smartphone. Nessa hora, os cuidados técnicos entram em cena.

A primeira dica é pensar na iluminação, tendo em vista que essa ferramenta é pouco explorada nos celulares, pois os sensores de imagem e lentes são menores em comparação aos equipamentos para gravar vídeos.

Por isso, procure sempre áreas bem-iluminadas, preferencialmente em ambientes que não tenham sombras ou impacto direto da luz do sol sob a lente. Se for uma sala, coloque sempre uma cortina na janela e procure lâmpadas fluorescentes.

Configure a iluminação do seu smartphone com fundo e equilíbrio de branco, caso tenha esse recurso, para mantê-la estável. Além disso, explore o foco, realçando e valorizando a estética do conjunto existente no quadro.

3. Utilize tripé

O tripé é um equipamento indispensável pelo fato de manter a imagem sempre firme e com foco adequado. Ele pode ser encontrado em categorias profissionais ou amadoras, variando pelo tipo de apoio, se é fixo no chão, em mesas ou até segurado com as mãos. Tudo isso depende da finalidade da produção.

Caso você tenha que fazer imagens em movimento, vale a pena utilizar modelos mais sofisticados, como um grip, estabilizando as cenas coletadas. Além disso, o tripé é essencial para melhorar a qualidade das cenas, inclusive sendo um diferencial na captação de tomadas em ângulos diferenciados, o que reforça o valor do seu investimento.

É bastante comum que muita gente improvise tripés com livros, uma escrivaninha, garrafas, prateleiras, cadeiras e outros objetos, colocando a criatividade em atuação. Embora esse seja um recurso válido para produções mais simples, dificilmente ele será atrativo para quem quer trabalhar como videomaker.

4. Invista no áudio

Vídeos de qualidade precisam unir áudio e imagens em uma sincronia única. Caso contrário, o material pode ficar amador demais. Afinal, um áudio ruim dispersa e não contribui com o entendimento da mensagem, afastando o interesse das pessoas.

Por isso, em sua pré-produção audiovisual, você precisa investir em um microfone de qualidade. Inclusive, áudios mal captados, muitas vezes, nem mesmo um software de edição consegue resolver. Portanto, trata-se de um aspecto importantíssimo em um vídeo, sendo mais relevante que a própria imagem em diversos cenários.

Afinal, tente ver um filme sem áudio e sem legenda. Você entenderá algo? Terá estímulo para continuar entretido com as imagens? Se não for uma produção roteirizada para isso, dificilmente haverá compreensão da mensagem. Portanto, investir na qualidade do áudio é uma tarefa crucial. Muitas vezes, ele é mais importante que a própria imagem.

Sabendo-se que os microfones dos smartphones não têm muita qualidade, a dica é adquirir um microfone externo e que seja direcional, como o de lapela. Assim, a qualidade será valorizada, principalmente se você desenvolver trabalhos audiovisuais no marketing digital, nos quais a mensagem deve ser bastante clara para abranger bem todos os conceitos.

5. Faça imagens na horizontal

Muita gente grava vídeos na vertical com o smartphone, mas essa prática é totalmente condenável e antiprofissional, pois as imagens ficam cortadas e até mesmo sem nexo.

Para evitar isso, explore sempre a captação na horizontal, com movimentos sensíveis. Além disso, a gravação na horizontal auxilia nas reproduções em outras telas, gerando uma boa aparência em vários tipos de dispositivos, de TVs a PCs, passando pelos celulares.

6. Edite os vídeos

No momento de pensar em todos os detalhes para saber como gravar vídeos, você não pode esquecer de um ponto primordial: a edição.

Inclusive, é preciso pensar nela até mesmo na pré-produção audiovisual, pois, muitas vezes, serão necessárias imagens extras para cobrir os textos ou falas, sejam elas autorais ou de entrevistados.

Além disso, a edição é um excelente meio para deixar o material mais atrativo, sendo uma ferramenta primordial no trabalho de um videomaker.

7. Configure o seu smartphone

Outra dica que não pode ficar de fora do seu check-list é a configuração da câmera do smartphone. Filme, no mínimo, em High Definition (HD) e deixe a configuração em 1080p com 30 fps (frames por segundo).

Muitos smartphones filmam em 4k, mas nem sempre é preciso manter essa qualidade, que ocupa mais espaço na memória. Além disso, muitos serviços de streaming de vídeo não aceitam materiais nessa resolução — lembre-se sempre de ficar atento a esse detalhe para não ter que refilmar ou converter seus trabalhos.

8. Escolha o melhor enquadramento

Existem vários enquadramentos que você pode explorar em seus vídeos. Dessa maneira, é possível definir como a sua audiência verá suas produções.

Escolha sempre o mais adequado de acordo com a mensagem que você quer transmitir, podendo ser plano americano (altura do joelho para cima), médio (cintura para cima) ou close-up (foco no rosto). Existem dezenas de outros enquadramentos, mas eles tendem a ser mais específicos e dificilmente se aplicarão às produções mais simples.

Como você observou ao longo deste post, na hora de saber como gravar vídeos com o smartphone, é preciso sempre ficar atento a vários detalhes. Afinal, o sucesso é consequência do profissionalismo, dedicação e comprometimento com os conteúdos de qualidade.

Portanto, mantenha-se sempre atualizado, buscando referências sobre como gravar vídeos de qualidade e sintonizados no que há de mais moderno no mercado.

Quer se especializar ainda mais nesse segmento do marketing digital? Então, baixe agora mesmo o e-book Dossiê do Audiovisual.

Posts populares com esse assunto

Os comentários estão desativados.