Por Mateus Pimenta

Redator e revisor web, leitor profissional e aspirante a Jedi consular.

Publicado em 04/12/2020. | Atualizado em 11/11/2020


É essencial fazer planos para aumentar o seu patrimônio a fim de garantir um padrão de vida satisfatório ao se aposentar. Para isso, é preciso organizar as suas finanças, visualizar o futuro, priorizar o ato de poupar, investir seu dinheiro e aumentar sua renda.

Ultimamente, temos visto cada vez mais pessoas dando passos para aumentar o patrimônio. Elas estão aprendendo a controlar os gastos a fim de investir, e certos números deixam isso bem evidente.

Por exemplo, em 2019, a quantidade de investidores no Tesouro Direto aumentou 415 mil. Na bolsa de valores, setembro de 2020 registrou um crescimento de 82% no número de CPFs cadastrados em relação ao final de 2019.

O comportamento de separar parte da renda para investir abre as portas para a geração de patrimônio. Mas a verdade é que, mês após mês, muitas pessoas ganham dinheiro e pagam as contas e não veem seu patrimônio aumentar no decorrer do tempo.

Isso está acontecendo com você? Então continue lendo para ver 5 dicas de como aumentar o seu patrimônio a partir de hoje. Mas, primeiro, é importante entendermos o que é patrimônio.

O que é patrimônio?

Patrimônio é aquilo que você tem. No entanto, tenha em mente que ele inclui dois tipos de bens:

  • os ativos, que geram renda;
  • os passivos, que geram despesa.

Você tem um carro? Ele deve ser muito útil no seu dia a dia, mas gera despesas relacionadas com combustível, manutenção, seguro e documentação. Por isso, ele é um passivo que faz parte do seu patrimônio.

Mas suponha que você invista em um CDB (Certificado de Depósito Bancário). Ele gera um rendimento diário, ainda que bem pequeno. Isso faz dele um ativo, já que gera uma renda.

Assim, ativos podem aumentar o seu patrimônio, enquanto os passivos o consomem.

Como aumentar seu patrimônio?

Agora que você já entendeu o conceito de patrimônio e o que são os ativos e os passivos, vamos ver 5 dicas para você aumentar o seu patrimônio a partir de hoje!

1. Organize suas finanças

Primeiro, é preciso organizar as suas finanças. Imagine que você vai começar mais um dia de trabalho, mas a sua mesa está uma bagunça.

Para conseguir trabalhar com a mente bem focada, primeiro vai ser preciso organizar a mesa, certo? Mesmo que ela continue cheia de coisas, só de esses objetos serem colocados em seus lugares já vai ajudar muito.

É a mesma coisa com as finanças; você precisa conhecer as suas. Por isso, liste todas as suas despesas para entender o que está acontecendo com o seu dinheiro.

Além disso, faça projeções para os próximos meses. Se você está no aperto, vai ver o quanto isso ajuda. Afinal, hoje, a fatura do seu cartão pode estar repleta de despesas parceladas que vão diminuir com o passar do tempo.

Se você começar a economizar hoje, essa projeção vai mostrar quando sua situação estará mais tranquila. Isso aumentará sua motivação para virar o jogo e começar a aumentar o seu patrimônio.

2. Faça planos para o futuro

Economizar e guardar dinheiro têm a ver com a capacidade de evitarmos um prazer imediato tendo em vista algo maior e melhor no futuro.

Certas coisas podem nos dar uma grande satisfação imediata, como a compra de um celular, um computador ou um carro, por exemplo. O problema é que muitas vezes adquirimos objetos só porque eles são uma novidade, e não exatamente porque estamos precisando deles.

Uma das coisas que podem nos ajudar nesse sentido é pensar no futuro. Pense nos motivos que fazem você querer aumentar seu patrimônio. Seu objetivo é ter condições de arcar com despesas imprevistas sem se endividar? Tem vontade de fazer uma viagem incrível? Quer se aposentar com um padrão de vida satisfatório?

Se tiver todos esses objetivos em mente, você sentirá uma motivação ainda maior para ter um bom controle sobre as suas finanças. Inclusive, isso também vai ajudar você a escolher alternativas de investimento adequadas.

3. Priorize o ato de poupar

Aqui existe uma questão de ponto de vista bem interessante. Há pessoas que cometem o erro de achar que o ato de poupar não tem prioridade. Mesmo que não digam com todas as letras que “poupar não é importante”, a atitude delas mostra o que pensam.

Essas pessoas recebem, pagam as contas e pronto. Talvez sobre algum dinheiro para passar o mês mas não guardam nada. Acontece que poupar requer uma mudança nesse pensamento.

Entre as suas despesas mensais, inclua o que será investido. Especialistas sugerem guardarmos algo entre 20% e 30% da nossa renda.

Isso pode parecer muito, mas você tem liberdade para começar com muito menos. A princípio, o importante é desenvolver o hábito de poupar. Então, aos poucos, aumente o valor. Depois de receber, separe logo o que vai para os seus investimentos. Essa priorização é essencial para aumentar o seu patrimônio.

4. Invista seu dinheiro

Agora que você vai começar a guardar dinheiro, o que fazer com ele? Deixar na conta corrente? Colocar na poupança?

Bem, o melhor é pensar em formas de fazer seu dinheiro se tornar um ativo no sentido de gerar alguma renda para você, e os investimentos oferecem justamente isso.

Se você está começando a guardar dinheiro agora, tenha em mente que o ponto de partida é formar uma reserva de emergência. É ela que vai ajudar você a lidar com despesas imprevistas.

Esse fundo de emergência precisa ser guardado em um investimento seguro e que deixe você resgatar seu dinheiro quando quiser, sem ter de esperar algum prazo. Nesse sentido, muitas pessoas optam por CDBs, LCIs e LCAs (Letras de Crédito Imobiliário e do Agronegócio) e o Tesouro Selic.

Depois de formar sua reserva de emergência, comece a explorar outros tipos de investimento. Se nesse meio tempo você desenvolver tolerância ao risco de perdas, poderá investir também na bolsa de valores para aumentar a rentabilidade da sua carteira.

5. Aumente sua renda

Ampliar sua renda pode ajudar você a aumentar seu patrimônio, desde que resista à tentação de aumentar muito seu padrão de vida.

Como freelancer, uma forma de ganhar mais é aumentar sua produtividade. Talvez seja possível fazer isso por meio de um melhor gerenciamento de tempo. Além disso, desenvolver técnicas de negociação pode ajudar você a combinar preços melhores com os seus clientes.

Pense também na possibilidade de criar um produto digital, como um ebook ou um curso. Ser um infoprodutor é uma forma de escalar seus ganhos de uma maneira fantástica.

Aumentar o patrimônio pode parecer difícil. Mas depois que desenvolvemos a disciplina necessária e conseguimos poupar os primeiros reais, nossa motivação para atingir esse objetivo aumenta. Isso ajuda muito a fortalecer nosso hábito de guardar dinheiro.

O importante é você começar bem. Para isso, nada melhor que uma planilha para organizar as finanças pessoais. Então aproveite para baixar nossa planilha de controle financeiro para freelancers!

Planilha de Controle FinanceiroPowered by Rock Convert

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *