como fazer referência de site

Como fazer referência de site em um trabalho acadêmico?

As regras da ABNT parecem mais atrapalhar que ajudar, não é? Mas, na verdade, elas chegam para padronizar e melhorar a experiência de quem quer conferir a veracidade da informação. Entenda como fazer referências!

“Não tenho mais tempo algum. Ser feliz me consome”. Quem é a autora dessa frase tão difundida nos perfis das redes sociais? Se respondeu Clarice Lispector, você errou feio! Adélia Prado é a verdadeira responsável pela expressão.

Mas, por que esse exemplo quando estamos falando sobre como fazer referência de site em textos acadêmicos? Simples! Ao mesmo tempo que a internet é uma ferramenta que facilita o processo de pesquisa, ela também dificulta a nossa vida quando o assunto é identificar fontes confiáveis.

Fazer a referenciação correta é essencial, tanto para não passar vergonha com a legenda da foto no Instagram quanto para evitar processos de plágios em conteúdos acadêmicos.

Então, se você quer saber como não cometer erros ao usar referências online nos seus trabalhos, continue a leitura desse nosso post!

Ideias: de que se alimentam?

A resposta para essa pergunta é simples: novas ideias surgem baseadas em conceitos anteriores. Em um trabalho acadêmico não é diferente. Seja em um artigo simples ou em uma tese de doutorado, tudo que você escreve provém de pesquisas já realizadas por outros autores.

Muitos estudantes acreditam que dar créditos a estudos de terceiros compromete a originalidade do seu trabalho. Mas as universidades valorizam o oposto. Inspirar o seu texto em materiais já divulgados e citá-los traz ainda mais credibilidade ao seu conteúdo. Afinal, mostra que você tem capacidade de, a partir de ideias já estabelecidas, criar um conteúdo diferente e até melhor que os anteriores.

Se esse argumento ainda não te convenceu ou se você tem dificuldades de entender as normas de referências da ABNT, saiba que copiar parte ou todo o trabalho alheio sem citar os créditos tem nome: plágio.

E a prática de plágio é considerada crime. A propriedade intelectual dos trabalhos, sejam eles físicos ou digitais, é protegida pelo artigo 184 do Código Penal brasileiro. Quem infringir a lei pode ser processado, ter que pagar multas e até ser preso.

Ninguém quer passar por isso, certo? No próximo tópico mostraremos o passo a passo para não errar e entregar com segurança seus artigos universitários.

Dando crédito: como citar conteúdos onlines em textos acadêmicos?

As temidas normas da ABNT não servem para atrapalhar a sua vida. Na verdade, elas são usadas para garantir a padronização do trabalho e agilizar o processo de revisão, avaliação e pesquisa futuras.

Parece difícil inicialmente, mas é simples fazer a referência de artigos, sites e outras fontes online. Basta prestar atenção em algumas particularidades. Veja:

Fonte editorial

Quando fazemos as referências de livros é comum citarmos o nome da editora, o número do exemplar e o local que o material foi impresso. Isso permite verificar se a obra realmente existe.

Na internet, não temos essa diversidade de informações. A única forma da pessoa que consultar seu texto encontrar o artigo original é acessando a URL ou endereço do site. Por isso, na hora de fazer a referência é preciso inserir o endereço exato de onde consultou o conteúdo.

Como fazer isso? Colocando a URL entre os sinais “< >” e antes da expressão “Disponível em:”. Veja abaixo um exemplo:

PEÇANHA, Vitor. O que é Marketing Digital? Entenda o conceito e aprenda agora mesmo como fazer!. 2018. Disponível em: <https://rockcontent.com/blog/marketing-digital/> Acesso em: 28 mar. 2018.

Data

Quem nunca acessou um conteúdo online e meses depois, ao clicar no link, não o encontrou mais? Bom, os materiais na internet podem sumir ou ser alterados a qualquer momento.

Por isso, é importante mencionar na referência a data em que o material foi publicado e o dia em que você o acessou, usando a expressão “Acesso em:”. Também é preciso manter um padrão na grafia da data, colocando o mês abreviado. Confira o exemplo a seguir:

RABELO, Agnes. Transformação Digital e mercado SaaS: como essas tendências atuam mutuamente. 2018. Disponível em: <https://rockcontent.com/blog/transformacao-digital-e-mercado-saas/>. Acesso em: 12 abr. 2018.

Não sabe o dia que o conteúdo foi publicado na internet? Calma! É só usar uma data aproximada do ano da publicação entre colchetes, por exemplo, [2015?].

Autor

Não é porque está na internet que o conteúdo não tem dono. É importante citar o nome do autor nas suas referências. Para isso, o modelo é igual ao que fazemos com os livros, ou seja, escrevemos o sobrenome em caixa alta, seguido do nome. Confira:

BARRA, Guilherme. Análise preditiva: o poder de ver o futuro. 2018. Disponível em: <https://rockcontent.com/blog/analise-preditiva/>. Acesso em: 3 abr. 2018.

O grande desafio, portanto, dos textos online é que nem sempre possuem a identificação de quem escreveu. Nesse caso, você pode fazer a citação substituindo a autoria pela organização responsável pelo conteúdo, por exemplo:

BLOG MARKETING DE CONTEÚDO. WordPress.com ou wordpress.org? Afinal, qual eu devo escolher?. 2017. Disponível em: <https://rockcontent.com/blog/wordpress-com-ou-wordpress-org/>. Acesso em: 9 jan. 2018.

Rumo a nota máxima: quais as dicas para não errar nas referências?

São tantos detalhes, que é fácil cometer deslizes ao construir as referências. Mas lembre-se: essa parte do seu trabalho acadêmico também é revisada e pode fazer você perder pontos caso tenha erros.

Pensando nisso, separamos 3 dicas para fazer uma referência perfeita. Confira:

Invista em fontes de credibilidade

É muito fácil encontrar informações na internet, mas, nem tudo deve ser citado em materiais acadêmicos. A não ser que o seu objeto de estudo seja o Wikipedia ou Buzzfeed, nada de usar sites genéricos nas referências.

Sendo assim, procure por trabalhos de autores renomados e cheque sempre a credibilidade da informação. Você pode até consultar sites para ler sobre o tema que está escrevendo, mas cite na sua pesquisa apenas aqueles que são confiáveis. Uma boa dica é pesquisar suas referências no Google Acadêmico, SciELO e sites de órgãos oficiais.

Anote a referência imediatamente

Achou aquele texto completo e perfeito para o seu trabalho? Faça na mesma hora a referência no padrão correto. Separe um documento no seu computador para ir registrando todas as referências.

Essa prática te ajuda de duas formas: você não corre o risco de perder ou esquecer o link do conteúdo e otimiza o seu tempo quando precisar formatar o trabalho final. A organização é a sua melhor aliada para fazer citações.

Use a tecnologia a seu favor

É inevitável. Por mais que você se prepare, ainda surgirão dúvidas na hora de fazer a referenciação. A boa notícia é que já existem ferramentas digitais, como o Mendeley e o MORE, que podem ajudá-lo a organizar e formatar de acordo com as normas da ABNT todas as referências do seu trabalho.

Se precisar revisar qualquer informação será bem mais fácil acessar os programas para conferir se fez tudo conforme as regras.

Com essas dicas de como fazer referência de site, será difícil cometer gafes no seu trabalho acadêmico. Para continuar melhorando sempre a sua escrita, seja para web ou para pesquisas científicas, confira como criar o texto perfeito!

Guia definitivo do texto perfeito: do brainstorm às técnicas de persuasão