Por Redator Rock Content

um dos freelancers da Comunidade. Seja também um redator!

Publicado em 30/09/2017. | Atualizado em 19/05/2020


Diagramação é um conjunto de técnicas e práticas do design gráfico para distribuir e organizar os elementos em uma página: principalmente, textos e imagens. A diagramação é fundamental em websites, blogs, revistas, jornais e outros materiais gráficos.

Qualquer material gráfico, seja impresso ou digital, traz um recurso importantíssimo para o seu sucesso: a diagramação. É ela que organiza e expõe o conteúdo, traduzindo os conceitos em linguagem visual.

Cada peça tem as suas características, necessidades e objetivos. Para descobrir como fazer uma diagramação, você precisa entender essas demandas e trabalhar de acordo com elas. Olhando assim, pode parecer difícil pensar que existam técnicas e dicas para diagramar como um profissional, certo?

Errado!

Apesar das peculiaridades, algumas diretrizes podem ser aplicadas a qualquer material gráfico e ajudam a criar um conceito visual claro e eficiente. O post de hoje é exatamente sobre isso.

Siga a leitura e descubra algumas dicas de como criar uma diagramação como um profissional!

O que é Diagramação?

Diagramação é um conjunto de técnicas e práticas do design gráfico para distribuir e organizar os elementos em uma página: principalmente, textos e imagens. A diagramação é fundamental em websites, blogs, revistas, jornais e outros materiais gráficos.

A importância da diagramação para um projeto gráfico

Um mesmo conteúdo pode ter um resultado completamente diferente de acordo com a maneira como foi diagramado. E não é somente uma questão estética. A própria funcionalidade da peça pode ser alterada pela organização visual.

Quem nunca se deparou com um folder e teve dificuldades para entender o que estava sendo divulgado ou mesmo demorou a encontrar a informação que desejava? Algumas vezes o problema está no conteúdo gerado, mas em outras a questão é apenas de organização.

Bons profissionais sabem como fazer uma diagramação que destaque os pontos mais importantes e passe as informações de maneira clara com um visual atrativo ao cliente. Esse cuidado é essencial para que a peça gráfica consiga atingir os seus objetivos.

Como fazer uma diagramação

Se você quer saber como fazer uma diagramação eficiente e atrativa, precisa estar familiarizado com alguns conceitos. Hierarquia, composição e equilíbrio são alguns dos pontos de destaque na construção visual de um material gráfico.

Para facilitar a sua vida, separamos esses conceitos em 8 dicas práticas de como fazer uma diagramação de sucesso!

1. Defina um grid

O grid é um ótimo recurso para organizar o espaço disponível para a diagramação. É através dele que você consegue determinar as áreas que receberão textos e imagens, assim como o espaço entre cada bloco.

Ao iniciar a sua diagramação, teste várias opções de grid e escolha aquela que melhor distribui o conteúdo necessário. A partir dessa definição, respeite a estrutura para manter a coerência visual.

2. Use colunas

Ao definir um grid para o material gráfico, você deve determinar o espaço para o texto. A melhor maneira de organizar esse conteúdo é através de colunas.

Não existe uma regra quanto ao número ou tamanho de colunas que cada peça gráfica deve ter. Entretanto é preciso estar atento a algumas características, já que elas interferem na legibilidade do texto.

Colunas largas e compridas dão peso ainda maior ao conteúdo, mas podem parecer cansativas. Já as versões curtas dão a ideia de um texto dinâmico. A sua escolha entre uma ou outra deve se baseada na intenção combinada com o volume de informação a ser organizada.

3. Respeite os espaços em branco

Para que o leitor consiga identificar facilmente as informações disponibilizadas, é essencial que haja espaços entre cada bloco de conteúdo. Isso vale para os textos, fotos, gráficos e qualquer outro elemento contido.

Respeitar os espaços em brancos é um dos segredos de como fazer uma diagramação como um profissional. Quando essa regra não é respeitada, as informações se misturam, gerando um visual confuso e pouco atraente.

Não tenha medo de deixar área de respiro entre os elementos e também nas margens do material. É justamente essa combinação que irá garantir o destaque aos elementos certos dentro do seu material.

4. Trabalhe a tipografia

Outro elemento que interfere na construção das colunas é a fonte escolhida. Isso porque o espaçamento entre as letras e o estilo de construção do tipo influencia diretamente na sua legibilidade.

As fontes com serifa são mais indicadas para materiais impressos, já os modelos não serifados ficam ótimos em materiais digitais. Além disso, o estilo da fonte deve respeitar o conceito que a peça pretende transmitir.

Independentemente da fonte ideal, vale a boa prática de design gráfico: não utilize mais de dois tipos por material. Dê preferência para um modelo nos títulos e outro no corpo do texto.

5. Fique atento ao alinhamento

Muitas dúvidas ainda surgem sobre o alinhamento justificado ou à esquerda. O primeiro cria blocos homogêneos e é mais indicado para materiais impressos. Quando o assunto é web, a escaneabilidade é favorecida pelo alinhamento à esquerda.

Escolha a melhor opção e mantenha a coerência durante todo o material. Uma boa dica é combinar estilos, usando um alinhamento diferente para caixas de destaque, por exemplo.

6. Invista em imagens

Nem só de texto vive uma diagramação. As imagens dão vida ao material gráfico e ajudam a comunicar o conceito proposto pelo conteúdo. Utilize fotos e gráficos sempre que for pertinente, mas fique atento à qualidade.

Jamais distorça uma imagem e confira se a resolução está adequada ao uso. Embora os materiais digitais permitam uma qualidade menor, não caia na tentação de usar o Google! Aproveite os bancos de imagens gratuitos ou pagos e confira sempre os direitos de uso.

7. Hierarquize o conteúdo visualmente

Com tantos recursos disponíveis, é fácil perder a mão e criar um material poluído e confuso visualmente. Mas, se você deseja saber como fazer uma diagramação, precisa entender que esse risco é minimizado quando a hierarquia é respeitada.

Isso significa que os conteúdos mais importantes, sejam textos ou imagens, terão destaque. Respeite tamanhos diferentes de fontes para títulos, subtítulos e corpo. Assim, cria-se uma hierarquia que atrai e guia o olhar do leitor.

8. Siga a identidade visual

Por fim, é preciso entender que todo material gráfico faz parte de uma identidade visual e ela precisa ser respeitada. As formas, cores e fontes escolhidas devem conversar com o estilo da marca, mesmo que não sejam idênticas.

Aproveite os recursos de psicologia das cores para guiar suas escolhas, colaborando ainda mais com a relevância do conteúdo diagramado.

Essas dicas irão te ajudar a entender como fazer uma diagramação como um verdadeiro profissional. Com criatividade e atenção aos detalhes você irá arrasar! Aproveite, cadastre-se como diagramador na Rock Content e invista na sua carreira de freelancer.

Comunidade Rock Content - Faça parte da maior base de freelancers do BrasilPowered by Rock Convert

Posts populares com esse assunto