ceia de natal freelancer

Ceia de Natal Freelancer: 3 formas de escapar das perguntas da família sobre o seu trabalho

É freelancer e não sabe como explicar o que você faz para sua família? Apresentamos três técnicas para superar esse desafio!
Imersão Freelancer - maior curso online gratuito do BrasilPowered by Rock Convert

Ah, a Ceia de Natal! Aquele momento delicioso com a família, regado a comidas calóricas e pequenos constrangimentos…

Afinal, quem nunca se deliciou com um pedaço de tender com uva passa ouvindo a tia que veio do interior falar do filho que passou num concurso federal disputadíssimo, enquanto sua mãe se queixa que você “fica só enfiado no quarto, não sei o que tanto faz naquele computador“?

Aquele momento saboreando uma taça de cidra de qualidade questionável enquanto os sogros perguntavam pela milésima vez se quando você voltaria para o escritório com certeza se transformará numa linda recordação!

Mas, para o caso de você querer uma Ceia de Natal um pouco mais tranquila este ano, preparamos esse artigo para te ajudar a driblar todos os questionamentos dos parentes sobre seu trabalho.

Ou melhor, um manual para transformar essas perguntas no entretenimento da noite — não disse para quem, rs.

Técnica nº1: A reunião surpresa

Você está na mesa partindo uma belíssima fatia de peru quando seu primo pergunta, como quem não quer nada: o que você faz mesmo, hein?

Em celebrações normais, como o Dia da Independência, você responderia algo como “escrevo os textos que você encontra no Google” na esperança de matar a conversa por ali mesmo e mastigar sua comida em paz. Mas por que não transformar essa pergunta natalina supostamente inocente em uma reunião de negócios?

Ao invés de responder o que você faz, retorne a pergunta com um: você estaria interessado em ganhar dinheiro sem sair de casa? As possibilidades são infinitas e, por um baixíssimo investimento, você pode triplicar os seus ganhos em apenas um mês!!!

Logo outro familiar curioso também vai querer saber do que diabos vocês estão falando e você poderá recrutar mais um para a sua reunião. O segredo é sempre gerar curiosidade e fazer muitas promessas, mas nunca explicar exatamente como funciona.

Tudo bem que talvez na altura do Reveillón a ficha tenha caído e você seja mais desprezado na família do que aquele outro primo que tentou convocar a parentada toda para um esquema de pirâmide…

Mas veja pelo lado positivo! Se tudo der certo, ninguém nunca mais vai te perguntar nada.

Técnica nº2: Nasce uma estrela

Sim, eu sei. Quando a vó resolve interromper a sobremesa para perguntar como está a nossa carreira, todos nós ficamos num dilema: como se livrar da berlinda sem fazer grosserias com quem nos dá tanto amor e comida gostosa?

É simples: diga que descobriu seu verdadeiro talento e que gostaria de fazer uma apresentação exclusiva para ela e toda a família!

Isso mesmo! Arraste o sofá, coloque aquele gorrinho de Papai Noel na cabeça e comece a dançar/cantar/atuar ou fazer qualquer outra coisa em que você seja realmente terrível — essa parte do terrível é muito importante — como um doido.

Como sua família torce pelo seu bem (espera-se que sim), todos irão aplaudir e distribuir sorrisos amarelos, inclusive sua avó, que provavelmente elogiará a performance como toda avó orgulhosa. E assim você estará mais uma vez livre de explicar como paga suas contas.

O melhor dessa desculpa é que ela é autossuficiente. Afinal, se você começar a dançar/cantar/atuar de novo toda vez que alguém perguntar sobre seu trabalho, com o tempo os parentes deixarão de perguntar.

Claro que sempre tem o risco de alguém filmar o seu showzinho e colocar no YouTube, mas vai que você viraliza e realmente emplaca uma carreira artística, hein?

Técnica nº3: É muito complex, você não understand

Toda família tem um parente entendido de tudo que ama termos técnicos e distribui estrangeirismos como deveria distribuir presentes bons no amigo oculto de R$ 50, em que, claramente, ele gastou R$ 30.

Acontece que, por coincidência, na maioria das famílias esse parente também é sutilmente evitado. Isso porque, embora ninguém confesse, não existe uma pessoa que entende bem o que ele fala (eu nunca entendo).

Então por que não fazer o mesmo jogo? Quando o assunto carreira surgir na hora da Ceia de Natal, antecipe-se às perguntas e comece a contar detalhadamente uma situação complicada que viveu tratando de soltar palavras como SEO, copywriting e storytelling no meio.

Na hora em que todos começarem a se remexer na cadeira de jantar visivelmente incomodados, conte que “na semana passada, precisei olhar o SEO do meu copywriting porque a keyword não estava sendo aceita pelo dashboard e eu precisava enviar o job até às 17 horas por conta do deadline. Foi um sufoco!

Em seguida, pegue uma taça de cidra e molhe a boca com um olhar distante, como quem carrega o peso do mundo nos ombros. Você não apenas se livrará de perguntas, como ganhará a admiração do outro parente chato — talvez uma fama de entendido ainda maior!

Imersão Freelancer: 11 videoaulas gratuitas para te ajudar a ter sucesso como freela

Técnica Bônus: Profissão perigo

Da próxima vez que um familiar perguntar durante a Ceia de Natal o que é que você faz, responda que não pode contar, pois estaria colocando toda a família em risco.

Quando todos começarem a rir achando que você está brincando, mantenha a pose séria, olhe para os lados como se ninjas fossem entrar pela janela a qualquer momento e solte um “tudo que fazemos na internet é monitorado e eles estão de olho“.

É primordial também que você abra o computador durante a festa, digite em códigos e comente sobre uma coisa muito complexa, como cryptomoeda ou o vazamento de dados do Facebook.

Usar óculos escuros à mesa e receber uma ligação falsa sobre “aquele assunto confidencial” também é considerado de bom tom nesses casos, segundo a etiqueta dos empregos secretos e perigosos.

E então, numa comemoração familiar não muito distante, a simples menção do seu emprego deixará todo mundo em estado de choque. Como assim sua tia tem a audácia de arriscar a segurança de todos para saber exatamente o que você faz? Ela não sabe que esse assunto é proibido?

Ao que algum parente mais ajuizado responderá, , num sussurro tenso e misterioso: “fulano trabalha com umas coisas secretas de internet, mas não falamos sobre isso“. E todos voltarão a cuidar das próprias vidas, com uma pontinha de curiosidade remanescente.

Ou, se decidir ser bonzinho ou boazinha e realmente explicar o que faz, você pode simplesmente indicar para toda a família o nosso ebook com 12 histórias de freelancers Rock Content bem-sucedidos!

Basta clicar aqui para espalhar a palavra do freelancing com a mesma velocidade com que as fake news chegam no grupo da família. 😉