Guia básico - como fazer uma pauta de um artigo

Guia básico: como fazer uma pauta de um artigo

Uma pauta de conteúdo é composta por título, palavra-chave, persona, estágio no funil de vendas, descrição geral, call-to-action e referências de pesquisa. Parece difícil? Aprenda agora mesmo!

Está enganado quem pensa que, para produzir um bom texto, são necessários apenas talento e inspiração. Na verdade, o grande segredo de um artigo está no planejamento! Mas o que é preciso saber para elaborar o planejamento de um texto?

Bom, tudo começa pela pauta, que será o guia do redator ao longo do processo de criação. Neste artigo, você vai aprender como fazer uma pauta incrível para ajudar na construção de um texto mais coerente e interessante para os seus leitores!

Quer se tornar especialista em planejamento de conteúdo? Então, assista ao webinar com a Lana Kantor, nossa expert no assunto. Nele, você vai aprender como determinar o tamanho e o modelo de um conteúdo e muito mais!

E que tal vê-lo até duas vezes mais rápido e aprender melhor? Veja como fazer isso com o hack que ensinamos para aprender rápido e se torne especialista em planejamento de conteúdo na metade do tempo!


Ficou interessado no assunto? Então, vamos lá!

Como fazer uma pauta

O primeiro passo do planejamento de uma pauta é conhecer bem o tema que o seu texto irá abordar. Para isso, é preciso pesquisar bastante: leia bastante material sobre o assunto, navegue em sites, blogs, assista vídeos e conheça as maiores referências na área.

Colocando isso em prática, você poderá visualizar o que as pessoas têm falado a respeito desse tema. A partir daí, já é possível ter boas ideias para o seu texto!

Agora que você já possui muitas referências legais para se inspirar, vamos falar sobre a construção da pauta.

O objetivo de uma pauta é ser um guia para a elaboração de um texto. Por isso, ela deve conter todas as informações que são importantes para o seu conteúdo, como: título, descrição da persona e em que estágio do funil de vendas ela se encontra, call to action (ou CTA) do artigo, definição da palavra-chave, referências pesquisadas e orientação principal da pauta.

A seguir, você vai conhecer melhor cada uma dessas etapas.

Materiais e leituras recomendados para planejadores de conteúdo!
Checklist de Planejamento de Pauta
Ferramentas e aplicativos para produtores de conteúdo
Freelancers de planejamento de pautas: guia rápido sobre a plataforma
Brainstorming para planejamento: mais ideias para suas pautas
Entenda o que é uma Pauta de Conteúdo Avançado!
6 semelhanças entre La casa de papel e um planejador de pauta

A estrutura de uma pauta

Para dar certo, todo planejamento precisa ser dividido em etapas — e o mesmo acontece com a pauta de um artigo. A estrutura de uma pauta deve trazer, de modo simples e organizado, todas as informações relevantes para a construção de um texto. São elas:

1. Título

O título é uma das partes mais importantes da pauta. Exatamente por isso, recomenda-se que você o faça por último, após ter reunido todas as informações sobre o tema. Mas por que o título é tão especial?

Para começar, o título é o primeiro contato do leitor com o seu texto. Logo, ele deve ser forte e interessante o suficiente para que a pessoa tenha vontade de clicar no seu link. Antes de escrever um título, pense na infinidade de conteúdos disponíveis na internet e imagine como o seu texto conseguiria se destacar no meio desse mar de informações.

Outra função importantíssima do título é conquistar um bom ranqueamento para o seu texto nos buscadores. É claro que ele não consegue isso sozinho; afinal, o ranqueamento depende de outras variáveis. Entretanto, um título otimizado é muito relevante para as buscas, portanto precisam conter uma palavra-chave.

Na hora de pensar o seu título, tenha em mente que a palavra-chave deve estar o mais à esquerda possível. Isso ajudará os motores de busca a identificarem seu texto com mais eficiência, aumentando as chances de conquistar uma boa colocação nas páginas dos buscadores.

2. Palavra-chave

A palavra-chave, assim como o título, é o aspecto mais estratégico da pauta. Exatamente por isso, ela deve ser escolhida com muito cuidado, de acordo com os objetivos que o conteúdo deve cumprir no planejamento.

A principal função da palavra-chave é otimizar o texto para conquistar uma posição de destaque no ranqueamento dos buscadores. Dessa forma, para que seu conteúdo seja relevante e apareça para o leitor, a palavra-chave deve refletir a essência das buscas realizadas pela persona.

Nesse post, falamos tudo sobre como escolher a palavra-chave ideal para uma pauta. Se você ainda tem alguma dúvida sobre esse assunto, vale a pena conferir!

3. Persona

O planejamento de uma pauta precisa definir quem é a persona. Identificar para quem você vai falar determina, principalmente:

  • O tom da comunicação a ser estabelecida (afinal, você não fala com seu avô do mesmo jeito que conversa com seus amigos, certo?);
  • O nível de conhecimento sobre o assunto, fator que impactará diretamente nos temas a serem escolhidos (mais técnicos ou menos técnicos, por exemplo);
  • As formas de abordagem do assunto. Há várias formas de falar sobre a importância de uma boa educação para o futuro, por exemplo, mas um conteúdo que visa alcançar adolescentes será completamente diferente de um voltado para as mães.

Nesse outro post do EPW, você vai entender melhor o que são personas e como criá-las!

4. Estágio do funil

A definição do estágio do funil na pauta visa direcionar o tipo de conteúdo a ser produzido. Como você já sabe, o funil de vendas é associado à jornada do consumidor e possui 3 estágios: atração, consideração e decisão.

Os conteúdos voltados para a fase de atração (ou topo de funil) devem ser mais simples e educativos. Mas isso não significa que o texto deve ser ruim ou de baixa qualidade! Pelo contrário, a ideia é que o artigo de topo de funil consiga explicar o tema para o leitor de forma didática e direta, sanando as dúvidas que ele venha a ter sobre o assunto.

Assim, as pautas ideais para a fase de atração, de forma geral, devem elucidar dúvidas mais básicas sobre o tema escolhido, como: o que é, para que serve, para quem é útil, entre outras possibilidades.

Seguindo esse raciocínio, as pautas de consideração (meio de funil) e decisão (fundo de funil) são mais aprofundadas. Logo, elas podem tratar sobre assuntos mais específicos e relacionados ao produto ou serviço que o cliente oferece. Os temas ideias para pautas desses estágios variam conforme os interesses e problemas que a persona possui.

5. Descrição geral da pauta

A descrição geral é, basicamente, o coração da pauta. É nessa parte do planejamento que você deve explicar o direcionamento do texto e apontar os pontos essenciais a serem abordados no conteúdo.

Uma boa descrição geral deve ser simples, objetiva e completa. Isso significa que qualquer pessoa que leia a descrição será capaz de compreender sobre o que o texto irá tratar, visualizando, inclusive, como as dúvidas da persona serão respondidas com aquele conteúdo.

Por isso, muito cuidado para não criar descrições de pautas vagas e confusas! Se essa etapa do planejamento não for coerente, você pode ter sérios problemas com o texto final.

Lembre-se que a descrição é a indicação do caminho que o redator deve percorrer. Caso essa trilha não esteja bem sinalizada, o texto pode se perder em alguma curva e não chegar a lugar nenhum.

6. Escolhendo o CTA

O call to action, ou CTA, é o estímulo que o seu conteúdo deverá provocar no leitor. Em outras palavras, é a ação que você deseja que a persona faça, após ter lido seu texto.

A definição do CTA na pauta é muito importante: afinal, ele é o responsável pelo fechamento do texto e, por isso, possui uma função super estratégica.

Assim, utilizar diferentes CTAs (como chamadas para comentários no post ou compartilhamento em redes sociais, por exemplo) pode ser interessante para identificar o que funciona melhor com a persona. Mas lembre-se de que cada pauta deve ter apenas um CTA, ok?

7. Referências

Sabe aquela pesquisa bem completa que você fez, lá no início, para compreender melhor o assunto que seria tratado na pauta? Pois ela será muito útil na hora de escolher os links mais relevantes para inserir nas referências! Como o próprio nome sugere, as referências serão a inspiração para construir o conteúdo e, por isso, devem ser confiáveis e de qualidade.

Como você viu, o planejamento de uma pauta envolve muita pesquisa, e é exatamente isso que irá garantir o sucesso de um conteúdo.

Agora que você já sabe como fazer uma pauta de um artigo, que tal se cadastrar para ser planner freelancer da Rock Content? Se restou alguma dúvida sobre o tema ou sobre o processo de seleção de freelancers, não deixe de falar com a gente nos comentários abaixo.

E, se você quer um material para te ajudar a planejar pautas com o mesmo padrão da Rock Content, temos certeza que o material a seguir vai te agradar! 😉

Checklist de Planejamento de Conteúdo Web