Por Rafael Milagre

Marketing na Rock Content, apaixonado por futebol, tecnologia e startups

Publicado em 08/12/2014. | Atualizado em 16/06/2017


Devido à grande quantidade de informações que os internautas recebem diariamente, um redator web precisa descobrir alguns segredos para que a sua informação seja lida pelo seu público. Para se ter uma ideia, em 2001, de acordo com uma pesquisa divulgada pela revista americana, Consumer Reports, das 247 mensagens que um usuário da internet recebia por dia, […]

Devido à grande quantidade de informações que os internautas recebem diariamente, um redator web precisa descobrir alguns segredos para que a sua informação seja lida pelo seu público. Para se ter uma ideia, em 2001, de acordo com uma pesquisa divulgada pela revista americana, Consumer Reports, das 247 mensagens que um usuário da internet recebia por dia, apenas metade delas eles davam atenção. Sim, o número é assustador!

Porém, para a sua tranquilidade, há uma ótima maneira de fazer o seu conteúdo ser visualizado por várias pessoas. Não há dúvida: você precisa chamar atenção e, nada melhor, que um bom título para conseguir alcançar esse objetivo.

No entanto, para conseguir chamar a atenção das pessoas, é necessário que você entenda não só as necessidades do mercado, mas também como o seu anúncio está sendo recebido pelo público. A opinião das pessoas pode ser verificada através de Feedback e estudos qualitativos. Saber o que o público pensa é muito importante, pois, assim, você vai conseguir utilizar melhor as 4 características de títulos que convertem muito.

Antes de ler as dicas, é importante ressaltar para você, que as técnicas que serão citadas não são efetivas em todas as situações. Todavia, funcionam na maioria das tentativas, por isso, vale muito a pena arriscar. Destacar esse detalhe é importante porque este artigo irá te dar vários caminhos, mas o resultado pode ser diferente, afinal, você conhece o seu público melhor que a gente, não é mesmo?

Característica #4: Use os números

Não! Não é erro de digitação. Continue lendo o texto para descobrir porque a contagem começou pelo número quatro. Porém, antes, é necessário explicar a importância dos números para os títulos.

Para conseguir ganhar muitos cliques, use títulos com listas numeradas como, por exemplo: “8 dicas para você conseguir ter sucesso no emprego” ou “descubra 10 maneiras de fazer um bom conteúdo para o seu blog”. Estudos da área comprovam que os títulos que possuem essas características são muito aceitas pelos leitores. É só observar. Constantemente é possível ver títulos desses modelos tanto no Facebook como no Twitter.

Segundo o Content Marketing Institute, no título, os números pares são mais poderosos que os ímpares, pois apresentam 20% de chance a mais de serem lidas. O Instituto ainda publicou em seu relatório que um título que possui número tem 30% de chance de conversão do que os que não possuem. Mas por que eles dão resultados? É uma resposta muito complicada para inserir neste texto, internauta, afinal, envolve muitos conceitos de psicologia e economia de comportamento.

O mais importante, quando você for usar os números, é conhecer o contexto da situação e como eles são usados. Em algumas culturas, por exemplo, acredita-se que um número maior significa uma coisa melhor, por causa disso, o marketing tem abusado dessa informação. Profissionais optam por números maiores do que os menores. É muito comum encontrar anúncios como: garantia de 90 dias ao invés de três meses, plano de 120 minutos ao invés de falar duas horas.

Lembra que o artigo começou com a dica de número 4? Então, não foi uma simples escolha. Na verdade, seguimos a orientação dos pesquisadores Amos Tversky e Danial Kahneman. De acordo com eles, as ordens como os autores colocam os números pode influenciar bastante na percepção das pessoas. Ainda de acordo com o estudo desses profissionais, adotando essa estratégia, o leitor irá ler o texto até o final, já que irá esperar por uma boa notícia quando chegar na dica de número 1.

Característica #3: Não escreva um testamento

Os títulos que possuem entre 5 a 9 palavras  têm maiores chances de conversão. Esses números não foram escolhidos por acaso. George A.Miller of Princeton escreveu, em 1952, um dos estudos mais importantes da área da psicologia. Para ele, o ser humano consegue guardar sete objetos na mente. Há uma margem de erro, que pode ser dois para cima ou dois para baixo.

A pesquisa de Jakob Nielsen também ressalta a importância de textos curtos. Para ele, o leitor dá importância para as três primeiras e três últimas palavras de cada título. Por isso, escreva o essencial. Adote aquela velha máxima: usar o mínimo de palavras para o máximo de informações.

Característica #2: Títulos são negativos

Você já deve ter feito a seguinte pergunta: por que jornais, revistas e sites publicam apenas noticia negativas? A resposta é simples: reportagens positivas não vendem. De acordo com pesquisas, as palavras perder, matar, medo, escuro, sangrar e guerra têm resultados melhores que seus antônimos.

Os estudos da área ainda apontam que os leitores não acreditam naqueles títulos que são positivos. Por incrível que pareça, para eles, os títulos negativos têm mais chances de serem imparciais e autênticos. Resumindo: se quiser ter resultado, abuse de títulos negativos.

Característica #1: O título tem duas partes

Isso mesmo! Para você conseguir maior número de conversões com o seu link, use uma tese e também uma antítese. Os títulos que indicam um subtítulo com dois pontos ou hífen tem 9% de chances de ter uma performance melhor daqueles que não possuem essas características. A regra é clara: um bom título não é suficiente. Você precisa de um subtítulo com qualidade para atrair o seu público.

Essas são apenas algumas dicas para aproveitar mais o potencial dos títulos na hora de escrever seu artigo. Que tal colocá-las em prática e nos contar o resultado?

curso-redação-web

Posts populares com esse assunto