Por Viviane Tessaroto

Publicado em 09/09/2020. | Atualizado em 04/09/2020


Quem faz um curso de Letras tem opções de atuação que vão muito além do trabalho como professor em escolas e universidades. E o Marketing de Conteúdo está entre as carreiras em alta nesse ramo. Saiba mais!

Torne-se um especialista em produção de conteúdo!Powered by Rock Convert

O profissional de Letras é aquele que tem grande afinidade com a leitura e a escrita, tanto em sua língua materna quanto em outros idiomas. Mas será que o curso de Letras só possibilita a atuação em sala de aula professor de Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Literatura, por exemplo?

Pensando nessa questão, desenvolvemos este post, que vai desmitificar a ideia de que quem se formou em Letras só pode atuar como professor ou no ramo da Educação. Continue a leitura e conheça 6 possibilidades de carreira do profissional de Letras que estão em alta.

1. Tradução

O trabalho de tradução consiste em decodificar o texto da linguagem de origem para outra. O tradutor pode trabalhar no ramo literário, traduzindo obras estrangeiras, e também prestando serviços para empresas e agências que precisam ter documentos, textos e artigos traduzidos de um idioma estrangeiro para a língua portuguesa (e vice-versa).

Embora pareça um trabalho que exige apenas aqueles conhecimentos adquiridos em escolas de idiomas, é uma atividade bastante complexa, que requer entendimento em ferramentas de tradução, além de fluência em duas ou mais línguas.

Alguns cursos de graduação em Letras oferecem ênfase em Tradução, mas, normalmente, os graduados optam por uma pós-graduação na área, o que também é um excelente caminho para uma jornada de sucesso.

2. Interpretação

O trabalho do intérprete tem certa relação com a área de tradução, mas aqui o trabalho é feito verbalmente. O intérprete é aquela pessoa que faz a tradução da fala de estrangeiros em programas de TV, congressos, palestras e transmissões ao vivo de eventos que recebem pessoas do mundo todo.

Enquanto o tradutor pode exercer seu trabalho em um tempo maior — dependendo do tamanho do material a ser traduzido —, o que possibilita fazer pesquisas sobre termos e expressões que não foram compreendidas, o intérprete faz o que muitos chamam de “tradução simultânea”.

Consiste em traduzir para outro idioma (língua portuguesa, por exemplo) o que uma pessoa está dizendo naquele instante, geralmente com transmissão ao vivo na TV ou internet. Digamos que essa é uma área para quem não tem problemas em trabalhar sob pressão.

3. Revisão

O revisor de conteúdo é o profissional que faz as adequações necessárias em textos antes de eles serem oferecidos ao público. São verificados — em livros, textos para blogs e redes sociais, peças publicitárias etc. — problemas ortográficos, erros de digitação, formatação, entre outros aspectos de escaneabilidade, mantendo as características de escrita do redator.

Dizem que o revisor é o profissional que faz ajustes em um conteúdo pronto, muitas vezes sem ser notado.

O mercado de revisão é amplo, e o profissional pode atuar em regime CLT ou como freelancer, prestando serviços para editoras, instituições de ensino (para revisar conteúdos acadêmicos) e em empresas de vários segmentos, principalmente aquelas que têm uma estratégia de Marketing Digital.

Muitas instituições oferecem cursos livres e de pós-graduação na área de revisão, o que será um diferencial para o profissional no mercado de trabalho.

4. Legendagem

A legendagem consiste em colocar texto em um conteúdo audiovisual. Sabe aquelas legendas que estão nos filmes que assistimos nas plataformas de streaming? Pois é, esse trabalho é feito pelo profissional de legendagem, também conhecido como tradutor audiovisual. A ideia é adicionar o texto ao conteúdo, mantendo o áudio original.

Assim como as outras áreas mencionadas neste texto, o ramo de legendagem, que tem certa relação com o de dublagem, dispõe de cursos de pós-graduação, já que é um trabalho que requer conhecimentos avançados tanto de língua portuguesa quanto de um segundo idioma. Além disso, a área demanda habilidades com ferramentas e técnicas de legendagem.

5. Editoração

Todo material impresso (livros, revistas, jornais, banners) ou digital (e-books e outros materiais ricos disponíveis na internet) passa (ou deveria passar) pelas mãos de um profissional de editoração.

É ele quem acompanha todas as etapas do desenvolvimento desses materiais, tais como produção, revisão textual, arte gráfica, edição e seleção dos textos a serem publicados etc. Em alguns casos, ele pode receber o material “pronto”, analisar e apresentar sugestões ao autor.

Quem deseja atuar nesse ramo pode se especializar em cursos como Comunicação Social com ênfase em Produção Editorial e trabalhar em editoras, em regime CLT ou como freelancer.

6. Marketing de Conteúdo

Você sabia que quem fez um curso de Letras pode ser um excelente produtor de conteúdo? Sim, a área de Letras tem grande relação com a de Marketing de Conteúdo, principalmente em tempos de redes sociais, blogs e sites em evidência.

O graduado em Letras pode atuar como produtor de conteúdo para empresas de qualquer segmento, desenvolvendo textos com uma linguagem adequada à persona e assuntos relevantes para a estratégia.

Imagine uma empresa do ramo de fertilizantes agrícolas, que deseja captar novos clientes. A persona dessa empresa provavelmente será um produtor rural, agricultor etc.

O profissional de Marketing de Conteúdo é quem vai elaborar a estratégia para essa empresa, desenvolvendo textos para posts, e-books e infográficos, como conteúdos relevantes, que atraiam a atenção da persona para o blog, seguindo todas as técnicas de Marketing Digital.

O produtor de conteúdo pode ser contratado pela empresa ou atuar na modalidade freelancer, prestando serviços eventualmente, de acordo com a demanda das companhias.

É importante lembrar que não basta escrever uma redação sobre determinado assunto. Os conteúdos de Marketing Digital são elaborados com base em pesquisas, informações recentes e relevantes, muitas vezes fornecidas pelo próprio cliente. Além disso, os materiais precisam ser atrativos e prender a atenção do leitor, que provavelmente vai se interessar pelos produtos e serviços oferecidos.

Mas tem trabalho mesmo?

Com o aumento da demanda por profissionais desse ramo, várias instituições de ensino já oferecem cursos de graduação e pós-graduação em Marketing de Conteúdo, para que o mercado disponha de trabalhadores cada vez mais qualificados.

É uma área em que uma especialização será um grande diferencial, já que esse tipo de conteúdo deve ser desenvolvido obedecendo às regras de SEO e à estratégia de marketing de cada cliente.

Como vimos, quem concluiu um curso de Letras tem um vasto campo de trabalho a ser explorado, o qual vai muito além do trabalho como professor. Basta escolher uma oportunidade e buscar especializações na área para ser um profissional de muito sucesso.

Acha que a área de Marketing Digital pode ser excelente para a sua carreira? Então, que tal conhecer os cursos da Rock University e começar a se especializar nesse segmento?

Cursos da Rock UniversityPowered by Rock Convert

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *