Por Autor Convidado

pelo blog da Comunidade Rock Content.

Publicado em 25/09/2017. | Atualizado em 09/01/2019


Email é um meio fundamental para se relacionar com os seus clientes (e potenciais clientes), mas é preciso habilidade para se destacar em meio à caixa de entrada dos seus assinantes. Saiba 5 formas de fazer isso agora!

Artigo produzido pela equipe de conteúdo da Resultados Digitais.

Quantas campanhas de email marketing você recebe em sua caixa de entrada todos os dias?

O que define se você vai clicar em uma e não em outra?

Há muitas coisas em jogo nessa ação. Pode ser o tema, o remetente, a segmentação, o horário, o assunto ou outros detalhes.

Como o envio de emails é uma ação muito recorrente em muitas empresas que fazem marketing digital, é preciso saber como se destacar e criar campanhas melhores que as dos concorrentes.

Que tal aprender um pouco mais sobre como criar emails incríveis capazes de converter ainda mais? Confira:

1. Personalize seus emails

A personalização de emails é o primeiro passo para trabalhar de uma forma diferenciada e focada em resultados positivos.

O consumidor não quer ser tratado como mais do mesmo. Ele quer se sentir importante, exclusivo e valioso para o seu negócio. Por isso, pensar em personalização é pensar em trazer esse cliente para perto da sua empresa, melhorando a relação dela com o público.

A personalização mais básica que você deve fazer é colocar o nome da pessoa. É importante para deixar claro para a pessoa com quem você está falando que você a conhece e sabe exatamente quem ela é.

O que você prefere: receber um email com “Olá” ou “Olá, *seu_nome*”? Chamar o Lead pelo nome facilita o processo de personalização dos emails e gera uma proximidade com a pessoa. Portanto, não deixe de colocar a variável “nome” em suas landing pages.

Outro tipo de personalização que também não pode ser deixada de lado é a personalização por interesse. Em alguns casos, os Leads precisam preencher informações diferenciadas na hora de baixar um conteúdo rico.

Por exemplo, no caso de um material destinado a imobiliárias, o usuário pode escolher se prefere trabalhar com apartamentos ou casas, aluguel ou vendas etc.

Nesse contexto, é interessante ter emails personalizados para cada um dos interesses, fazendo com que o público não receba mensagens padronizadas e sim aquelas que trabalham diretamente com o que ele está procurando.

Há ainda muitas outras formas de personalizar emails, como por segmento, empresa, estágio na jornada de compra, cidade e mais.

2. Comunique-se com clareza

Algumas empresas pecam pelo excesso. Os emails precisam ser capazes de transmitir a mensagem de maneira clara e objetiva e, ao mesmo tempo, levar as informações completas para o seu leitor.

Nesse momento, o ideal é conhecer bem o seu público. Para isso, realize um estudo de personas e acompanhe a sua forma de se comunicar: que tipo de linguagem, tom de voz e modelo de email realmente funcionaria mais com as pessoas com quem você quer conversar?

Você pode, também, fazer alguns testes para descobrir o modelo de conteúdo que funcionará melhor com os seus possíveis clientes.

3. Senso de urgência

O senso de urgência é muito bom para aumentar a conversão dos seus emails. Ele pode estar presente de duas formas diferentes em emails: no título e no conteúdo.

Escreva bons títulos

A primeira alternativa para se utilizar o senso de urgência é no assunto do email. Ele será fundamental para garantir o aumento da taxa de abertura das suas mensagens.

Nesse momento, você precisa considerar as maiores dores do seu público e aprender a trabalhá-las em uma chamada que se tornará irresistível, o que estimula a leitura dos emails.

Crie conteúdos persuasivos

Outro momento em que é fundamental gerar o senso de urgência é no conteúdo do email. Nesse momento, você precisa mostrar que o usuário precisa agir naquele momento, seja qual for o seu objetivo com o email (falaremos sobre isso mais tarde).

Apresente argumentos persuasivos e combine-os com seu call-to-action (CTA).

4. Tenha um objetivo

Um ponto interessante e crítico de estratégias de email é o objetivo claro.

Para que você consiga mensurar os resultados da sua ação é preciso ter em mente o que pretende alcançar com cada disparo.

Alguns dos objetivos mais comuns são:

  • Fazer um download;
  • Agendar uma conversa com um consultor;
  • Acessar à loja virtual;
  • Anunciar um lançamento de produto;
  • Comprar um produto.

Importante: mantenha sempre um único objetivo para cada campanha de email marketing. Assim você não se perde e consegue mensurar se a ação está funcionando ou não.

5. Não se esqueça dos CTAs

O objetivo definido no tópico anterior precisa ser bem desenhado no botão de CTA.

Nesse momento, é importante pensar em quais são as melhores formas de trabalhar essa chamada com o seu leitor. O CTA possui dois itens fundamentais que merecem teste: cor e chamada.

Caso você esteja com taxas de conversão baixas e queira reverter essa situação, é interessante fazer testes com chamadas diferenciadas nos botões, além de cores e posicionamento. Esse tipo de teste irá te ajudar a entender o que funciona melhor com os seus possíveis clientes e melhorar os índices de conversão da sua empresa.

Os emails são uma ótima forma de se relacionar com o seu público-alvo. É preciso, no entanto, que você aprenda a escrever conteúdos que convertam e sejam capazes de esclarecer todas as dúvidas dessas pessoas.

Dessa maneira fica mais fácil se destacar em meio aos seus concorrentes e atingir excelentes resultados.

Siga essas dicas e aproveite as estratégias de email para se relacionar cada vez melhor com os seus clientes! E, se você quer se aprofundar ainda mais nesta arte, este ebook vai te ajudar muito! Não deixe de conferir. 😉

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *