Por Natália Meira

Publicado em 20/03/2014. | Atualizado em 25/03/2019


Você já se deu conta do quanto as redes sociais estão presentes no seu dia a dia? 

Só no Facebook, mais de um bilhão de pessoas estão conectadas, compartilhando notícias, fotos, artigos, opiniões… mesmo que você não seja muito engajado em redes sociais, você não pode negar que na roda de amigos sempre tem alguém que comenta do último post do João, ou daquela foto que a Maria publicou.

Assim, redes sociais são ferramentas muito poderosas para compartilhamento de conteúdo!Basta um clique para que qualquer material seja visto ou curtido com toda a sua rede de amigos.

Facebook, Twitter e Instagram são, hoje, três das redes sociais mais populares. Elas apresentam em comum a necessidade de criar posts interessantes em poucas palavras, para que ele seja mais facilmente aceito e lido pelos usuários.

Textos curtos e de qualidade, com títulos chamativos e imagens atraentes são elementos que facilitam o engajamento nas redes sociais e podem te tornar um formador de opinião.

Para te ajudar a criar conteúdo que gera engajamento, separamos algumas dicas valiosas que você precisa conhecer. Preparado? Vamos lá!

Estratégias de Redes Sociais para FreelancersPowered by Rock Convert

12 dicas para criar engajamento nas redes sociais

Antes de olharmos como criar conteúdo que engaja em diferentes redes sociais, é importante entender alguns pontos básicos que fazem parte de qualquer estratégia de sucesso.

Troca social

Tudo é uma troca, principalmente dentro das redes sociais.

Cada conteúdo atinge o usuário de uma forma diferente, o tipo de interação que ele tem com aquele material varia de acordo com o valor que ele vê no post. O que você deseja que o usuário faça em troca do conteúdo que você oferece?

Ações como compartilhamentos, curtidas, comentários, indicações a amigos, são mais propensas a serem realizadas por quem enxergou uma criação real de valor para si após o consumo do seu conteúdo.

Os usuários, mesmo que de forma não-consciente, tendem a filtrar o que lhes é relevante. É nesse momento que sua palavra  ganha poder de influência sobre a tomada de decisão do outro. Essa moeda – ou troca – social é um dos grandes pontos das mídias sociais. É possível replicar a sua mensagem se ela for a certa para o público.

E esse é o primeiro passo para gerar engajamento nas redes sociais!

Conheça a sua persona

Se você precisa criar conteúdo que os seguidores querem interagir, você precisa conhecê-los, não é mesmo?

A criação da persona é uma parte essencial da redação para a web, esse processo demanda um exercício mental sobre como criar uma representação semi-fictícia do seu público.

O estudo das pistas que os usuários deixam ao trafegar em seu território leva à identificação da melhor linguagem a se usar, o tom da escrita, qual tipo de conteúdo faz mais sucesso e quais são os principais tópicos que aquele usuário têm interesse.

Se você quer criar conteúdo que gera engajamento, conheça bem a persona! Faça uma pesquisa nos perfis dos principais leitores e entenda qual é o material que gera engajamento entre eles.

Adeque sua linguagem

É preciso falar a mesma língua da persona, e isso não quer dizer apenas o mesmo idioma!

Cada segmento de audiência possui características que se identificam com determinados padrões, combinações de atributos como faixa etária, preferências, objetivos, entre outros.

Escolha apenas características primordiais, os atributos escolhidos devem ser os mais relevantes para a construção da sua persona. Investir corretamente no conhecimento sobre o público reflete em engajamento no futuro.

Esse passo é fundamental para criar um canal limpo de conversa com os usuários, utilizando a mesma linguagem que eles estão acostumados a lidar no dia a dia.

Deixe claro o valor do seu post

Da mesma forma que a troca social é importante para posts que engajam, toda publicação nova precisa ter um valor.

Quando o usuário ler aquele post, por quê ele vai se interessar por ele? Qual é o valor que se torna um atrativo?

Um meme é interativo e trabalha pelo bem da zueira, já uma oferta ou promoção está oferecendo algo que interessa à persona com vantagens bem interessantes.

O texto e imagem trabalham juntos nessa hora. Mostre para a sua persona porque aquele post é irresistível e ela vai te recompensar!

Storytelling

Contar uma história é o coração da escrita para web. Herdada das campanhas publicitárias, o storytelling procura entregar algo além de uma simples postagem.

Claro, não dá para transformar todo post em um roteiro de Hollywood, mas é possível contar histórias que criam uma proposta real de valor. Conecte a isso uma estrutura que exponha um problema real e como resolvê-lo.

Essa é a junção entre aquilo que você oferece, a forma como é apresentada e o crédito dado a você pelo usuário. O que você precisa fazer é adequar a mensagem à persona e contextualizar o enredo do post.

Viu? Nem foi tão difícil assim criar uma história!

Use conteúdo interativo

Vídeos e imagens são campeões para criar posts que geram engajamento. Eles podem ser o segredo para as suas redes sociais, principalmente porque tiram a monotonia de um bloco de texto.

Até o twitter – que é famoso por frases curtas – já é beneficiado com imagens, gifs e vídeos. Por que não levar essa ideia para todas as outras redes sociais?

Vídeos, segundo as estatísticas, podem gerar engajamento em escalas muito superiores. A maioria dos profissionais de marketing acredita no vídeo como o conteúdo que gera maior retorno sobre investimento.

Gifs são interativos, divertidos e rápidos de serem consumidos. Quantas vezes você já se pegou rindo sem parar vendo um gif em loop?

E as imagens sempre valem mais do que mil palavras! Aproveite-as para criar combinações com campanhas de hashtags, agradecimentos ou cumprimentos aos usuários, incorporar questões relevantes ou otimizar mensagens para compartilhamento.

Crie uma abertura matadora

As redes sociais não foram feitas para você contar a história da sua vida. O Twitter limita os posts a 140 caracteres, no Facebook as chances de seu conteúdo ser absorvido diminui depois de um certo tamanho. Há uma tendência de rejeição por posts que possuem quebra de página (o famoso “Leia mais”).

Por isso, você precisa abrir a postagem de forma chamativaAs 3 primeiras linhas do Facebook e a a primeira frase do Twitter e do Instagram são as iscas que você têm para atrair a atenção do leitor.

Muitas vezes, se isso não atrair a atenção do usuário, ele vai simplesmente ignorar todo o conteúdo sensacional que você preparou para ele. E você não quer que ele passe direto daquele gif super legal que você ficou horas procurando, não é mesmo?

Mesmo com conteúdo interativo sendo a estrela do seu post, não se esqueça de fisgar o leitor com uma frase de abertura campeã!

Otimizando conteúdo para o Facebook

Dentre as redes sociais apresentadas aqui, o Facebook é a que aceita conteúdos mais longos, então aproveite! Abuse das imagens, vídeos, gifs, crie títulos chamativos e estruture bem o seu texto.

Uma coisa é certa: seus posts precisam ser vistos para serem compartilhados.

Verifique as suas configurações de privacidade: quem pode ver suas publicações? Só seus amigos? Apenas amigos de amigos? Isto limita bastante as possibilidades de compartilhamento do seu texto.

É importante lembrar que a privacidade de cada post pode ser definida individualmente, então você pode tornar público um texto ou trabalho e continuar mostrando suas fotos e mensagens particulares apenas para os seus amigos.

Explorando os 140 caracteres do Twitter

O grande desafio é fazer seu conteúdo do twitter bombar em apenas 140 caracteres! Quanto mais seguidores, maiores são as chances de retweets e respostas.

Acrescente hashtags em seus posts, para identificar o assunto e torná-los mais facilmente descobríveis por outros usuários.

Verifique também quais são os Trending Topics – ou Assuntos do Momento – uma lista em tempo real das frases mais publicadas no twitter. Sabendo qual assunto está em alta, você pode planejar melhor o seu conteúdo e as mensagens que irá usar para divulgá-lo.

O twitter tem outras duas ramificações, o Twitpic para fotos e o Twitvid para vídeos. Essas pequenas plataformas abrem o caminho para você investir em fotos e vídeos legais, que também são formas de induzir o compartilhamento!

Melhorando as fotos do Instagram

Conhecida como a rede social para postar fotos, o Instagram também permite postar vídeos e compartilhar via Facebook, Twitter, Foursquare e Tumblr.

Uma dos grandes atrativos do Instagram é a variedade de filtros e efeitos disponíveis para suas fotos. Busque adequar o filtro com a linguagem de sua foto, por exemplo: se a foto é você na praia, use filtros com a temperatura quente para combinar com o verão.

Se é uma foto de chuva, o bom e velho preto e branco dá aquela cara de blasé. Esses elementos ajudam no envolvimento dos usuários!

Colocar tags nas descrições das imagens também é uma boa ferramenta para que outros usuários encontrem suas imagens por meio de busca, mesmo que os donos das fotos não estejam te seguindo. Dessa forma, abuse das #hashtags!

Criando conteúdo para o LinkedIn

O LinkedIn é uma rede social corporativa. Ao contrário da maioria das outras, ele foi criada para o networking corporativo e o conteúdo que gera engajamento por lá é bem diferente.

Os usuários dessa rede social procuram por posts que vão ajudá-los em seus objetivos profissionais. Por isso, as chamadas dos posts precisam deixar claro o valor que aquele conteúdo tem para o usuário.

Memes, gifs e posts mais informais não fazem tanto sucesso nesse lugar, mas replicar as postagens de blogs através das publicações dentro do LinkedIn é uma excelente ideia!

Cuidado com os erros gramaticais!

Você é daquelas pessoas que costuma usar termos abreviados e é desligado quanto ao uso gramatical correto nas redes sociais? Saiba que a ortografia é essencial para a credibilidade do seu conteúdo!

Uma escrita desleixada, só porque está no mundo digital, é a certeza de construir uma imagem com imperfeições no longo prazo.

Compartilhar um conteúdo significa incluir a palavra do usuário no processo, e estar em conformidade com as normas gramaticais é uma prescrição de caráter geral.

Provavelmente você já se deparou com erros gritantes, de te fazer sentir vergonha pelo indivíduo que escreveu aquilo. Isto mina a sua credibilidade e derruba suas chances de ganhar audiência! De fato, ninguém quer compartilhar uma coisa mal escrita logo na apresentação.

E então, o que achou das nossas dicas? Pronto para fazer seu conteúdo bombar nas redes sociais? Deixe um comentário e conte sua experiência para a gente!

Estratégias de Redes Sociais para FreelancersPowered by Rock Convert

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *