Uma pilha de dinheiro salvo com técnicas para cobrar mais e melhor

Como cobrar mais e melhor: 6 ideias criativas para melhorar a percepção de valor dos seus clientes!

Cobrar mais significa oferecer um excelente trabalho em troca para os seus clientes. Para chegar lá, é preciso valorizar o próprio trabalho corretamente e ter organização financeira.
Imersão Freelancer - maior curso online gratuito do BrasilPowered by Rock Convert

Você começou a trabalhar como freelancer há algum tempo, produzindo conteúdo para a web para complementar sua renda? Está planejando se estabelecer ainda mais firmemente como freelancer e, quem sabe, até mesmo viver apenas disso?

Para isso, além de talento e dedicação também é preciso saber cobrar mais dos seus clientes. Afinal, conforme você ganha experiência e seu trabalho cresce em qualidade, nada mais natural do que começar a receber mais, não é mesmo?

Entretanto, para conseguir convencer o cliente de que o conteúdo que você produz vale esse investimento maior, você precisa transmitir confiança e credibilidade para ele. Isso pode ser feito por meio de transparência e alguns diferenciais, que agregam valor ao seu trabalho e justificam que você cobre mais.

Quer ficar por dentro do assunto? Conheça agora as 6 melhores dicas para cobrar mais dos clientes com criatividade e mãos à obra!

1. Capriche no seu currículo

Apresentar seu currículo e/ou portfólio para o cliente dará a ele a certeza de que está contratando um profissional capacitado. Os freelancers conquistam um espaço cada vez maior e mais relevante no mercado, mas muitos clientes ainda apresentam uma certa desconfiança e resistência quanto a esse modo de trabalho.

Além disso, a produção de conteúdo é vista por muitas pessoas que desconhecem o assunto como sendo uma tarefa simples, que qualquer um pode fazer. Assim, não querem ceder uma parcela grande do orçamento para fortalecer sua presença na internet, identidade gráfica, marketing de conteúdo, etc.

Ao caprichar no currículo e apresentar trabalhos prévios de qualidade para o cliente, ele perceberá estar diante de um profissional sério, talentoso e de confiança. A partir daí, ficará bem mais interessado em negociar valores e fechar o serviço pelo preço solicitado por você, pois saberá que o conteúdo entregue valerá a pena.

2. Ofereça serviços adicionais

Oferecer serviços adicionais aos seus clientes coloca você um passo à frente da concorrência. Além do trabalho extra propriamente dito, a oferta de adicionais também transmite comprometimento, dedicação e interesse pelo cliente, que se sentirá reconhecido por você e, consequentemente, mais próximo.

Por exemplo, o design de um site pode incluir fotografias, identidade visual, produção de conteúdo textual e o que mais você for capaz de oferecer. Se você for gerenciar as redes sociais dos clientes, pode criar também conteúdo especial para cada uma delas.

Esse serviço completo certamente merece um pagamento bem mais alto do que apenas uma das demandas, mas provavelmente sairá mais barato para o cliente do que contratar um freelancer para cada tarefa.

Além disso, como ele já encontrou um profissional de confiança e com as habilidades que busca, pode solucionar todas as suas necessidades de uma vez. Mas se ele achar que o valor está muito alto, você pode ir eliminando os adicionais até que vocês dois cheguem ao melhor equilíbrio possível entre serviço e valor.

3. Mostre para o cliente que você se importa

Além de oferecer serviços adicionais cobrados, você também pode incluir alguns “mimos” básicos e fáceis de fazer, mas que vão criar uma sensação muito positiva no cliente. Ao desenvolver um logotipo, por exemplo, entregue-o ao cliente em diversos formatos e tamanhos para que ele possa usá-lo onde e como quiser.

Também é interessante manter um backup de todos os seus trabalhos. Além de enriquecer seu portfólio, isso poderá ser a salvação quando um cliente entrar em contato meses depois da entrega de um serviço, desesperado porque perdeu o arquivo original que não havia salvo em nenhum outro lugar. Se você acabar com o pânico do cliente ao anunciar que mandará o conteúdo para ele, será o herói da história — e, pode ter certeza, seu cliente jamais esquecerá isso!

Da mesma forma, fique de olho no cliente e solicite um follow-up. Pergunte como o site que você desenhou está indo, o que os clientes estão achando da nova identidade visual ou como foram os resultados daquele ebook. Seus clientes se sentirão especiais diante do seu cuidado e interesse e perceberão que você continua disponível para eles.

4. Garanta exclusividade em relação aos concorrentes

O cliente ficou encantado por seu portfólio, a conversa inicial fluiu superbem e ele tem certeza de que você é o profissional perfeito para produzir o conteúdo de que ele precisa. Mas e se o concorrente dele tiver a mesma ideia de contratar você e aparecer com uma demanda ainda mais incrível?

Para deixar seu trabalho ainda mais especial e garantir ao cliente que você realmente será capaz de diferenciá-lo da concorrência, garanta a exclusividade do seu serviço!

Ao excluir a possibilidade de conseguir trabalhos futuros com a concorrência, seu cliente se sentirá especial e saberá que, em sua fatia do mercado, somente ele terá acesso à qualidade e à originalidade dos conteúdos que você produz.

5. Valorize a comunicação com o cliente

Especialmente para quem trabalha exclusivamente pela web, valorizar a boa comunicação com o cliente é imprescindível. Afinal, para se dar bem na internet, a rapidez e a eficiência são fundamentais. Ninguém gosta de esperar três dias pela resposta de um e-mail ou contato nas redes sociais, não é mesmo?

Além da rapidez e da disponibilidade, também é muito importante que você invista em uma linguagem clara, respeitosa e profissional. Isso estabelece sua credibilidade e transmite confiança para o cliente. Além disso, a clareza também é fundamental para que vocês se entendam e consigam trabalhar juntos.

Portanto, se você tiver dúvidas quanto às solicitações do cliente ou se perceber de antemão que ele deseja resultados impossíveis a partir do conteúdo encomendado, esclareça isso o quanto antes. A transparência é a chave para construir uma relação de confiança e respeito mútuo entre os dois lados de uma negociação.

6. Seja responsável e eficiente

Pode parecer uma dica básica, mas não se engane: a responsabilidade e a eficiência levarão você longe na hora de cobrar mais dos clientes.

Afinal, por mais que os freelancers estejam ganhando espaço, há uma flexibilidade maior no fato de você trabalhar por conta própria e pela internet. Muitas pessoas mal intencionadas se aproveitam disso para atrasar entregas, sumir depois de fechar negócio, não responder e-mails, entregar conteúdos mal feitos, etc.

Portanto, jamais deixe de valorizar sua reputação enquanto profissional e de respeitar o cliente. Ao definir com ele qual será o trabalho, já estabeleça um prazo e se dedique a cumpri-lo. Entregue o conteúdo que o cliente solicitou e à altura de suas expectativas.

É claro que fazer alguns ajustes no conteúdo para que ele fique ideal é relativamente comum — e isso não é um problema! Entretanto, se você produzir algo muito abaixo da qualidade prometida ou sem as características combinadas, o cliente ficará com uma péssima impressão e dificilmente voltará a solicitar seus serviços.

Pronto para colocar nossas dicas em prática e cobrar mais de seus clientes? Se quiser uma forma mais prática e direta para isso, confira a nossa Calculadora de Preços para Freelancers!

Quanto cobrar pelo freela? Descubra na Calculadora de Preços para Freelancers