amar as segundas-feiras

Por que é tão difícil amar as segundas-feiras?

Amar as segundas-feiras parece impossível, certo? Se você faz parte do grupo de pessoas que não quer encarar o início da semana, confira este conteúdo!
Imersão Freelancer - maior curso online gratuito do BrasilPowered by Rock Convert

Domingo, 19h, bate aquela bad só de imaginar que dali a algumas horas começa tudo de novo. Esse sentimento é familiar?

Se você for levantar um coro só de pessoas desmotivadas com o início da semana, vai contar com muitas vozes lamentando o fim do descanso e o recomeço de uma rotina corrida.

Mas por que e de onde vem toda essa aversão? Será que as pessoas são incapazes de amar as segundas-feiras? Eu, particularmente, acho que não. É mais uma questão de organização e mudança de ponto de vista. Quer saber por que penso assim? Então, continue com a leitura e veja como mudar essa vibe!

Afinal, por que é tão difícil amar as segundas-feiras?

Se eu listar os principais motivos pelos quais as pessoas não gostam da segundona, chegarei a algumas possibilidades:

  • o fim de semana acabou;
  • o próximo está muito distante;
  • vontade de descansar mais;
  • muita coisa para resolver ao longo da semana;
  • insatisfação com o trabalho.

O fato de passar o fim de semana fazendo coisas agradáveis — dormindo bastante, maratonando uma série ou no rolê com a galera — tem um peso muito grande. A sensação de ter que encarar a realidade novamente pode pegar qualquer um.

Mas e se eu disser que essa situação pode ser contornada? É sobre isso que o tópico a seguir vai tratar!

O que é possível fazer para ter mais motivação nos dias difíceis?

A forma como você encara uma situação tem muita influência sobre suas emoções e ações. Isso quer dizer que, na prática, se você é do #TeamOdeioSegundaFeira, é bem provável que já comece a semana desmotivado ou mal-humorado — quer coisa pior?

Por isso, trago uma listinha com algumas dicas que vão ajudar a contornar o problema e, pelo menos, minimizar essa insatisfação que acomete tanta gente. Vamos lá?

Mantenha um padrão de sono

Muitas pessoas aproveitam o fim de semana para tirar o atraso do sono, que nem sempre é completo durante os dias úteis. Não sou médica para afirmar se isso é certo ou errado, mas já parou para pensar que acordar às 6h todos os dias e às 14h no sábado e no domingo não faz o menor sentido?

Fica muito mais difícil fazer o seu corpo se adaptar ao recomeço da rotina com essas grandes oscilações de horário. Se você é do tipo que precisa dormir mais horas para se sentir bem, que tal ir para a cama um pouco mais cedo?

Por outro lado, se você trabalha em horário integral e ainda divide o dia com os estudos, acho que não há muito o que fazer, não é mesmo? Mas ainda vou deixar aqui a dica de não dormir muito no domingo depois do almoço e de ir para a cama um pouco mais cedo. Assim, você levanta se sentindo um pouco melhor na segunda — e sem parecer/se sentir um zumbi.

Alimente-se bem

Você deve estar se perguntando o que a alimentação (e atividades físicas) tem a ver com o começo da semana. Mas calma que vamos chegar lá!

Sempre lemos artigos falando sobre a importância de se alimentar bem para ter mais disposição e saúde. Mas e se fugir um pouquinho da dieta for algo que vai ajudar a melhorar o seu humor na segunda pela manhã?

O importante é tomar um café da manhã bem reforçado, que vai lhe dar energia e, de quebra, tornar o dia um pouco mais alegre. Pode não ser a solução, mas acredito que já faz uma pequena diferença na forma como você encara a semana.

Tente incorporar atividades físicas à sua rotina

Ainda nesse papo de vida saudável? Sim.

Você pode passear com o seu pet por 15 minutos ao dia, levantar cedo e treinar bem ou ainda aproveitar o intervalo do almoço para praticar algum exercício.

Desde que você esteja em movimento, seu corpo libera substâncias que ajudam a combater o estresse e a depressão, diminuir o cansaço e aumentar a disposição para lidar com os seus afazeres.

Fuja do botão soneca

#QuemNunca quis mais 5 minutinhos na cama depois que o alarme despertou? O botão soneca parece crush não correspondido: é sedutor, mas não vale a pena (sério! É cilada, Bino!).

Em vez de ficar enrolando na cama por uns 15 minutos com o celular tocando por 3 vezes, é muito mais fácil você acertar o despertador para o horário em que deve mesmo começar a se arrumar. Tem dificuldade de levantar assim, de primeira? Simples: deixe o aparelho do outro lado do quarto — ou você levanta ou tem que lidar com essa coisa “gritando” na sua cabeça.

Faça uma agenda para programar a semana

É muito mais fácil começar a semana bem quando você já tem em mente todas as atividades que precisa fazer ao longo dos dias. Esse planejamento evita aquela sensação de estar perdido, com muita coisa para executar e sem saber por onde começar.

Bônus: tente fazer o mesmo com as roupas que usa para trabalhar. Se você já se organiza com antecedência, não precisa perder minutos preciosos na frente do guarda-roupas sem saber o que escolher e até mesmo ficar com mau humor por isso — e pode aproveitar esse tempo dormindo. Massa, né?

Evite reclamar e fuja dos reclamões

A reclamação é um ciclo: quanto mais praticamos, mais achamos motivos para praguejar (sim, também trabalhamos com filosofia contemporânea).

Adotar essa postura ou compartilhar seu tempo com pessoas que têm esse mau hábito é algo que pode minar a sua motivação ou deixar você ainda mais propenso ao desânimo. Resumindo, não ajuda em nada.

Não quero parecer clichê, mas tente encarar o lado positivo das situações. Pode até ser difícil, mas é uma bela forma de não se deixar abater e de não se contaminar com situações negativas.

Divirta-se um pouco

Ouça músicas de que você gosta, leia um pouco no percurso para o trabalho, tome um banho demorado ou invista naquilo que deixa você mais feliz. Chegou em casa e tem um tempinho livre? Prepare uma refeição gostosa, tome um vinho (ou uma cerveja), assista àquele filme que já está na lista há bastante tempo…

Cuidar-se também é uma forma de fazer as pazes com o início da semana (e com a vida).

Não digo que depois deste post você vai passar a amar as segundas-feiras, mas é bem provável que isso mude a forma como você lida com elas e reflita na sua postura. De certa forma, já é um grande passo para ter mais motivação, não acha?

Gostou deste post? Quer seguir carreira freelancer e melhorar suas manhãs de segunda, mas não sabe se essa vida é para você? Então, faça este teste e descubra a resposta agora mesmo!

carreira freelancer