Por Mateus Pimenta

Redator e revisor web, leitor profissional e aspirante a Jedi consular.

Publicado em 08/08/2019. | Atualizado em 30/08/2019


Os freelas não precisam girar tanto dinheiro quanto uma pequena ou média empresa. Entretanto, é normal acontecer de certas tarefas levarem mais tempo para serem aprovadas, e é aí que entra a utilidade do capital de giro para freelancers.

Na CLT, existe um dia definido para o profissional receber o salário. Por isso, ele organiza as datas de vencimento das contas de uma forma que seja possível pagar tudo em dia. Para os freelancers, porém, os pagamentos vão chegando aos poucos, algumas vezes, com um prazo maior do que o ideal.

Assim, é comum passar pela situação de ver tarefas aguardando a aprovação do cliente há várias semanas, enquanto estamos precisando de um dinheirinho para passear com a turma no sábado. Mas pense bem: se você fosse uma empresa, como lidaria com esses prazos de pagamentos? Usaria o capital de giro para freelancers, é claro!

Se você ainda não sabe o que é capital de giro, vai entender neste post. Em especial, verá que o mesmo princípio pode ser aplicado nas suas finanças pessoais, de forma que nunca mais precise se preocupar com os prazos de aprovação das suas tarefas.

Gostou da ideia? Então, leia este artigo todinho e com atenção!

O que é capital de giro?

Esse é o nome daquele valor que as empresas precisam ter na conta bancária para cuidar das despesas do dia a dia.

Imagine que você tenha uma pequena papelaria. Dentro da loja existe um bom valor em forma de mercadorias, não é verdade? Pense também nas vendas realizadas em cartões de débito e crédito que o banco ainda não liberou. Deve dar um bom dinheiro, certo?

Ainda assim, de que vale tudo isso se você tem que pagar hoje mesmo a conta de luz da loja no valor de R$400,00 e, na gaveta do caixa, só há R$150,00? É só usar o capital de giro!

Ele está guardadinho lá no banco para você pagar essas contas do dia a dia, até que as mercadorias virem dinheiro ou você receba os valores da máquina de cartão, entende?

O que isso tem a ver com os freelancers?

Os freelancers têm a vantagem de não precisar girar tanto dinheiro quanto uma pequena ou média empresa. Entretanto, é normal acontecer de certas tarefas levarem mais tempo para serem aprovadas.

Nessa situação, é importante ter um valor reservado para que você consiga lidar com os seus compromissos financeiros, mesmo sem receber todo o valor esperado.

Na verdade, esse capital de giro para freelancers funciona como um cheque especial, só que sem os juros que comem você pela perna. Essa é a solução para lidar com eventuais atrasos na aprovação das tarefas, sem precisar mexer na reserva de emergência.

Powered by Rock Convert

Como funciona na prática o capital de giro para freelancers?

Separe as finanças particulares das empresariais

Um dos princípios da organização financeira nos negócios é a movimentação separada das finanças particulares e empresariais, o que envolve manter uma conta bancária separada para a empresa.

Se você tem conta no banco Inter, por exemplo, abrir uma conta MEI é muito simples e o procedimento é realizado em poucos minutos. Caso você não seja um microempreendedor individual, pode abrir mais uma conta em outro banco digital que não cobre tarifas.

Em seguida, você deve destinar uma conta só para receber os pagamentos. E para fins de organização, enteentenda que esses pagamentos que caem no decorrer do mês pertencem à empresa, e não a você, ok?

Aproveite para conferir outros conteúdos sobre Finanças Pessoais! 💰
Ted ou Doc: qual é a diferença e qual o melhor para transferir?
Planejamento Financeiro Pessoal: 9 dicas de como fazer o seu
Como Economizar Dinheiro: 10 dicas infalíveis para poupar dinheiro
O que é investimento? Tudo que você precisa saber para começar
Controle de Gastos Pessoais: 6 aplicativos e planilhas para se organizar

Seja um empregado da sua própria empresa

Torne-se um empregado da sua empresa por retirar dela um salário fixo todo mês. Essa disciplina é para o bem das finanças. Você pode até mesmo programar uma transferência mensal para que o próprio banco envie todo mês o salário para sua conta particular.

Sabe o que vai garantir que as transferências sejam feitas corretamente, mesmo que você tenha recebido um valor abaixo do esperado em determinados meses? O capital de giro, ou seja, aquele valor que estará sempre disponível para completar o valor do seu salário.

Defina o valor do seu capital de giro

Seria difícil definir um valor que funcione para todo mundo, mas a verdade é que essa quantia não precisa ser muito alta. Ela precisa ser o suficiente para salvar seu orçamento em eventuais atrasos na aprovação de tarefas.

Quanto você acha que seria o ideal no seu caso? R$150,00? R$300,00? R$500,00? Mais? Defina o valor e junte o dinheiro necessário para criar seu capital de giro. Percebe que a sua conta empresarial vai ter uma movimentação interessante?

Sempre que você retirar seu salário, restará um valor naquela conta. Assim, mesmo que a aprovação de algumas tarefas demore para sair, o capital de giro completará o seu salário. Quando os pagamentos atrasados forem liberados, o capital de giro será recomposto.

Agora, porém, vem uma questão importante.

Como acumular dinheiro para compor um capital de giro?

Venda alguma coisa que você não usa mais

Talvez você possua coisas que não usa mais, não é verdade? Móveis, instrumentos musicais e roupas podem render um bom dinheirinho. Então, anuncie esses itens em algum grupo de desapego ou no Mercado Livre e deixe os objetos cumprirem seus objetivos na vida de outras pessoas.

Intensifique seu trabalho até juntar o valor necessário

Se você tiver condições de produzir um pouco mais sem sacrificar outras coisas importantes da vida, como família e saúde, pegue mais jobs e trabalhe um pouco mais até juntar o valor necessário.

Encontre maneiras de reduzir suas despesas

Faça um levantamento detalhado de todas as suas despesas e entenda para onde seu dinheiro está indo. Com isso, talvez descubra a possibilidade de fazer algum ajuste que faça sobrar mais dinheiro no final do mês.

Será que você ainda está pagando taxas bancárias? Paga algum plano de celular ou de TV por assinatura que não está sendo bem aproveitado? Seria possível gastar menos no supermercado? Com alguns ajustes, é possível economizar um pouco para compor o seu capital de giro.

Conforme você viu neste post, não é preciso passar por apertos financeiros quando acontecem atrasos na aprovação das tarefas. O capital de giro para freelancers pode ser a solução para que você nunca mais fique frustrado com os jobs que estão aguardando aprovação há semanas.

Já que você quer manter suas finanças em ordem, uma ferramenta para ajudar no controle cairia bem, não é mesmo? Então, baixe agora mesmo a nossa planilha de controle financeiro para freelancers!

Planilha de Controle FinanceiroPowered by Rock Convert

Posts populares com esse assunto