Por Samanta Jovana

Redatora da Comunidade Rock Content.

Publicado em 21/09/2017. | Atualizado em 16/07/2019


De quantas formas um blog pode gerar conversão? Qual é a importância de um bom conteúdo focado em conversão? Descubra como criar materiais atrativos e ser um ninja do copywriting!

Como engajar visitantes por meio do conteúdo é a pergunta que 10 entre 10 produtores de texto se fazem diariamente. Nós bem sabemos! Independentemente do nicho de mercado, o que não faltam são concorrentes na internet, não é verdade? Então, ficamos a todo tempo travando uma dura batalha pela atenção de visitantes. E aí reside um desafio diário do nosso labor.

Pensando nisso, preparamos este guia básico e completo sobre como melhorar o engajamento dessas pessoas e o número de conversões a partir da produção de conteúdo! Você aprenderá o que são essas conversões, como fazer para obter melhores taxas delas, que tipos de ajustes podem ser feitos na sua webpage para conseguir melhores resultados e qual é o papel dos blogs na hora de fechar negócio.

Vamos lá!

Como engajar visitantes?

Bom, sabemos que não há apenas uma competição ferrenha acontecendo ao seu redor, como também o nível de atenção do consumidor diminuiu a ponto de podermos medi-lo em questão de segundos. Isso cria um problema enorme.

Sites são feitos com um propósito em mente, seja atrair novos clientes, vender um produto, promover um serviço ou se sustentar por meio de anúncios. A questão é que quando um visitante chega a sua página há sempre algo que você gostaria que fizesse.

Se ele sai do seu website sem tomar essa ação, isso significa uma oportunidade perdida. Por isso, que focar em um grande tráfego para o seu website é perda de tempo. O que realmente importa é engajar consumidores e transformá-los em clientes.

Porém, como fazer isso? Como engajar visitantes? Você verá que, compreendendo bem o que é uma conversão e entendendo algumas técnicas como a criação de materiais ricos, essa tarefa pode ficar muito mais simples.

O que é conversão?

Você provavelmente já ouviu esse termo por aí uma série de vezes, mas talvez não esteja familiarizado com o que ele significa exatamente. Uma conversão ocorre quando um visitante do seu site completa o objetivo desejado, qualquer que seja ele, a exemplo de preencher um formulário ou fazer uma compra, abrir um e-mail ou fazer download de um e-book. Tudo isso pode ser uma conversão. E a porcentagem total de visitantes que se converte é chamada de taxa de conversão.

Uma taxa de conversão bem-sucedida é importante para desempenhar o seu papel como administrador de uma página. E fazê-la chegar ao êxito é tarefa conhecida como otimização da taxa de conversão ou, em sua sigla em inglês, CRO.

Testes A/B são uma das técnicas utilizadas para monitorar o desempenho de diferentes páginas de destino, anúncios, calls to action e textos. Eles ajudam a identificar os elementos que otimizam o indicador e são muito utilizados em estratégias de CRO.

Mas ← boa notícia! ← eles não são os únicos recursos disponíveis para otimizar taxas de conversão. É sobre isso que falaremos no próximo tópico.

Como uma conversão pode ser incentivada?

Uma conversão pode ser incentivada por uma série de estratégias. A primeira delas, mais intimamente ligada com os testes A/B supracitados, é o design voltado para o usuário. A ideia por trás dessa técnica é bastante simples: otimizar a sua página para que ela seja boa o suficiente para os seus usuários.

Isso significa responder a sua audiência em específico. Ler os dados captados pelo seu Analytics, efetuar pesquisas de satisfação e testes até compreender o que funciona melhor para o seu público-alvo. Descobrir se eles querem ou não ver anúncios ou suas calls to action estão funcionando, por exemplo.

Tudo isso é pensar em experiência do usuário e levar em consideração o que é melhor para quem frequenta a sua página. Dentre todas as técnicas para otimizar conversões, checar o  design do seu site costuma ter o melhor custo/benefício.

Entretanto, também não é a única ação existente. Há muito mais que você pode fazer para aumentar suas conversões, como, por exemplo, interagir mais com os seus visitantes. Quando você cria conteúdo que interessa às pessoas, elas desejam participar de sua construção. E você deve estar apto a trabalhar junto a elas, criando um senso de comunidade.

Responda comentários, curta menções no Facebook e favorite citações no Twitter. São pequenos gestos como estes que podem ajudá-lo a obter mais conversões.

Outra excelente forma de aumentar essas taxas em seu website é por meio de listas de e-mail. Construa-as e alimente-as com conteúdo, trazendo o visitante de volta para o seu website sempre que possível.

Fazer uma boa linkagem interna de seus posts também pode ajudar. Afinal, quanto mais tempo um usuário passa no seu website, maiores são as chances dele se tornar um cliente. Por isso, recomende seus próprios textos sempre que possível e pratique o link building.

Tanto do ponto de vista do SEO quanto das conversões, seu site agradecerá. Aponte informações relevantes, busque indicá-los para conteúdo que expanda seu conhecimento e faça chamadas para artigos que possam ser de seu interesse. “Prender” o usuário em sua página é uma boa ideia para convencê-lo de sua autoridade e conquistá-lo pouco a pouco.

Claro que tudo isso funciona muito melhor se o seu website for fácil de navegar. Por isso, garanta esse quesito executando tantos testes quanto possível e instalando mapas de seu site em locais acessíveis.

Lembre-se também de otimizá-lo para o tráfego mobile. Hoje, boa parte das visitas que um site recebe se origina de dispositivos móveis e é uma boa ideia estar preparado para receber esses visitantes com uma página rápida e livre de bugs.

Todavia, ainda que todas essas técnicas sejam utilizadas por você, não há como garantir o máximo de conversões possível sem uma coisa: bom conteúdo. E este é o grande diferencial de sites com altas taxas de conversão.

Como blogs podem gerar conversões?

Vamos lhe contar um pequeno segredo: ninguém se importa realmente com a quantidade de conteúdo que o seu website produz e publica diariamente. Portanto, se você está fazendo milhares de posts toda semana simplesmente por acreditar que conteúdo é o ponto alto de um website, você está perdendo tempo.

A verdade é que conteúdo só tem esse papel como protagonista quando feito da forma certa. Ou seja, conteúdo acessível que faz com que visitantes se engajem bastante tem características específicas que precisam ser notadas.

Se você produz materiais que são de grande utilidade para os seus visitantes, por exemplo, é um bom começo. Outra característica é que bom conteúdo também é fácil de ler e traz consigo belas e cativantes imagens. Superados esses desafios é hora de se preocupar com SEO: conteúdo de excelência tem ótimos resultados no ranking dos motores de busca e é facilmente encontrado pela sua audiência.

Entretanto,  ainda há outras coisas que você pode fazer para garantir que seu blog gere conversões. Confira nos tópicos a seguir como se certificar de um bom resultado.

Contando uma história

As pessoas gostam de se enxergar na trajetória de vida de outras pessoas. Por isso, a melhor maneira de produzir um conteúdo que converte é contando uma história. Ninguém entra na internet para conversar com marcas e isso é um fato.

Faça questão de compartilhar conteúdos cheios de valor, bons de se ler, relevantes e que irão, simultaneamente, elevar seu pagerank com um ótimo SEO. O que clientes buscam são vídeos, informações de contato, perfis oficiais em redes sociais e é isso que os buscadores valorizam também.

Se você quer interagir com os seus visitantes, adquirir novos consumidores e diminuir o bounce rate (o número de pessoas que entra em seu website e visualiza apenas uma página), comece pelo conteúdo. Otimize-o para buscadores, crie-o pensando em sua audiência, atualize-o periodicamente com novas estatísticas, design e conteúdo. Interessante também incluir imagens e vídeos para facilitar sua compreensão.

Para aprender sobre Storytelling e dominar a arte de contar histórias, confira os conteúdos a seguir!
O que é Storytelling? Tudo sobre a arte de contar histórias inesquecíveis
Exemplos de Storytelling: 7 cases de sucesso de grandes marcas
Jornada do Herói: as 12 etapas de Joseph Campbell para uma boa história
Mini-curso de Storytelling: conquiste sua audiência contando boas histórias

Mini-curso de Storytelling: Conquiste sua audiência contando boas históriasPowered by Rock Convert

Elaborando CTAs atrativos

Uma call to action ou chamada para ação, geralmente abreviada como CTA, é uma imagem ou texto com um verbo, que convida o seu visitante a fazer determinada coisa. Essa ação pode ser qualquer tipo de conversão, como citada no início deste texto: baixar um e-book, inscrever-se numa lista de e-mail ou entrar em contato com a sua empresa.

E uma CTA pode ser colocada em qualquer parte do seu marketing, seja no seu website, em um e-book, na assinatura de um e-mail ou no final de um post do seu blog.

Ter calls to action fortes e relevantes no seu website vai ajudá-lo a conquistar a atenção dos seus visitantes. E isso com certeza aumentará o número de interações e conversões. Se você quer que seus visitantes tomem uma determinada ação, afinal, é preciso falar com eles.

Entretanto, você não pode simplesmente postar uma mensagem e pronto. É necessário pensar estratégica e criativamente para garantir que os seus CTAs atingirão seus objetivos. Por isso, aqui vão algumas dicas:

  • o tamanho do seu CTA importa tanto quanto a mensagem, por isso pense no mobile;
  • use uma linguagem clara, que descreve como o seu usuário deve interagir com o CTA;
  • procure integrar seu CTA ao resto da página.

Oferecendo materiais ricos

Você já ouviu falar em materiais ricos? Materiais ricos são tutoriais, e-books, templates e todo tipo de conteúdo que pode ajudar o seu leitor a completar uma tarefa difícil. Eles têm muita qualidade e oferecem informações extremamente relevantes para o seu consumidor, abrangendo temas de seu interesse. E é exatamente por isso que são motores de conversões.

Materiais ricos são uma estratégia de marketing de conteúdo que pode acelerar as suas vendas, seja num e-commerce, blog, site corporativo ou educacional.

Ajudando a solucionar problemas

A melhor maneira de converter, entretanto, ainda é ajudar o seu visitante a solucionar problemas. Tem uma dica imbatível que ninguém mais conhece? Sabe como resolver um problema de maneira diferente? Compartilhe este conhecimento, ou parte dele, com os seus leitores. É assim que se constrói autoridade, se fomenta o engajamento e se produz leads.

Proporcionando interações dentro das páginas

Uma coisa que visitantes adoram é poder interagir com o conteúdo de um website. Afinal, um dos grandes pontos de destaque da internet é que, diferentemente dos outros meios de comunicação aos quais estamos acostumados, ela não é estática. Portanto, aproveite-se disso e inclua interações sempre que possível.

Formulários de comentário, quizzes e apresentações de slides são alguns exemplos de conteúdo interativos que podem deixar seu blog mais rico e aumentar o sucesso de suas calls to action.

Entendendo seus visitantes

Qual é a melhor maneira de entender de verdade os problemas do seu consumidor a fim de produzir conteúdo altamente relevante para ele? Por meio de pesquisas. Então, utilize o seu site para isso.

Inclua enquetes e pequenos jogos de perguntas e respostas em seus posts ou em formulários que aparecem para alguns de seus visitantes. Assim, você conseguirá uma boa amostragem de opiniões a respeito dos assuntos mais relevantes a tratar em seu blog e poderá endereçá-los, gerando no futuro mais engajamento e conversões.

Aumentando a velocidade do seu site

Não há como enfatizar isso o bastante, mas o seu site deve ser veloz. Um tempo de carregamento lento pode resultar em altas taxas de abandono da parte do consumidor e, consequentemente, menos conversões. Há muitos estudos publicados há respeito e um dos mais interessantes deles você pode conferir no Web Performance Today.

O Firefox, por exemplo, descobriu que reduzir o tempo de carregamento de páginas em apenas 2.2 segundos aumentou o seu número de downloads em mais de 15%. Faça o teste com a sua própria página utilizando recursos como o WebPageTest e o PageSpeed Insights do Google. Quanto mais rápido ela carregar, maiores são as suas chances de converter.

Viu que para converter seus visitantes com um blog não basta ter o melhor conteúdo? Há tantos outros aspectos a se observar, quanto à velocidade, usabilidade, utilidade e entretenimento proporcionados por ele. Este guia começou com o objetivo de lhe explicar como engajar visitantes a partir de um blog e acabou reunindo uma porção de dicas que ajudarão a melhorar todos os aspectos do seu website.

Gostou do que leu por aqui? Coloque isto em prática. E para aprofundar no assunto e se tornar um especialista em CRO (Conversion Rate Optimization), confira o curso da Rock University!

Curso de Conversion Rate Optimization (CRO)Powered by Rock Convert

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *