Por Redator Rock Content

um dos freelancers da Comunidade. Seja também um redator!

Publicado em 23/08/2017. | Atualizado em 23/08/2017


Sua escrita é orientada para as vendas? Descubra a forma e o momento certo de fazer uma abordagem comercial!

Torne-se um especialista em produção de conteúdo!Powered by Rock Convert

Todo o conteúdo dentro de uma estratégia de Inbound Marketing, obviamente, possui um objetivo de aquisição  de tráfego e/ou conversão. Porém, isso não é desculpa para que o seu texto pareça um anúncio de uma grande loja de eletrodomésticos.

Então, como escrever um artigo com abordagem comercial sem soar forçado? Descubra de uma vez por todas com as nossas dicas matadoras:

Apresente histórias reais, de clientes reais

Nada mais natural do que desconfiarmos dos argumentos de quem tenta nos vender algo. Acreditamos que aquela pessoa falará tudo que for possível para agradar nossos ouvidos e realizar a venda, talvez até mentir.

Esse é o grande problema quando a abordagem comercial é feita de maneira exagerada em um conteúdo.

A melhor forma de driblar essa desconfiança é simplesmente não falarmos sobre o produto e, sim, deixarmos os clientes e usuários satisfeitos falarem.

Depoimentos de pessoas que usaram o produto ou serviço que você está comercializando são uma das formas de conteúdo mais eficazes para vendas.

Desenvolva uma lista de 3 a 7 clientes que obtiveram resultados particularmente bons. Depois, selecione ao menos um para realizar uma entrevista.

Durante a entrevista tente obter cerca de 3 ou 4 citações diretas do cliente sobre como a empresa o ajudou a solucionar um problema.

Produza o conteúdo de uma forma que a sua persona consiga se identificar com a história daquele cliente e enxergue, no seu serviço ou produto, a solução que ele também precisa.

Não exagere nos adjetivos

Um dos segredos de uma boa escrita é ir direto ao ponto. Ernest Hemingway é considerado um dos escritores de narrativa mais envolvente. Seu estilo literário é marcado pelo uso de sentenças curtas que vão direto ao ponto, sem floreios.

Corte a maioria dos adjetivos e advérbios do seu texto. Eles não adicionam informações, apenas ocupam espaço e diminuem as chances de engajamento do leitor com o conteúdo.

Ao se trabalhar um artigo com abordagem comercial, o cuidado com o uso de adjetivos deve ser redobrado. Não diga que o produto ou serviço é incrível. Descreva o que ele pode fazer e deixe que o leitor tire suas próprias conclusões.

Saiba usar os argumentos certos nos momentos certos

Um grande erro ao se trabalhar com Inbound Marketing é produzir todos os conteúdos com foco na conversão final do lead — a venda.

No primeiro contato com o conteúdo do seu cliente, o leitor não pode se sentir claramente “induzido” a consumir algo. Se não, a tendência é que ele, ao perceber o tom exageradamente comercial do conteúdo, fique desconfortável e, até mesmo, crie uma resistência à marca. Por isso é tão importante trabalhar com conteúdo de diferentes abordagens dentro do conceito de funil de vendas.

As peças mais comerciais devem ficar restritas aos estágios mais avançados do funil. Eles representam o momento no qual os leads já estão mais envolvidos com o conteúdo e, por isso, mais propensos a realizarem a conversão.

É importante também não tentar inventar a roda. Use argumentos de vendas que você saiba que funcionam. Por isso é importante fazer uma pesquisa prévia sobre o produto ou serviço e conhecer bem a sua audiência. Descubra o que já funcionou ou não com ela.

Se a empresa tiver um setor de vendas, converse com esses profissionais. Essa conversa será valiosa e fará você compreender a melhor abordagem comercial possível para o conteúdo.

Seja direto em relação aos resultados

Por que o produto ou serviço apresentado em seu conteúdo vai ajudar o leitor? Por que ele estaria interessado nele e deveria fazer a conversão final agora, em vez de mais tarde? Por que ele vai confiar em você?

Conscientemente ou subconscientemente, todas essas perguntas passam pela cabeça do leitor de um artigo com abordagem comercial. Então não perca tempo e seja direto em relação aos resultados e benefícios que ele conseguirá ao escolher o produto ou serviço mencionado.

Evite jargões e termos técnicos

Ao trabalharmos com Marketing de Conteúdo, não podemos nos dar o luxo de não sermos compreendidos. Por mais que um redator tenha domínio sobre determinado tema, ele deve se preocupar de escrever da forma mais clara e menos cifrada possível.

Uma das melhores formas de garantir que você será compreendido é evitar usar jargões ou termos técnicos. Essas expressões só fazem sentido para quem tem intimidade com o tema abordado.

Por exemplo, alguém ambientado a redações sabe que “Foca” é como um jornalista em início de carreira é chamado. Mas, alguém que trabalhe em outra área ao ler a palavra só pensará no mamífero marinho.

Em textos com uma abordagem comercial, essa dica é ainda mais importante para que o conteúdo consiga ser acessível e envolvente para todo o público.

A exceção é se a persona para quem o conteúdo for destinado também tiver um sólido conhecimento do assunto abordado. Entretanto, mesmo assim, procure evitar o uso exagerado dos jargões. Ok?

Use e abuse do storytelling

Seres humanos se conectam mais com histórias do que com artigos que apenas dissertam sobre um tema. Essa é a razão de o storytelling ser um dos termos do momento quando falamos de Marketing de Conteúdo.

Crie uma narrativa envolvente com o produto ou serviço que você está comercializando. Apresente um cenário com o qual a persona consiga se identificar. Aborde um problema ou dor que ela possua.

Use um tom emocional para fazer seu leitor imaginar uma vida sem o problema. Emoções que inspiram sentimentos positivos tendem a funcionar melhor que as negativas. Até mesmo aquelas que costumamos encara negativamente como o medo, se bem exploradas na narrativa, podem servir como motivadoras para estimular a conversão.

Ao final, faça uma chamada para ação direta, estimulando a conversão por meio de uma palavra ou expressão persuasiva.

Se você conseguir ser envolvente na escrita, e também seguir as outras dicas desse artigo, os resultados virão, mais cedo ou mais tarde.

Encontrar o equilíbrio entre uma abordagem comercial e narrativa envolvente é uma das premissas necessárias para usar o Inbound Marketing para crescer as suas vendas. Gostou do conteúdo deste artigo? Aprenda isso e muito mais no Curso de Produção de Conteúdo para web da Rock Content e torne-se um profissional certificado! Inscreva-se!

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *