Por Luiza Drubscky

Gerente de Marketing na Rock Content.

Publicado em 05/04/2016. | Atualizado em 16/06/2017


O funil de vendas é um dos elementos mais importantes de uma estratégia de marketing de conteúdo. Por quê? Porque é ele quem nos ajuda a organizar qual tipo de conteúdo vai ser compartilhado, para cada lead, de acordo com a sua qualificação. Até agora, você já entendeu como funciona o topo do funil, certo? […]

O funil de vendas é um dos elementos mais importantes de uma estratégia de marketing de conteúdo.

Por quê?

Porque é ele quem nos ajuda a organizar qual tipo de conteúdo vai ser compartilhado, para cada lead, de acordo com a sua qualificação.

Até agora, você já entendeu como funciona o topo do funil, certo? Então, no post de hoje da Série funil de vendas vamos falar sobre o meio do funil! O estágio onde acontece a primeira conversão. Vamos começar? Acompanhe!

O que é o meio do funil?

O meio do funil é o momento em que a lead descobre qual é o seu problema. Ou seja, ela precisa de conteúdo para resolver o quê?

Quando ele descobre essa questão, quer dizer que ela passou para a etapa do meio do funil!

Aqui, as pessoas já estão mais interessadas no que o negócio tem a oferecer, já foi feito um filtro entre o topo do funil e o meio.

Porém, a venda ainda não foi feita! Por isso, precisamos criar textos matadores para que a lead continue avançando ao longo do funil.

Quais os objetivos do meio do funil?

O objetivo mais claro do meio do funil é nutrir leads.

É nessa hora que o visitante do blog deixou de ser apenas mais um número e forneceu informações pessoais que são relevantes para a empresa. Mas, essas informações nunca são dadas de graça. Logo, os visitantes devem receber materiais que são interessantes para ele e que também o ajudarão na tomada de decisão.

Na hora da nutrição, é preciso levar em conta que quanto mais clara a informação ficar para a lead, mais chances ela tem de avançar para o próximo estágio do funil.

Ao escrever o conteúdo é importante manter em mente que o leitor já conhece o seu problema e está encontrando formas de resolvê-lo. Ao mesmo tempo que é necessário aprofundar nas informações, é preciso garantir que ela tenha a base para absorver aquele conteúdo.

Nessa mesma etapa é feito o monitoramento da intenção de compra das leads. Elas realmente desejam comprar? O conteúdo que estamos criando é o que elas querem ler? Essa é a hora da verdade!

Quais são os elementos chave do meio do funil?

Para escrever um bom texto para o meio do funil, existem três elementos básicos que formam o conteúdo:

  • Persuasão;
  • Educação;
  • Direcionamento.

Veja só, estamos em um estágio onde a lead deixou de ser mais um visitante e percebeu que realmente tem um problema. Mas ela ainda não conhece e ama o negócio ao ponto de realizar uma compra.

Então o texto precisa ser persuasivo. Ou seja, ele tem que deixar muito claro quais são os benefícios da pauta, do título e do conteúdo.

Ao mesmo tempo, é uma etapa onde há uma educação do mercado muito grande.

O conteúdo deixa de ser tão genérico e passa a tratar de temas e abordagens que estão mais relacionadas com o negócio.

Assim, grande parte da educação do mercado é feita no meio do funil, o que exige que os textos tenham um conteúdo bem montado e bem escrito.

O direcionamento é totalmente relacionado às personas. É para quem você está escrevendo.

Personas têm um papel muito importante no marketing de conteúdo. Elas determinam a linguagem do texto, o tom e quais informações são indispensáveis para tornar aquele material relevante para o leitor.

Por isso, nunca se esqueça de pensar nas personas no momento de desenvolver os textos para o meio do funil, ok?

Como é o conteúdo do meio do funil?

O conteúdo do meio do funil é mais completo e informativo do que do topo do funil.

Ele apresenta soluções para o leitor através de vários conteúdos, inclusive materiais mais longos que podem ser exclusivos, como um ebook ofertado em troca de informações, por exemplo.

Aqui ainda não é a hora de falar sobre a empresa, as menções são pontuais e só se forem realmente necessárias.

Os formatos variam. Existem vários conteúdos que podem ser criados para o meio do funil. Para nós, os principais são os blog posts e ebooks.

Apesar de blog posts extensos serem muito interessantes, eles não possuem o mesmo valor para geração de leads que os ebooks. Os livros digitais podem ser fornecidos em troca de algumas informações da lead que são importantes para o negócio.

Ebooks têm uma dinâmica um pouco diferente dos posts. Como eles são materiais que, por definição, são mais completos, é preciso ter uma abordagem de redação muito informativa, já que todo o conteúdo necessário para o entendimento do tema precisa estar dentro daquele conteúdo.

Porém, os blog posts  também podem ser usados para atrair visitas às landing pages dos ebooks e também para manter a lead visitando o blog e interagindo com as páginas. Então, o importante é sempre trabalhar com estes dois tipos de conteúdo para as estratégias de meio de funil.

Como conectar o meio com o fundo do funil?

Todo conteúdo criado, independente de qual estágio do funil ele esteja, tem como objetivo levar a lead a dar o próximo passo.

Nesse caso, é chegar até o fundo do funil e estar preparada para realizar uma compra.

O conteúdo de meio de funil apresenta as informações mais importantes para a lead. Logo, é preciso conectar esse conteúdo com o estágio que vai realmente fechar a venda.

A principal forma de fazer isso é através dos CTA’s. Os botões de ação incentivam a lead a clicar em um link e consumir um material. Bons call to action são aqueles que fazem isso de forma natural e dinâmica, sem obrigar o leitor a fazer nada.

Eles são uma extensão natural do conteúdo que provoca e incita a lead e consumir mais conteúdo relevante para ela.

O meio do funil pode ser um canal de relacionamento?

A grande maioria das leads passa a maior parte do tempo em que interagem com a empresa no meio do funil.

Isso acontece porque aqui estão as informações mais importantes para encontrar a solução do seu problema, logo, ela deseja consumir o máximo de conteúdo possível antes de decidir pela compra.

Os textos ajudam a criar o relacionamento entre empresa e lead, através do conteúdo e também do valor que esse material tem para elas.

Sendo assim,o meio do funil é o momento que você vai ter para conseguir se conectar e se relacionar melhor com o seu possível cliente. Não perca essa oportunidade, ein?

O meio do funil, então, é o ambiente em que as leads passam a maior parte do tempo e onde o conteúdo começa e mostrar as soluções disponíveis para ela. Esse conteúdo deve ser altamente informativo e cheio de soluções!

Você já conhece tudo sobre o funil de vendas, redator? Aproveite o nosso post para aprender a escrever se baseando no funil de vendas. Boa leitura!

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *