5 cs do linkedin

5 Cs do LinkedIn: aprenda os segredos para ter sucesso na maior rede profissional do mundo

Configuração, Cara de pau, Comunicação, Conteúdo e Compartilhamento. Esses são os cinco pilares para ter sucesso no LinkedIn. Confira o que cada um significa!

Você ainda não se familiarizou direito com o LinkedIn e fica sem entender como algumas pessoas conseguem aparecer frequentemente nas buscas, além de construírem uma base sólida de aliados? Já ouviu falar nos 5 Cs do LinkedIn?

É inegável que a maior rede profissional do mundo tem muito a oferecer para seus usuários, no entanto, nem todos tem o traquejo para compreender o funcionamento da plataforma. Eu mesmo não dava o menor valor de ter um bom perfil e acredito que milhares de pessoas deixam as informações incompletas por aí também.

Porém, ao longo do tempo e lendo mais a respeito do tema, percebi que existem alguns padrões que são fundamentais para impulsionar os resultados e que, naturalmente, deram muito certo comigo. A seguir, veja estes 5 conceitos que mudaram a minha visão sobre o LinkedIn. Vamos lá?

1. Configuração

A princípio, se você quer ter um perfil campeão no LinkedIn e ganhar visibilidade, torna-se importante adotar boas práticas para isso acontecer. Talvez você não tenha percebido ainda, mas a preocupação em configurar a maioria de dados possíveis em sua página já deixa você à frente de boa parte das pessoas.

A descrição é como se fosse o trailer de um filme, mas sem todos aqueles efeitos das produções hollywoodianas. Basicamente, você pode colocar um resumo simples a respeito da sua vida profissional, mas que possa traduzir bem os seus objetivos e o que fez ou faz de importante em sua carreira.

Assim como em um currículo, coloque os dados referentes aos principais cargos que teve na vida, pois isso é uma das primeiras coisas que muitos recrutadores olham. Se possível, acrescente seus cursos, certificados, interesses de carreira e experiências com trabalhos voluntários, afinal, uma pessoa que demonstra ter empatia e amor ao próximo é vista com bons olhos por muita gente.

2. Cara de pau

Definitivamente você não leu errado, quando se trata de fazer um bom networking no LinkedIn é preciso ter a cara mais deslavada possível, que nem óleo de peroba resolve. De forma inconsciente, muitas pessoas são induzidas a tomar decisões por meio de gatilhos mentais e o da prova social é o que mais uso.

No começo, adicionei inúmeras pessoas as quais eu nunca vi na vida, pois, ao contrário do Facebook, em que focamos nos nossos círculos de amizade, um dos segredos do LinkedIn é mirar os desconhecidos. Pode parecer brincadeira, mas vai chegar um ponto que você não precisará mais adicionar tanta gente e, assim, o jogo vira ao seu favor.

Sabe aquela história do “aja naturalmente”? Então, é mais ou menos por aí que funciona, visto que será normal os contatos visualizarem o seu perfil para saber quem é você. No entanto, muitos pensarão instintivamente: “Nossa, temos mais de 400 amigos em comum, talvez eu deva aceitar o convite de amizade”.

3. Comunicação

Não basta você rechear o seu perfil de contatos e esquecê-los eternamente, pois todo mundo gosta de um pouco de atenção e seus novos amigos não são diferentes. Sempre que possível, dedique uns cinco minutinhos do seu dia para visualizar as notificações, porque sempre tem avisos interessantes ali.

Se a pessoa fez aniversário, foi promovida no trabalho ou apenas quis dar um bom dia, tenha cordialidade e estabeleça um vínculo de comunicação. Às vezes, por mais simples que seja, aquela mensagem de boas-vindas ou de parabéns pela conquista realizada pode fazer a diferença na vida de outra pessoa. Afinal, você há de convir que têm dias que são tão difíceis e receber um afago qualquer transforma o nosso humor.

Além disso, a participação em grupos também é muito importante, visto que pode melhorar não apenas o networking, mas a relevância diante dos algoritmos do LinkedIn. Em outras palavras, as chances de impulsionar o seu perfil nos mecanismos de busca serão grandes, sem contar a expertise e os insights que pode ganhar por meio de conversas edificantes.

Imersão Freelancer

4. Conteúdo

Não é segredo para ninguém que a produção de conteúdo é uma das ferramentas mais eficazes do ponto de vista de engajamento hoje em dia, não é mesmo? No LinkedIn, inclusive, pode ser uma excelente estratégia para demonstrar o conhecimento que dispõe e o que pode oferecer de útil aos seus contatos.

Engana-se quem pensa que essa rede social é engessada demais e que só serve para conseguir uma recolocação no mercado de trabalho. Lá você pode escrever de tudo um pouco, desde que acrescente algo que seja relevante para a sua vida e dos demais que lhe seguem.

Pensando como um profissional independente, oferecer aos seus contatos um conteúdo de qualidade enriquece a sua experiência e ainda proporciona um portfólio eficaz para atrair novos clientes. O segredo é produzir artigos inéditos e regulares, seja por meio das publicações na linha do tempo, seja mediante o LinkedIn Pulse.

Sugestões do editor:
11 dicas de SEO para LinkedIn: aprenda a otimizar seu perfil e ganhe autoridade!
Lição no LinkedIn de um jornalista, palestrante e Top Voice
Medium vs. LinkedIn Pulse: qual plataforma utilizar para divulgar seu trabalho?
Como um único post no LinkedIn gerou 12 propostas freelancer
Como ser melhor que a grande maioria dos freelancers

5. Compartilhamento

Não sendo uma fake news ou qualquer outra postagem que possa prejudicar a sua imagem e trazer dor de cabeça na plataforma, o compartilhamento de publicações é muito recomendado. É uma forma de enaltecer o que outras pessoas fizeram e ainda manter uma organização periódica de posts.

Sabe aqueles dias que bate uma falta de inspiração, como se a sua mente só coubesse memes e nada além disso? Então, como o bloqueio criativo é absolutamente normal e previsível, não custa nada aproveitar esses dias para compartilhar textos de outros usuários.

Você pode muito bem retomar temas que citou durante a semana ou, simplesmente, indicar links que podem fazer a diferença na vida de outros profissionais, tais como sites de estatísticas, ferramentas de análise, entre outros tipos. Se você reparar bem, o LinkedIn sempre deixa uma notificação com o boletim diário de notícias, aquilo é o coringa que precisava em sua estratégia de engajamento.

Para concluirmos, lembre-se de que as redes sociais, de uma maneira geral, são imprescindíveis para gerar oportunidades de negócio, visto que é uma das formas de estar mais perto do público-alvo. Desde que a sua estratégia seja feita com coerência, nada impede que possa usar e abusar da plataforma e criar um baita perfil.

Gostou deste artigo a respeito dos 5 Cs do LinkedIn? Quer saber um pouco mais do assunto? Então, confira o nosso Kit do Marketing Pessoal no LinkedIn e aprenda as melhores práticas de Produção de Conteúdo e configurações do seu perfil!

Kit do Marketing Pessoal no LinkedIn