Por Lucas Amaral

Publicado em 07/01/2018. | Atualizado em 12/05/2020


Certificações e cursos online são chaves para o crescimento da carreira de vários tipos de profissionais no meio digital. Confira aqui quais são as oportunidades da Rock University para a carreira de freelancer!

Adentrar os portões do marketing digital é um caminho sem volta. Geralmente, ao observarem as inúmeras vertentes, possibilidades e oportunidades, as pessoas se apaixonam por essa estratégia e querem cada vez mais conhecimento acerca do tema. Nesse cenário, destaca-se um formato: o modelo freelancer. O digital envolve uma gama imensurável de recursos tecnológicos, o que aumenta sua flexibilidade quando tratamos de novos negócios. Mas como começar uma carreira freelancer?

As principais razões apontadas para adoção desse sistema são liberdade, flexibilidade e o aumento na renda. Ao mesmo tempo, muitas pessoas não sabem como começar uma carreira freelancer e como dar o pontapé inicial.

Uma boa solução para isso são os cursos online. Muitos deles são bem avaliados pelos alunos e, às vezes, substituem os cursos de graduação e pós-graduação, já que demandam menos tempo e investimento para serem completados.

A Rock University é um dos que mais se destacam nessa nova realidade. Ministrados por profissionais da maior empresa de marketing de conteúdo da América Latina, oferece cursos gratuitos e pagos com o que há de melhor e mais atual no ambiente digital.

Neste artigo, você saberá quais são os benefícios de se certificar pela Rock University e como começar uma carreira freelancer imediatamente após a conclusão do curso. Você está preparado para a economia sob demanda? Então acompanhe o texto a seguir!

Quais os benefícios proporcionados pela Rock University?

Como dito, os cursos da Rock University contam com grandes especialistas do mercado brasileiro de marketing digital. Eles preparam profissionais em diversas áreas de conhecimento e abrem as portas para aqueles que querem ter uma carreira independente.

De modo que, se você pretende se tornar um freelancer, esse é um ótimo caminho para dar início à jornada. As aulas são bastante didáticas e utilizam exemplos reais do mercado atual, mostrando dados e estatísticas que saem do campo da teoria e trazem dinamismo ao aprendizado.

A seguir, saiba quais são as áreas de conhecimento oferecidas pela Rock University:

Inbound Marketing

O inbound marketing é a estratégia mais quente do mercado atual de marketing digital. Também conhecido como marketing de entrada, tem o objetivo de atrair, converter, fechar um negócio e encantar o cliente com materiais épicos.

A demanda por esse tipo de serviço é enorme. Um profissional freelancer de inbound marketing deve conhecer todos os aspectos que envolvem um funil de vendas, desde a atração de leads, passando pela nutrição e culminando no pós-venda e análise de dados.

O curso gratuito da Universidade é ministrado pelo Fabiano Cancela, co-fundador da empresa e expert no assunto. Esse é um tema que abrange diversas outras ações de marketing, então é recomendado fazer o curso após aprender sobre o marketing de conteúdo.

Marketing de Conteúdo

Um dos pilares do inbound marketing, o marketing de conteúdo consiste em criar materiais relevantes para a audiência em todos os estágios do funil de vendas. Isso inclui artigos, ebooks, infográficos, vídeos, podcasts, entre outros formatos. Os profissionais exigidos geralmente são redatores, revisores, designers e editores de vídeos.

O curso é gratuito e ministrado pelo Vitor Peçanha, co-fundador da Rock Content, autor do livro “Obrigado pelo Marketing” e um dos palestrantes mais requisitados em grandes eventos. Ou seja, uma das maiores referências em marketing de conteúdo no Brasil!

Produção de Conteúdo para Web

Enquanto o curso anterior explica o passo a passo sobre o marketing de conteúdo e todas as etapas envolvidas, este é mais voltado para a prática. Planejamento, redação e revisão são os principais pilares nas aulas.

Ele também é grátis e a professora é a Luiza Drubscky, Gerente de Comunidade da Rock Content, que lida diretamente com a cartilha de uma das maiores plataformas freelancer do Brasil.

Customer Success

O Sucesso do Cliente é um setor que vem se consagrando como um dos mais importantes no cenário corporativo mundial. Ele se refere ao atendimento e relacionamento com o cliente, ou seja, transformar as experiências com o produto ou serviço em algo único.

No curso, você aprende a estruturar um time, estabelecer metas e definir as métricas relevantes. Quem o leciona é a Talita Batista, que atua desde 2014 na área de customer success da Rock Content e fez sugestões certeiras para os avanços do setor.

Searching Engine Optimization (SEO)

O Searching Engine Optimization (em português Otimização para Mecanismos de Buscas) é um conjunto de técnicas que tem como objetivo favorecer o ranqueamento de uma página nos motores de pesquisa, principalmente o Google.

Neste curso, ministrado pelo Renato Mesquita, o aluno pode aprender a colocar em prática diversas práticas recomendadas para atração do tráfego por meio do algoritmo do buscador. O Hank, como é conhecido, é um dos principais nomes na área do país, sendo responsável pelo setor de Marketing da Rock Content.

Blogs Corporativos

Principal responsável pela etapa de atração,  o blog é uma das principais ferramentas de vendas na atualidade. Sem ele, uma estratégia de inbound marketing certamente está fadada ao fracasso.

O professor desse curso é o André Mousinho, editor-chefe do maior blog sobre marketing de conteúdo brasileiro, o rockcontent.com/blog.

Inside Sales

Foi-se o tempo em que as vendas eram feitas por meio do porta-a-porta. Hoje em dia, existem diversos processos envolvidos nessa tarefa, todos eles digitalizados.

Neste curso, é possível aprender como é a estrutura de um procedimento eficaz, em qual momento e como fazer uma proposta eficaz e artifícios avançados de negociação. Ele é ministrado pela Maria Clara Dias, Gerente de Inside Sales da Rock Content.

Gestão de Mídias Sociais

Não há dúvidas que as redes sociais são o canal de comunicação favorito do consumidor contemporâneo. Por isso, estabelecer uma presença nessas mídias é essencial para gerar bons resultados em uma estratégia de marketing digital. E há, certamente, uma grande demanda por esse tipo de serviço no mercado atual.

No curso, você saberá como escolher a melhor rede social para engajar os usuários, o funcionamento de cada uma delas e como mensurar os resultados das ações. Ele é ministrado pela Lizandra Muniz, Gerente de Redes Sociais da Rock Content.

Email Marketing

O email marketing é utilizado no meio e no fundo do funil de vendas. Isso é, depois que o usuário se inscreveu em uma newsletetter e deu início a um relacionamento com a marca. Portanto, é o elemento fundamental para a nutrição de leads.

Nesse curso, são ensinadas as melhores técnicas para aumentar a sua lista e engajar a sua lista de assinantes, deixando-a mais próxima do momento da compra. Ele é ministrado pela Clara Borges, Gerente de Email Marketing da Rock Content.

Branding & Buzz 

Esse curso trata da administração da imagem de uma marca. E, é claro, como ela percebida pelos consumidores. Afinal, é preciso manter uma boa reputação para que a sua empresa seja sempre bem falada no ambiente online. A responsável por lecioná-lo é a Juliana Ribas, Gerente de Branding & Buzz da Rock Content.

Certo, tenho meu certificado. Agora como começar uma carreira freelancer?

Depois de completo o curso (ou cursos) que você mais gostar, é chegada a hora de solucionar de vez a dúvida de como começar uma sua carreira freelancer.

Gerir redes sociais, criar materiais ricos para o marketing de conteúdo, analisar dados, automatizar sistemas de envio de emails, atender o cliente. Tudo isso pode ser feito remotamente, de casa, do escritório ou da praia. Essa é a grande verdade.

Não à toa, a “economia sob demanda” cresce a cada dia. Não acredita? Então dê uma olhada nos seguintes dados, segundo a pesquisa Freelancing in America: 2017:

  • atualmente, freelancers representam 36% da força de trabalho dos Estados Unidos, ou seja, 57,3 milhões de pessoas;
  • quando falamos apenas na geração Millenials (nascidos entre 1980 e 2000), esse número cresce para 47%;
  • especula-se que, em 2027, o trabalho freelancer supere os tradicionais empregos fixos;
  • 71% dos freelancers acham que o número de ofertas aumentaram em relação a 2016.

Perceba que os jovens são aqueles que mais se adequam a esse novo modelo de trabalho. E esse sistema é promissor. Uma pesquisa da Universidade de Oxford revela que, de 2016 a 2017, houve um aumento de 26% no número de companhias que procuram profissionais nas plataformas freelancer, principalmente nos setores de desenvolvimento, tecnologia, criatividade e multimídia.

Também conhecida como gig economy, a economia freelancer revela números promitentes. Segundo a pesquisa Mercado Freelancer 2017, promovida pela união das empresas Rock Content, We Do Logos e 99jobs, temos:

  • 79,3% dos freelancers fazem parte da geração Millenials;
  • 28,33% trabalham com marketing digital;
  • 27,82% trabalham design e criação;
  • 24,77% trabalham na área de mídias sociais.

Ao mesmo tempo, 62,31% deles afirmam trabalhar como freelancer há menos de dois anos. Isso prova que a área ainda está no período embrionário no país, o que pode ser uma ótima oportunidade para se firmar como referência no período de desenvolvimento do modelo.

Abaixo, você saberá como se tornar um freelancer depois de se certificar na Rock University.

Inscreva-se nas plataformas freelancer

Agora que você está convencido de que vale a pena ser um freelancer e apto a fornecer seus serviços para os clientes, é chegado o momento de procurar os melhores caminhos para encontrá-los.

Um dos meios mais utilizados são as plataformas freelancers disponíveis na web. Elas servem como um intermediário entre o fornecedor do serviço e o cliente, e geralmente garantem a eficiência dos processos de pagamento e demais negociações burocráticas. Em resumo: organizam a demanda e a oferta.

Algumas das principais são:

A recomendação que fica é que você comece pela Rock Content, já que a plataforma necessita de freelancers para vários dos temas ensinados nos cursos.

Divulgue o seu trabalho

Apesar de as plataformas serem caminhos excelentes para conquistar novos clientes, há a possibilidade de você utilizar o conhecimento adquirido para encontrar outras formas de atrair mais jobs. A segunda dica de como começar uma carreira freelancer é, portanto, aproveitar outros canais de aquisição.

Uma delas, por exemplo, é utilizar as técnicas de Searching Engine Optimization, Marketing de Conteúdo e Produção de Conteúdo para Web aprendidas nos cursos da Rock University para criar o seu próprio blog.

Assim, é possível escolher as palavras-chave relacionadas ao seu serviço e tentar otimizá-las para os buscadores, criando artigos de qualidade para divulgar o próprio trabalho. Sim, é possível criar a sua própria estratégia de inbound marketing para atrair clientes!

Outra sugestão é a utilização das redes sociais. O Facebook, por exemplo, possui suas próprias páginas corporativas, que você pode utilizar para divulgar o seu trabalho.

O Instagram, por sua vez, é muito utilizado em negócios que envolvem serviços artísticos, como estúdios de maquiagem, especialistas em design gráfico e tatuadores.

Já o LinkedIn é uma rede específica para negócios, o que pode ser uma ótima oportunidade de entrar em contato diretamente com a sua persona.

Relacione-se com clientes

Quando você consegue um cliente, é muito importante que você conquiste a sua confiança. Isso porque é muito mais fácil mantê-lo do que conquistar novos.

Além disso, você já conhece suas preferências, está adaptado à estratégia, sabe quais são os canais de comunicação e entende seus dilemas. Sendo assim, manter um bom relacionamento é essencial para desenvolver-se como profissional independente.

Imagine o quão trabalhoso é ter que lidar com clientes novos todos os dias. O seu trabalho não acaba na entrega do job. Realize-o com primazia e certamente novas oportunidades virão.

Construa um portfólio 

A criação de um portfólio se faz necessária no ambiente digital. Isso porque esse recurso revela aos clientes a sua capacidade, já que não há o contato visual para que você cite as suas qualidades e competências.

Um portfólio online serve como um mostruário e revela aos interessados os clientes com quem você já trabalhou, dando credibilidade ao seu trabalho. Muitas vezes, esse será o diferencial entre o sucesso e o fracasso da sua carreira freelancer e a tão sonhada liberdade.

Prontinho! Agora você já sabe como começar uma carreira freelancer e pode começar a oferecer os seus serviços de maneira online, sem sair de casa. Essa é uma tendência que certamente veio para ficar, então demonstre todo o seu valor e faça as coisas do seu jeito.

E então, viu só como as Rock University pode ajudá-lo a iniciar a sua carreira como profissional independente? Se você quer saber mais sobre eles, acesse o portal! Esperamos que tenha uma excelente experiência!

E, para você que já produz conteúdo para a web e quer saber como começar uma carreira freelancer: confira a Certificação de Produção de Conteúdo para Web!

Posts populares com esse assunto