Por Amanda Gusmão

Amante do homeoffice, geek old school e mãe de dois pequenos padawans.

Publicado em 30/10/2019. | Atualizado em 25/10/2019


Você precisa saber como atualizar o LinkedIn em diferentes situações para não cometer aquelas gafes profissionais que podem queimar sua reputação no mercado, sabia? Conheça algumas dicas.

Sejamos sinceros, existem muitas coisas na nossa vida que precisam daquele upgrading básico, mas, em vez de fazer isso, fritamos nosso cérebro criando justificativas por não fazê-los. Não troquei o pneu do carro porque não está chovendo ou não mudei meu perfil porque não sei como atualizar o LinkedIn.

Carro, roupas, foto do perfil do Facebook, corte de cabelo e tênis de corrida. Você não imagina como a tecnologia de um tênis de 10 anos atrás pode ser incrivelmente ultrapassada.

Com o seu perfil do LinkedIn não é diferente. Aliás, tudo que está contido nele, como o resumo e suas conexões também podem adquirir esse status, ultrapassadinho, sabe como é? Mas vamos concentrar no profile para a gente brilhar nas dicas.

Pensa comigo: sua carreira está sempre progredindo, mesmo que você não perceba isso. Estando ou não no mesmo status profissional, novos cursos, conexões, leituras relevantes, participação em palestras, ganho de performance em suas metas e muitas outras conquistas merecem um lugarzinho novo em seu LinkedIn.

Mas, é claro, é preciso colocar um pouco de estratégia aí nesse conteúdo sobre você, ou seja, fazer a sua gestão de branding pessoal. O que quero explicar é que você vai precisar definir onde quer chegar para definir o que e como publicar.

Se você está procurando por um trabalho novo, começando em um hoje mesmo ou querendo captar clientes para fazer trabalhos freelancer, precisa mandar mensagens e construir imagens diferentes, certo?

Então, para ajudar na atualização do seu LinkedIn de forma bem estratégica, preparamos um material que segue justamente essas fases profissionais. Se liga.

Por que deixar seu LinkedIn atualizado é tão importante?

Existem duas razões para isso, uma racional e a outra, nem tanto. Melhor, uma prática, afinal de contas, quando você insere novos conhecimentos e habilidades, recrutadores e potenciais clientes vão ficar sabendo sobre elas, certo?

Manter um perfil com seu atual cargo não garante que alguém que esteja visitando seu LinkedIn compreenda todos os conhecimentos que possui, afinal de contas, nem sempre estamos em uma função que utiliza todas as nossas capacidades e habilidades.

Além disso, conquistas profissionais, como fazer parte de um projeto especial, envolver-se com ações sociais da empresa ou coisas do tipo também demonstram que você está em constante movimento e aprendizagem, e não estagnado atrás de qualquer computador por aí.

A outra razão, aquela que não é tão racional assim, está relacionada ao exercício de reflexão que você precisará fazer considerando os rumos que sua carreira está tomando. É isso mesmo que você planejou?

Muito bem, agora que estamos entendidos que atualizar o LinkedIn é uma prioridade na sua vida profissional (alô pessoal do pneu velho e careca, segurança no trânsito também é, viu?!), vamos considerar diferentes momentos e suas estratégias.

Como atualizar o LinkedIn se eu for um recém-contratado?

Se você vai mudar de emprego na semana que vem, vale fazer dois movimentos importantes na sua timeline do LinkedIn. No primeiro, exercer a gratidão e aproveitar o momento para listar algumas de suas conquistas no antigo cargo. Algo assim:

Olá, hoje é meu último dia na EMPRESA onde fecho mais um ciclo. Gostaria de agradecer a oportunidade e o aprendizado que pude adquirir na gestão do Sr. GESTOR e toda sua equipe. Tenho muito orgulho de ter conquistado o prêmio de melhor estratégia de marketing do grupo, assim como ter gerenciado a conta de clientes premium nesse período. Obrigada, time! Levo para minha caminhada tudo que compartilhamos de conhecimento.

Numa sequência não muito demorada para não perder o timing depois do suspense das “cenas dos próximos capítulos”, faça um novo post como:

Estou muit@ feliz em comunicar que sou o mais novo membro do time da EMPRESA! O time do Sr. GESTOR me receberá nos próximos dias, mas já estou ansios@ para iniciar minhas funções como NOVO CARGO e atuar em equipe para conquistar ótimos resultados para o negócio.

Nas duas situações, você pode marcar as pessoas envolvidas, tanto para, de fato, agradecer pela oportunidade de trabalhar junto, como também para iniciar o fortalecimento de sua nova rede de contatos.

No primeiro dia de trabalho?

Esse primeiro dia, ou semana, é chamado de onboarding em muitas empresas, sabia? É como se você estivesse embarcando em uma nova jornada. Por isso, nada melhor do que fazer seu “check-in”, certo?

Parece, mas não é um trocadilho. Ainda que você esteja nessa fase de adaptação, já pode inserir no seu profile o nome da sua empresa e cargo que ocupará. Isso gerará um comunicado para todo seu networking atual, que agora saberá onde te encontrar.

Você também pode colocar comentários e até piadinhas leves sobre alguma situação inusitada desse início, como dizer o que achou do café da cantina ou que chegou na empresa ficando preso no elevador logo de cara, continuando o comentário afirmando não se importar porque lá era bem agradável.

Depois de passar um tempo por lá?

As atualizações realizadas depois de um ou mais ano de empresas devem se relacionar a conquistas internas, cursos realizados, eventos que você participou e outras formações que estejam em andamento.

Você também pode fazer publicações de notícias sobre a empresa que tenham relação com sua atividade desempenhada, demonstrando nos comentários, mais uma vez, seu orgulho de ter contribuído para aquele resultado.

Não se esqueça, você precisa manter seu currículo e conhecimentos sempre atualizados. Ou seja, invista em cursos online gratuitos como o da Universidade Rock Content, atualize-se em línguas estrangeiras, participe de eventos do setor, encontro de profissionais com a mesma formação etc.

Escrever um blog, participar de entrevistas, ser mencionado no trabalho acadêmico de algum estagiário da empresa e demais situações parecidas também são válidas, viu?

Promoção profissional? Eu li promoção?

Foi promovido? O LinkedIn já pensou nisso por você, então, basta selecionar no sistema qual seu novo cargo e sua atualização já é feita imediatamente.

Para dar um destaque maior a essa conquista, é interessante fazer uma postagem mencionando um pequeno histórico dos fatos que te levaram até lá. Sem exageros aos seus méritos para não parecer soberba com outros colegas e profissionais, ok?

Ah, tem uma super dica quando isso acontecer também. A ferramenta de solicitar recomendações está sempre disponível para os usuários, certo? Mas nesse momento em que você está em alta vale super à pena fazer uma abordagem a colegas e até mesmo ao seu gestor para que eles façam relatos sobre suas habilidades.

Ao sair de um trabalho

É preciso entender, porém, que algumas histórias de amor acabam, certo? Mas, antes de sair terminando tudo, é importante primeiramente arrumar um novo amor. Chega de figuras de imagem, estamos falando, obviamente, de quando você quer sair da organização e procurar outras oportunidades no mercado.

Para isso, é importante tomar alguns cuidados para que sua empresa atual não fique sabendo desse desejo, certo? A primeira medida, então, é desabilitar os avisos de atualização dos seus dados da rede social.

Nas configurações de privacidade e segurança você pode sinalizar que os recrutadores podem saber que você está procurando ou aberto para novas oportunidades, por exemplo.

Com as atualizações desabilitadas, você também pode alterar a descrição do seu cargo para que ela fique mais ampla. Assim, em vez de redator especialista em marketing digital, você pode deixar algo como produtor e estrategista de conteúdos digitais.

Em busca de recolocação

Se você não está trabalhando em nenhuma empresa, não precisa fazer essa procura de forma tão tímida, não é mesmo? Dessa forma, pode colocar no seu perfil que está procurando oportunidades e em sua descrição, com qual tipo de empresas e clientes gostaria de trabalhar.

Ah, sim! Pedir recomendações nessa hora também vai ser muito importante, viu? Por isso, se ainda não fez, a hora é essa!

Viu? Agora você já sabe como atualizar o LinkedIn em diversas situações profissionais, mas, adivinha só? Os recrutadores e clientes podem estar de olho no seu perfil de outras redes sociais! Calma, pensa pelo lado positivo, pode ser a oportunidade batendo na sua porta.

E é uma oportunidade tão boa, que não podemos deixar de contribuir. Vamos liberar para você um material rico que vai te ajudar a se promover por lá. Gostou? Então baixe aqui, gratuitamente, o ebook de estratégias de redes sociais para freelancer.

Estratégias de Redes Sociais para FreelancersPowered by Rock Convert

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *